quinta-feira, 11 de abril de 2013

Em Brasília, crédito consignado é a partir de 0,74% aos servidores públicos, enquanto aqui em SP...

Temos que ser reféns do BB...

 

Fonte: http://www.notibras.com.br/site/pt/editorias/brasilia/7026/Cr%C3%A9dito-consignado-do-BRB-facilita-vida-dos-servidores-p%C3%BAblicos.htm

Crédito consignado do BRB facilita vida dos servidores públicos

Publicado em 26 de Março de 2013 por Redação
Foto: Divulgação - Google Imagens
Foto: Divulgação - Google Imagens

No Banco de Brasília, o servidor público conta com um crédito exclusivo para colocar seus planos em prática: o crédito consignado BRBServ.
A linha de crédito pode ser contratada nos terminais de autoatendimento, por meio do BRB Banknet, ou em qualquer posto de atendimento do Banco.
Entre as vantagens desta linha estão:
• O valor contratado pode ser parcelado em até 58 vezes.
• O cliente possui até 59 dias para pagar a primeira parcela.
• Taxas a partir de 0,74% a.m.
• As prestações são descontadas diretamente no contracheque.
A ideia do Banco é estar cada vez mais próximo dos seus correntistas, especialmente dos servidores públicos do GDF e da União, facilitando o acesso ao crédito e tornando-se um apoio nas necessidades financeiras do cliente.

10 comentários:

  1. Acabaram com a Nossa Caixa que salvava a vida do Servidor Publico.
    Agora quem tem restrição não consegue nada.

    ResponderExcluir
  2. A explicação é simples: Aqui no Estado de São Paulo nós funcionários público Estadual somos mal remunerados e precisamos, ou melhor, dependemos desse crédito para ir enrolando nossas dívidas e assim o credor aproveita dessa oportunidade e nos cobra juros abusivos, diferentemente dos Servidores em Brasília que são remunerados de acordo com suas atribuições e então não necessitam de empréstimos como nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe o que eu gostaria de ver....é as pessoas pararem de fazer concurso público e deixar o Estado de São Paulo na mão, assim eles teriam que elevar os salários, assim como fazem com os médicos. Mas infelizmente nesse pais, diferentemente do que aparece na televisão, o desemprego e a má remuneração na iniciativa privada é muito alta, o que nos força a correr atras desse MAL necessário.

      Excluir
  3. PSDB neles, resumindo.... salarios miseraveis neste estado, servidores correm pro banco... o banco é só um BB, governo vende folha por milhoes a nossa caixa que passou para o BB, por mais que o BB esteja no meio disso tudo, a culpa é de nós eleitores que votamos neste partido maldito que já foi dito pelo proprio Sr. Geraldo Alckmin "não dependo de funcionario público para ser eleito". VAMOS ACORDAR!!!

    ResponderExcluir
  4. AINDA SOMOS ESCRAVOS DO FLUXO CRÉDITO BANCÁRIO DO GOVERNO ESTIPADOR, DE UMA FORMA ELETROSUGATÓRIA - QUE PREJUDICA OS INERTES TRABALHADORES DO SITEMA HEREDITÁRIO PROFILÁTICO ESTATAL - ONDE A MOEDA É O CÍRCULO VICIOSO E AMBICIOSO DA DEMOCRACIA PAULISTA, QUE NA DECADÊNCIA ABATE AQUELES QUE SONHAN E E PERMANECEM DIAGONALN ESTA POLÍTICA PSDEBISTA - SONHAMOS , ACREDITAMOS E ESPERAMOS QUE A PUREZA DA IMENISIDÃO PÚBLICA NOS DÊ AFETO E AMPARO LEGAL A ALESP - DEVEMOS COMPARTILHAR TODA HONESTIDADE E SEGUIRMOS EM FRENTE A ESTA INJUSTA POLITICA DE FENOMENO DESTRUTIVO E CALEJADOR AO RENDIMENTO FAMILIAR DA NOSSA ESTRUTURA.

    ResponderExcluir
  5. BOA TARDE AMIGOS, ESTIVE EM UMA AGENCIA DA CAIXA FEDERAL E A ATENDENTE ME DISSE QUE SE OS ASPS TIVESSEM UMA ASSOCIAÇÃO REPRESENTATIVA QUE ASSINASSE UM CONTRATO COM ELES, OS FUNCIONÁRIOS ASSOCIADOS PODERIAM FAZER CONSIGNADO COM A CEF, POIS A CEF COMPRARIA A DIVIDA DE CADA UM DOS INTERESSADOS. BASTA AGORA VER SE OS SINDICATOS QUE DIZ REPRESENTAR A CATEGORIA VAI QUERER CORRER ATRAS DESTA INFORMAÇÃO; ME COLOCO A DISPOSIÇÃO PARA INFORMAÇÕES; PAULO

    ResponderExcluir
  6. Atenção Senhores, vamos nos unir e postar na página do facebook do Banco do Brasil, repassem a amigos de outras secretarias e peçam para postarem e cobrarem deste banco que é nosso, que é do povo brasileiro, mas que é usado por políticos que não pensam em seu povo. Vamos fazer barulho colegas, uma grande quantidade de postagem na página pode fazer o banco rever sua posição para São Paulo. Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Concordo com o nobre colega, e é verdade se nossos sindicatos estiverem realmente preocupados com o bem estar de seus associados, procurem a CEF, porque realmente se firmarem convenios com a CEF, eles liberam os consignados para nós, Senhores dirigentes sindicais quero ver vcs correr atraz desse beneficio para nós sofredores servidores publicos.

    ResponderExcluir
  8. O Decreto que autorizava transações entre servidores públicos com o Banco do Brasil, principalmente na parte dos consignados encerrou no dia 27/03/2014, e até o presente momento contiamos escravos dessa instituição financeira

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.