terça-feira, 9 de abril de 2013

Ag. Penitenciário de Bauru assassinado a facadas em Jaú, segundo o JCNET

Meu Deus!!! Onde vamos parar? Sábado foi um agente penitenciário do CDP da Vila Independência e ontem foi mais um agente penitenciário, agora de Bauru.
Segundo o JCNET, o suspeito é um sentenciado que saiu na saidinha da páscoa. 


Fonte: http://www.jcnet.com.br/Regional/2013/04/agente-penitenciario-e-encontrado-morto-em-jau.html

Detento é preso em flagrante suspeito de matar agente penitenciário à facadas
Lilian Grasiela
Atualizado às 10h07

Valdemir Moreira Martins era morador de Bauru
Um agente penitenciário de 44 anos, morador de Bauru, foi encontrado morto a facadas, no final da tarde desta segunda-feira (8), ao lado de seu veículo, em um canavial no Jardim Orlando Ometto, em Jaú (47 quilômetros de Bauru). O suspeito do crime, Jair Alessandro Gomes Pereira, 26 anos, é um detento do Centro de Progressão Penitenciária II (CPPII) de Bauru que foi beneficiado pela saída temporária de Páscoa, a chamada saidinha. Ele foi preso em flagrante.
De acordo com informações preliminares, a polícia foi acionada por familiares do detento, que teria confessado a morte de um policial e revelado que mataria mais duas pessoas. A reportagem apurou que uma das prováveis vítimas dele seria sua ex-mulher. Antes, porém, o preso rompeu sua tornozeleira de monitoramento.
Com base na denúncia, policiais civis e militares passaram todo o dia realizando buscas na zona rural da cidade. No final da tarde, o corpo do agente penitenciário Valdemir Moreira Martins foi localizado ao lado de seu veículo, um Fiat Siena de cor cinza, com placas de Bauru, em um canavial próximo a uma estrada na zona rural.
A vítima, que morava em Bauru, foi morta com diversas facadas na região do rosto, braços, mãos, costas e abdômen. Ele também apresentava um corte profundo no pescoço. O suspeito – que nega o crime – estaria sendo ouvido na Delegacia de Investigações Gerais/Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DIG/Dise) de Jaú até o fim da noite. A família do acusado só foi ouvida às 21h, após o encontro do corpo no canavial pelos policiais, e apenas confirmou que o rapaz estaria com a tornozeleira rompida.
A informação de que Pereira estaria envolvido no assassinato foi apurada em investigações pela DIG/Dise, por meio de contradições do depoimento do acusado e de documentos encontrados com ele.
A carteira do agente penitenciário não foi encontrada junto ao corpo, fato que teria levado a polícia a registrar o caso como latrocínio.
Há suspeitas, também, de que o motivo do crime estaria relacionado a uma suposta vingança.
Até o final da noite desta segunda-feira (8), o corpo do agente penitenciário permanecia no Instituto Médico Legal (IML) de Jaú aguardando liberação.

O JCNet acompanha o caso

13 comentários:

  1. e uma vergonha saidinha e ai morreu um pai de familia e agora seus deputados se fosse com voces he ai

    ResponderExcluir
  2. QUE DEUS TENHA PIEDADE DE NÓS E NOS PROTEJA,AOS FAMILIARES MEUS SINCEROS SENTIMENTOS POR ESSA PERDA IRREPARAVEL.

    ResponderExcluir
  3. QUE DEUS TENHA PIEDADE DE NÓS E NOS PROTEJA,AOS FAMILIARES MEUS SINCEROS SENTIMENTOS POR ESSA PERDA IRREPARAVEL.

    ResponderExcluir
  4. E AGORA "DR." JOAO RINALDO???? O QUE O NOSSO TAO EFICIENTE SINDICATO VAI FAZER PELA FAMILIA DESSE HONROSO COMPANHEIRO??? SERA QUE O SR. VAI TOMAR ATITUDES??? OU VAI ATE O GOVERNADOR TIRAR MAIS FOTOS COM ELE???

    ResponderExcluir
  5. Isso nao acontece com eles, ja que andam com seguranças armados pagos com os extorcivos tributos que pagamos nessa "comedia" de nação.... esse tipo de fato é desconsiderado quando um monte de cidadaos se deixam iludir com a velha politica romana do " pao e circo", no nosso caso, " bolsas diversas( auxilio social) e futebol, novelas"... Como o cidadão quer ser tratado com seriedade se nós nao agimos com seriedade, somos baratos demais, nos vendemos a preço de banana...

    ResponderExcluir
  6. cadê os fdp dos direitos humanos dando assistencia à familiares de trabalhadores? agora qdo morre um vagabundo ele correm lá para mostrar para sociedade que existe direitos humanos, fdp esses direitos dos manos.....

    ResponderExcluir
  7. O nome de nosso companheiro era Valdemir, ele trabalhou na Penitenciária de Álvaro de Carvalho e a alguns anos trabalhava no CDP de Bauru, grande companheiro sempre disposto a ajudar os outros, foi enterrado hoje. também era filiado ao Sifuspesp. cadê o sindicato?????

    ResponderExcluir
  8. Conheço o Valdemir deste criança, era uma pessoa muito inteligente, integro e na dele, ele apoiou muitos colegas a se tornarem agentes, inclusive eu. Infelizmente para a SAP e o Governo é mais um número, não acredito em ressocialização, acredito na política olho por dente por dente, o vagabundo foi beneficiado pela saidinha, e agora? Quem vai ser responsabilizado? Ele tinha um irmão ASP em São Paulo e o outro Mike. Espero que um dia possa surgir algum grupo, para cobrar radicalmente desses políticos corruptos, pelo mesmo método em que a vítima foi morta. Meus sentimentos à família.

    ResponderExcluir
  9. Pelo o jeito o nosso amigo veio a desistir sobre a possibilidade de portar uma arma, diante de tantas dificuldades, como comprar etc, uma vez que não é barato, já que o estado não nos fornece, dizendo que somos ressocializadores, é mole, enquanto pagamos com a vida pela demagogia desses politicos corruptos ligados a direitos humanos, fato mais recente é que em meio a execuçoes de agentes penitênciarios estaduais e até federais (caso de mossoró) a presidente vetou uma lei que nos permitia o porte sem maiores burocracias, e falando específicamente desse triste epísodio o nosso saudoso amigo se estivesse armado, talvez estaria apenas com um ferimento causado pelo golpe da faca, e o meliante morto, ou talvez para a felicidade dos direitos humanos, nada teria acontecido, uma vez que o presidiario é retardado, mas não louco de atacar com uma faca alguem que porta arma de fogo, e tomara que alguns amigos que pensam que não prescisam portar arma tomem um fato desse como exemplo, reflitam numa coisa, a arma não te dá toda garantia, mas ela te dá uma chance, usem essa chance, afinal independente de estarmos armados ou não no momento da abordagem, esses vagabundos, pelo simples fato de sermos agentes nos executam, onde vamos parar a cada ano que passa está tomando proporções assustadoras, salvo engano em relação ao ano, em 2011, na unidade que trabalho nosso amigo foi executado com cinco tiros na frente da filha, apenas uma criança, o que vamos fazer gente, continuar a morrer como se fossemos porcos, tolerar politicos a nos incluir em numeros, o que faremos?

    ResponderExcluir
  10. é geraldo libere as saidinhas dos manos mas nos entregue armas para nos defender....

    ResponderExcluir
  11. ESSE ALKIMIN VAI TER O FUTURO QUE MERECE VAI SER UM FUTURO SERRA, VOU FAZER CAMPANHA CONTRA ESSE CARA ENQUANTO EU VIVER, ALKIMIN NUNCA MAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!11

    ResponderExcluir
  12. chama a polizia italiana!!!! kkkkkk Que ela vai resolver o problema!!!!

    ResponderExcluir
  13. se o honoravel sindicato tivesse avisado a polizia italiana isso nunca teria acontecido!!! LUTO pela categoria

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.