quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Qual a diferença entre as penitenciárias federais e as paulistas?

Veja como funciona a penitenciária federal no link abaixo:
http://jenisandrade.blogspot.com.br/2012/11/presidio-federal-foi-materia-no-jornal.html

3 comentários:

  1. A diferença é que lá tem pó de arroz e aquí tem café no bule.
    Aqui um agente toma conta de um raio com 350 presos, lá eles entram no raio em 50 agentes para trancar meia dúzia de gato pingado. Taí, essa é a diferença, sem contar os altos salários.

    ResponderExcluir
  2. Falamos de tantas coisas,mas não vejo nenhum comentário a respeito da criação da CARREIRA DE DIRETOR GERAL PENITENCIÁRIO, isso com certeza mudaria significativamente muitos aspectos no que se diz respeito ao sistema atual,pois enquanto houver cargos políticos não haverá compromisso pessoal, pois temos muitos DIRETORES incompetentes e despreparados para administrar DETENTOS E O PRINCIPAL OS FUNCIONÁRIOS.

    ResponderExcluir
  3. Falamos de tantas coisas e nos esquecemos de algo que considero significativo para o sistema prisional, que é a CRIAÇÃO DA CARREIRA DE DIRETOR GERAL PENITENCIÁRIO, devidamente concursado e com formação especifica. Isso seria no minimo o começo da demonstração clara do compromisso do estado com a sociedade,detentos e funcionários que muito sofrem com pessoas despreparadas e sem compromisso ético,humano e profissional.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.