sábado, 18 de fevereiro de 2012

Deputado Adriano Diogo convoca ASP para prestar esclarecimentos referente ao caso ocorrido com presa algemada pós parto.







Esperamos que os superiores da ASP não digam que a culpa é dela, que ela quiz algemar por conta própria.
Acredito que preso(a) fora da unidade prisional tem que ser algemado em qualquer situação, porque em caso de fuga irão responsabilizar o policial ou o agente penitenciário.


Requerimento do Deputado Adriano Diogo solicitando a convocação
dos Diretores do Hospital Prof. Carlos da Silva Lacaz, o
Sr. Mario Ciparullo, o Dr. José Alberto Salinas (diretor técnico),
da agente penitenciária Sra. E. P. S. C., o
responsável da Corregedoria da Secretaria da Administração
Pública Sr. Wilson Takao Kubo. Solicita também o convite à
Defensora Pública Dra. Tatiana Mendes Simões; à Dra. Carmem
Silva de Moraes Barros, do Núcleo Especializado de Situação
Carcerária da Defensoria; Sr. Henrique Carlos Gonçalves, coordenador
jurídico do CREMESP (Conselho Regional de Medicina
do Estado de São Paulo); e o Dr. César Eduardo Fernandes, presidente
da SOGESP (Associação de Obstetrícia e Ginecologia de
São Paulo), para prestarem esclarecimentos referentes ao caso
ocorrido com a paciente Elisângela Pereira da Silva, que foi
algemada na perna e na mão em tratamento pós-parto no hospital
Prof. Carlos da Silva em Francisco Morato.

Publicado no D.O. Legislativo, pág. 29 do Diário Oficial Legislativo de 15/02/2012.
http://www.imprensaoficial.com.br/PortalIO/Home_1_0.aspx#18/02/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Em uma nova adaptação na minha vida após cirurgia, recuperação, trabalho e inicio na faculdade de Direito, está um pouco difícil moderar comentários, sugiro que entrem em contado comigo através do meu email ou redes sociais:


jenisdeandrade@yahoo.com.br,

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.