terça-feira, 23 de abril de 2013

Vice governador diz que violência em SP é EPIDÊMICA, após filha sofrer "ataque", segundo a Folha SP.



Me lembrei de um sonho que tive, esse sonho era sobre um companheiro que sempre repetia o que o chefe dele mandava, se algum colega fosse agredido, o chefe dizia: "são ócios do ofícios, todos estão sujeitos a isso, tem medo de cadeia vai trabalhar em uma creche", até que um dia esse companheiro foi agredido gravemente, aí ele mudou de opinião e dizia que o chefe estava errado.

Vejam que depois da violência "bater na porta" do vice governador Guilherme Afif Domingos, o mesmo vai para a imprensa e diz que o estado vive uma EPIDEMIA DE VIOLÊNCIA, mas até antes disso, eu não me lembro de ver o vice governador contrariar o governador que sempre diz:
ESTÁ TUDO SOBRE CONTROLE!

Não me lembro também do vice governador ir na imprensa contrariar o secretário de segurança pública quando o mesmo disse que se sente seguro em SP, e olhe que os dois devem ter a mesma quantidade de seguranças(mais de uma dezena de policiais cada) e andam com carros blindados, imaginem nós servidores penitenciários...

Ah... segundo a Folha de São Paulo, o vice governador pensa em assumir um ministério no governo Dilma e abandonar o cargo de vice governador em SP, apesar que essa atitude pode ter duas interpretações, oportunismo ou fuga do barco antes que afunda de vez.

Vejam que a história do assalto ou ataque, t em até narração dramática do neto de dois anos do vice governador de SP.
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/04/1265985-meu-neto-contou-os-tiros-diz-afif-sobre-tentativa-de-assalto.shtml
Meu neto contou os tiros, diz Afif sobre tentativa de assalto


Publicidade


DANIELA LIMA
DE SÃO PAULO

 
"O cara mau de boné azul tirou a arma e fez assim: pá, pá, pá". Segundo o vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif Domingos (PSD), foi assim que seu neto de dois anos narrou a tentativa de assalto ocorrida ontem. Após os disparos, dois tiros atingiram o carro de sua mãe.

Alessandro Shinoda - 14.set.2010/Folhapress
Vice de Alckmin, Guilherme Afif Domingos (PSD), afirma que violência é 'epidêmica' em São Paulo após filha sofrer ataque
Vice de Alckmin, Guilherme Afif Domingos (PSD), afirma que violência é 'epidêmica' em São Paulo após filha sofrer ataque

"Ele só tem dois anos, mas viu tudo e narra com detalhes", disse Afif à Folha.

Afif disse que é a quinta vez em quatro anos que ele ou pessoas próximas são vítimas de violência em São Paulo. Ele apontou a insegurança como um problema "epidêmico" e defendeu uma política de "tolerância zero".

Apesar de Afif ser vice de Geraldo Alckmin (PSDB), a política os afastou. Fundador do PSD, partido do ex-prefeito Gilberto Kassab, Afif deverá deixar o cargo para assumir um ministério no governo Dilma Rousseff (PT).

Ele afirmou ter recebido de Alckmin ontem um telefonema de solidariedade.


*

Como foi a abordagem?
Minha filha estava levando meu neto para a escola e eles [assaltantes] entraram na frente do carro. Ela não parou. Agora é assim: quando desrespeita a ordem, eles atiram. O carro era blindado. Várias câmeras filmaram assaltos naquela região. O esquema é o mesmo.


É a primeira vez que algo assim acontece?
É a quinta vez que eu ou pessoas próximas a mim somos vítimas de violência, em quatro anos. Houve um assalto na minha casa, oito caras armados. Eu era secretário do [ex-governador José] Serra.


E os outros episódios?
Um arrastão, depois um assalto no semáforo. No fim do ano passado, meu ajudante de ordem tomou um tiro de raspão na cabeça quando o motorista o deixou em casa. Ele [policial] trocou tiros com o cara. Eu já era vice-governador. Isso demonstra que o problema não é mais endêmico, é uma epidemia. Há uma epidemia de insegurança.


Sua família pretende falar sobre o assunto?
Não, a pessoa pública sou eu. Não faz sentido também porque não é só com minha família. A violência tornou-se absolutamente corriqueira na vida de toda a população.


O sr. fala em 'epidemia'. O que defende para controlar?
Um plano de tolerância zero ao crime, bem organizado.


Como seria?
Não sei, mas é preciso.


Como está a sua filha?
Está bem. O impressionante é meu neto, que viu tudo. Tem dois anos, mas dá detalhes: 'o cara mau de boné azul tirou a arma e fez assim: pá, pá, pá'. Ele contou os tiros.
 


14 comentários:

  1. A VIOLENCIA COLHIDA HOJE, SÃO FRUTOS QUE FORAM PLANTADOS NO PASSADO, ONDE O GOVERNO NÃO INVESTIU EM EDUCAÇÃO, SEGURANÇA E POLITICAS DE GERAÇÃO DE EMPREGOS, TUDO QUE SÃO FEITOS HOJE, SÃO COISAS DEMAGOGAS QUE SIMPLIMENTE NÃO TEM COMO RESOLVER OS PROBLEMAS,É COMO ENXUGAR GELO, PAGAMOS UMAS DAS MAIORES CARGA TRIBUTARIA DO MUNDO, PARA QUE? NÃO TEMOS UM SISTEMA DE SAUDE SATISFATÓRIO, NOSSOS INDICES DE VIOLENCIAS AINDA CONTINUAM SENDO OS MAIORES DO MUNDO, E PARTE DA POPULAÇÃO FICA REFEM DO PROPRIO GOVERNO, QUE NÃO TEM A CAPACIDADE DE MONTAR UMA ESTRATEGICA PARA A GERAÇÃO DE EMPREGO,E HABITAÇÃO, É FACIL SENTAR NA CADEIRA E FALAR QUE TA GOVERNANDO, OU FALAR QUE O ESTADO, QUE TEM UM PIB MAIOR QUE MUITOS PAISES DA AMERICA DO SUL, ESTA SEM DINHEIRO, ESSES POLITICOS ACHAM QUE AINDA VIVEMOS NO PASSADO, ONDE QUASE NINGUEM ENTENDIA DE POLITICA E COMO FUNCIONA, ESTAMOS DE OLHO EM TUDO, E NA MINHA OPINIÃO DEVERIAMOS TER UMA REFORMA POLITICA NO BRASIL, E AINDA FAZER O GOVERNO GASTAR O DINHEIRO DO CONTRIBUINTE, EM COISAS QUE SÃO VOLTADAS PRA SOCIEDADE EM GERAL, E NÃO COISAS QUE IRAM BENEFICIAR MEIA DUZIA DE EMPRESARIOS QUE NEM SABEM MAIS ONDE COLOCAR DINHEIRO.

    ResponderExcluir
  2. Ah agora é epidemia? Enquanto morriam PMs, ASPs, AEVPs, GMs e outros pais de família estava td certo, quando a "água bate na bunda" a história é outra né, #COVARDE.

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente com o comentário, e a fonte causadora dessa epidemia tem nome, PSDB, que está a quase 20 anos no poder em São Paulo.
    A principal missão do PSDB em São Paulo foi:
    - Sucateamento do Servidor Publico Estadual.
    - Sucateamento do Serviço Publico Estadual.
    - Sucateamento do Sistema de Educação.
    - Sucateamento do Serviço de Saúde.
    -Sucateamento da Segurança Publica.
    - Privatização de patrimônio do povo de São Paulo.
    - Implementação do Terror, por meio de diversas facções criminosas que surgiram com força no período da gestão Tucana, com politica protecionista onde o criminoso tudo pode e o agente da lei nada pode.

    ResponderExcluir
  4. Ah agora é epidemia? Enquanto morriam PMs, ASPs, AEVPs, GMs e outros pais de família estava td certo, quando a "água bate na bunda" a história é outra né, #COVARDE.2.

    ResponderExcluir
  5. PRA VCS VEREM COMO SAO AS COISAS. O NETINHO DELE NAO PODE VER VIOLENCIA, MAS OS FILHOS DE VARIOS COLEGAS PODEM VER O PAI NO CAIXAO. O NETINHO DELE AINDA VE A MAMAE TODO DIA. E A FAMILIA DE VARIOS ASPS, AEVEPS, PMS, GCMS QUE FORAM ASSASSINADOS COVARDEMENTE QUE NAO ESTAO MAIS COM SEUS ENTES QUERIDOS. JA QUE ELE DISSE QUE TEM QUE IMPLANTAR UM PLANO DE TOLERANCIA ZERO, QUE COMECEMOS NÓS FUNCIONARIOS DO SISTEMA. TOLERANCIA ZERO PRA ESSES POLITICOS NOJENTOS. VAMOS PARAR O SISTEMA.GREVE JA POR MELHORES CONDIÇOES DE TRABALHOS E POR SALARIO JUSTOS, POIS LIDAMOS COM O LIXO DA HUMANIDADE (PRESOS E POLITICOS).

    ResponderExcluir
  6. Está chegando o dia em que Governadores, deputados e senadores terão seus entes queridos esmagados pela bandidagem..... Só assim eles vão mudar as leis desse país e investir em educação e segurança publica efetivamente...

    ResponderExcluir
  7. É isso mesmo , o neto do Afif já tem jeito que vai ser politico, como os Neves, os Barros, os Montoros isso é hereditário, cronico e ireversivel, é tão chato ter carro blindado, ferias na disney, morar no Morumbi, e ter um Estado sucateado , a ia esquecendo buscar os filhos no Aeroporto Internacional de helicoptero é massa e o ASP as traças.

    ResponderExcluir
  8. Enquanto é a familia do trabalhador beleza,é a familia
    de classe média baixa beleza,é a familia do pobre sem novidades,é um policial morto é só mais um, um agente penitenciario morto é só numero o estado nomeia outro,mas quando é a familia de um politico VIROU EPIDÊMIA DO CRIME, TEMOS QUE TER TOLERÂNCIA ZERO!

    ResponderExcluir
  9. já penso sê tivesse matado a filha dele e arrastado o neto dele preso ao sinto de segurança do carro por vários km no asfalto?-talvez ele acharia o fim do mundo!!!

    ResponderExcluir
  10. nos falamos em GREVE GREVE GREVE mas o sindicato fala o que faz o que... NADA NADA NADA, escuta o que eu vou dizer sóóó vai ter paralização " GREVE " quando o sindicato que viaja com seu dinheiro compra carrão com seu dinheiro, ficar na frente das Unidades e não deixar ninguem entrar pq se não for assim não tem GREVE pq a maioria dos ASPs AEVPs são CUZÃO CAGA MOLE só fala fala fala, se por acaso isso vier a acontecer tem muitos ASPs e AEVPs que vão brigar pra entrar na Unidade tentar pular a linha de tiro kkkkkkkkkkkkkkkk verdade

    ResponderExcluir
  11. Pessoal !

    A coisa tá ficando feia, bem feia ...

    Se tem representante do GOVERNO reclamando! Imagine nós da casta abaixo ...

    Parabéns Exmo Sr. VICE GOVERNADOR por ter segurança, carro blindado e etc ...porém mesmo assim tem que contar com a sorte!

    No demais descobriram a AMÉRICA!!! Aliás a verdadeira "pólvora" que está a Segurança Pública e o nosso Sistema Penitenciário.

    Um conselho : tirem xérox do quadro de pessoal do Setor de RH, bem como das escalas de plantão diurno e noturno, e do Boletim de Serviço (quadro populacional carcerário) e redijam (supliquem) as autoridades superiores como está a realidade do sistema carcerário.

    Ex: PREFEITOS, VEREADORES, DEP. ESTADUAIS E FEDERAIS, SENADORES, PROMOTORES, JUIZES, DEF. PÚBLICA, OUVIDORIA, CORREGEDORIA, ONU e etc...

    Se externássemos a realidade das 156 Unidades que existem no sistema prisional de maneira incessante (texto legivel e coerente) duvido que não seria um ALERTA para ao menos despertar interesse de quererem ver mais de perto o que está acontecendo antes que aconteça OUTRA CATASTROFE parecida com a do CARANDIRÚ.

    Analisem, parece mas não é UTOPIA! É direito a cidadania! Direito constitucional de peticionar a qualquer órgão público em busca de salvaguardar garantias e direitos.

    ResponderExcluir
  12. NÃO ADIANTA NADA ELE FALAR ISSO PQ ELE NÃO MANDA NADA É MAIS UMA MARIONETE COMO DIZ NOSSO COLÉGA JENIS,VAI CONTINUAR TUDO COMO ESTA,AGORA PRA FILINHA DELE É CLARO QUE A PARTIR DE AGORA CARRO BLINDADO E SEGURANÇA 24Hs!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. chega do PSDB, chega de números e só números. O crescimento da violência e do crime organizado tem apenas um responsavel: Geraldo Alckimin e seu secretariado. O controle dessa onda de violência está na mão do governo, é só fechar o cerco na execução da pena. É lucrativo para muitos cumprir pena no Estado de São PAulo. Anuncio três medidas simples para segurar a desordem: visita de familiares apenas em parlatório; criação de mais unidades como Venceslau II para abrigar a liderança do crime organizado; e é claro demissão rápida de servidores corruptos. Quero ver o crime organizado ficar um mês sem droga dentro dos presidios, vai à pique rapidamente!!!!

      Excluir
  13. Quem escreveu de forma anônima sobre morte de asp, me mande email com detalhes para jenisdeandrade@yahoo.com.br

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.