domingo, 30 de junho de 2013

Ao mandar nas cadeias paulistas, PCC garante “paz” ao governo Alckmin, segundo a Doutora Camila Nunes Dias(áudio)

Dra. Camila Nunes Dias é a socióloga que fez tese de doutorado sobre o PCC nos presídios paulistas, inclusive fez pesquisas e entrevistas em algumas unidades prisionais do estado de São Paulo entrevistando presos e conversas com agentes penitenciários e diretores,  ao término do Doutorado ela fez um livro publicado pela editora SARAIVA, denominado:

 PCC; HEGEMONIA NOS PRESÍDIOS E MONOPÓLIO DA VIOLÊNCIA.

Estou lendo o livro, assim que concluir a leitura vou tecer comentários sobre o livro nesse BLOG.

Se você concorda ou não com ela, sugiro ouvir a entrevista, até porque pouquíssimas pessoas tem coragem de tocar nesse assunto delicado em público.

Ouçam a entrevista que a socióloga concedeu para o site VIOMUNDO, no link abaixo:

 

http://www.viomundo.com.br/denuncias/ao-mandar-nas-cadeias-paulistas-pcc-garante-paz-ao-governo-alckmin.html

25 comentários:

  1. Corja de políticos safados, eles só se preocupam com seus cargos, como podem deixar chegar a esse ponto? o pior é que é a mais pura verdade tudo o que ela disse.

    ResponderExcluir
  2. INFELISMENTE É A REALIDADE QUE O GOVERNO TENTA ESCONDER DE TODOS, SÓ NÃO ESCONDE DE NOIS PORQUE TRABALHAMOS COM A ESCÓRIA, E VIVEMOS DE PERTO TUDO QUE ACONTECE NO SISTEMA PENITENCIARIO, ESPERO QUE UM DIA ISSO TUDO MELHORE, MAS VIVEMOS EM UM PAÍS QUE NADA É LEVADO A SERIO, E AS COISAS SÓ MUDAM EM BENEFICIO DA POLITICA, NÃO VOU TER TANTAS ESPERANÇAS PARA VER A NOSSA REALIDADE MUDAR.

    ResponderExcluir
  3. Isso tudo não é apenas cria dos políticos, nós temos muita culpa no cartório!

    Não falo apenas de inércia, na total falta de união, de não cobrar nada fora salário, e de tudo mais. Falo do veneninho que se paga ao ladrão diariamente, cortando direitos básicos e fundamentais que eles tem e, queira ou não, é nossa obrigação pagar, cada veneninho, seja não pagar um kit de higiene, quando o mesmo existe em abundância na unidade, para o preso que pede o kit já é errado, o preso vai correr para quem providencia isso a ele, ou seja, vagabundo do pcc... nesse veneninho imbecil, num "qué nada" diário, os agentes estão, mesmo que indiretamente, fortalecendo a facção! Não penso que devemos ser mamãe de preso, mas oq é de direito, oq é básico, devemos pagar.. quem quer ser polícia que vá para alguma polícia! Pq nosso trampo não é o de polícia...

    Hoje em dia é improvável que uma mudança na atitude repentina de todos os guardas faça com que o pcc acabe ou fique extremamente enfraquecido, mas no nascimento e infância desse monstro era possível matar esse monstro, mas nós, guardas polícia mil grau, alimentamos o monstro e temos nossa parcela de culpa, seja consciente ou inconsciente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CONCORDO COM O COLEGA, MAS O PROBLEMA É TER OS KITS PARA SEREM FORNECIDOS. PELO MENOS NA UNIDADE ONDE TRABALHO NÃO TEM NEM COLCHÕES PARA OS PRESOS E NEM UNIFORME (CAMISETA POLO) PARA OS FUNCIONÁRIOS. O SISTEMA NÃO DÁ NENHUM TIPO DE ASSISTÊNCIA MATERIAL. FALTA TUDO.

      Excluir
    2. Com certeza, se não tem, não tem como pagar, não é veneno, é incompetência de outro setor. O problema está no veneno, de ter tal coisa da casa, isso ser de direto do vagabundo e o guarda deveria pagar, na quantidade estipulada, nem a menos e nem a mais, mas não se paga pq pagar um veneno é coisa de polícia mil grau, guarda mamãe é quem faz isso (trabalha corretamente), isso é que ferra...

      Excluir
    3. eu já nem me preocupo mais com droga nas celas dos pavilhões não sou policia mesmo... cara para de ser imbecil fazemos trabalho policial e tem outra, não estou nem um pouco preocupado com essa pec 308. eu quero é ótimo salário pois estou acostumado mesmo com o inferno. na verdade os zeladores deveriam ganhar um adicional a mais por trabalharem no raio já que tem um monte de asp q foge do raio. imagine aumentar em 500 conto mês pra quem pegar raio- aposto que iria diminuir bastante o estres nas unidades prisional . vc deve estar se perguntando como aumentar os salários dos zeladores. eu te respondo: diminuindo o salário de quem foge do raio.

      Excluir
  4. Besta do ASP que tranca 2, 3 e ate 5 raios para conseguir algum favor com o chefe de plantão, a resolução da ONU fala quem cuida dos apenados se limita a 100 presos por agente, que já é muito, e não 300 em um raio só, que nem tem do CDP GUARULHOS I, por isso que o sistema e desunido, plantão contra plantão, diarista contra plantonista...ASP desinformado é uma m#%@a...e a SAP agradece!!!

    ResponderExcluir
  5. Olha eu trabalho há 15 anos no sistema penitenciário paulista e fico pasmo e tem horas que sinto vontade de rir.... Meus amigos toda vez que um preso chegava em minha unidade uns idiotas que se acham ASP, ficam perguntando se o individuo é pcc(panela, caneca e culher), ou se preferirem,(Prudente Contra o crime), cada vez que fazem isso voces estão enaltecendo esta faccão, que so esta existindo graças a voces e a pobre midia brasileira, quando chegar preso digam voce é um reiducano igual aos outros.... me desculpe jenis, mas é o que penso....reflitam isso.....

    ResponderExcluir
  6. algumas unidades estão começando a fazer a diferença!
    cortando todo e qualquer tipo de liderança na unidade. exemplo do CDP DE SERRA AZUL CDP DE PONTAL, CDP DE TAIUVA,

    nestas unidades nao existe "faxina", a cada dia o guarda libera 2 presos alternadamente escolhidos pelo proprio agente para distribuirem a alimentação, todo detento que se manifesta ser lider de determinada facção é mandado para tranca sob alegação de estarem fazendo apologia ao crime. Achei uma atitude perfeita dos guardas que mandaram cerca de 40 detentos para tranca logo após tentarem cantar o hino do pcc.
    Claro que não depende somente dos guardas, temos que poder contar com a diretoria que na maioria das vezes é omissa. Mas se cada um fizer a sua parte, a coisa começa a melhorar.
    acredito que o modelo de disciplina que esta sendo implantado nas unidades citadas acima fariam toda diferença para diminuir drasticamente a "pose" que a tal facção acredita ter. acredite, ouvi da boca de um preso do cdp de pontal dizer que la esta pior que a tranca. DEVERIAMOS NOS ORGULHAR DE ESCUTAR TAL ARGUMENTO DOS DETENTOS.

    Jenis nao digo que solução exista (não na nossa realidade) mas da para melhorar e muito o ambiente de trabalho. basta querer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fica trabalhando no raio pra ver se está bom do jeito que fala. é fácil falar que está bom do lado de fora do raio. já que vc elogia tanto esses procedimentos o porque do anonimato se ta tudo certo. blá blá

      Excluir
    2. é bem isso que vc falou , trabalho no CDP de Pontal e fiquei de certo ponto abismado com a diferença que tem pra os CDP´s da capital ( já trabalhei em 2 na capital ), se alguns companheiros visem oque os detentos são OBRIGADOS a fazer ficariam de cabelos em pé, masssss aqui já começou assim desde a inauguração, implamtar oque roda aqui de uma hora pra outra em outros lugares é tarefa difícil !!

      Excluir
    3. ae essa resposta é para o Anônimosegunda-feira, julho 01, 2013 1:56:00 PM

      meu caro, nao estou no anonimato nao, apenas nao estou logado por nao ter nenhuma conta no google, e tambem nao estou do lado de fora do raio,

      sou o fernando r. s. e trabalho no raio sim. e antes que faça alguma critica, eu elogiei estas unidades porque conheço a disciplina delas, e NÃO SOU DIRETOR, nunca fui, nao tenho curso de chefia, e nem pretendo ter. nao trabalho em sala de chefe. meu negocio é raio pq essa é a designação do concurso que prestei. e mais uma vez, só elogiei por estar "e muito" satisfeito com o trabalho desempenhado. nao vou citar em qual das 3 unidades estou para que voce nao pense que estou aqui para puxar saco de algum diretor.

      e para não ficar duvidas de como as coisas podem mudar com disciplina, convido aqui alguns funças que estão lotados em uma das 3 unidades para falarem um pouco mais sobre o dia a dia em uma cadeia que quem manda "ainda" é o guarda.

      Excluir
    4. A maior dificuldade na questão da Disciplina nas Unidades é a hiper população carcerária, só pra efeito de comparação o C.D.P. de Pontal tem uma população de 1028 detentos ao passo que o C.D.P. I de Guarulhos beira os 2600 com déficit de agentes, o perfil de presos da Capital com os presos do interior é diferenciado, as condições de trabalho dos servidores na Capital são mais difíceis. Conheço a rotina de grande parte das Unidades do estado, pois nesses 16 anos trabalhei em Unidades do interior e capital e posso afirmar que graças a atitudes heróicas de funcionários e também de diretores que não se esqueceram que são "agentes" existem Unidades que adotam a tranca, faixa amarela e o funcionário trabalha com respaldo. Como disse, o maior problema hoje é o déficit funcional e a hiper população carcerária, algo que a curto e médio prazo até então ninguém apresentou proposta para solução.

      Excluir
  7. AOS ASPs que se acham os super herois policias, na verdade são mais um rs no sistema, sou asp ha 17 anos, pagar veneno pro malandro só vai arrumar b.o., o que é do preso é dele, e o que é dever tem que serr cobrado, somente isso, nada mais, aos que querem ser policias penais devem mudar de planeta e fundar a sap em marte, e faça um favor levem o grandolfo junto!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk essa é boa kkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  8. CNMP cria relatório sobre sistema prisional

    http://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2013/06/28/cnmp-cria-relatorio-sobre-sistema-prisional/

    ResponderExcluir
  9. BOM DIA JENIS QUERIA TE FAZER UMA PERGUNTA O SIFUSPESP TÁ CHAMANDO ASSEMBLÉIAS E O SINDASP TBÉM EM QUAL NÓS DEVEMOS COMPARECER ?

    ResponderExcluir
  10. Bom dia.
    Resumindo as facções existem e estão ai pra quem quiser ver, se o Estado não tem competência para acabar de vez com isso, quem somos nós para sermos "heróis". Conclusão escala 12x36 e ponto final.

    ResponderExcluir
  11. Jenis se nós ASPs mudarmos o titulo dessa matéria para: Ao mandarem nas cadeias paulistas, Agentes garantem ¨paz¨ a população e não a este governo, segundo nós mesmos... Sou Asp com apenas 7 anos de sistema e por algumas coisas que já presenciei nesse pouco tempo que tenho observei que algumas mudanças minimas de ordem funcional que ocorreram onde trabalho sempre intimidaram as atitudes dos presos (sempre covardes e medrosos) e por isso pésso aos demais amigos asps que mudem sua forma de trabalhar ás vezes que logo-logo vão notar que as suas próprias atitudes deram resultado. Amigos não esperem nada de ninguém (diretores e governo) pois o nosso ambiente é a gente que faz.

    ResponderExcluir
  12. boa tarde galera, vou iniciar esse ano como AEVP pelo jeito não é brincadeira não, mas e bom saber de tudo isso, abraço

    ResponderExcluir
  13. Caros amigos,
    Toda vez que ouço, ou vejo pelos jornais matérias, ou entrevistas como desta Senhora, onde vislumbra a todos o poder, e o peseudo comando, mesmo que, de uma forma indireta das unidades prisionais pelas facções criminosas principalmente pelo pcc me faz lembrar a historia do Premier Alemão da época do 3° Reich (Joseph Goebbels) onde ele fomentava reiteradamente por inúmeras vezes algum assunto e este de tanto ser repetido se transformava em uma verdade, hora amigos muito embora que sei que muitos companheiros até postaram comentários de chacotas a meu raciocino, mas não é nos que estamos com a chave da tranca das 16:00, e não o fazemos todo dia?, quando algum detento faz um ato de indisciplina não é prerrogativa nossa fazer o comunicado de evento para que o detento subir para o RCD para responder seu ato, mesmo que sempre os presos da faxina do esporte advoguem para que eles não subam, e peçam a famosa compreensão, e mesmo assim eles de uma maneira ou de outra vão responder, nós somos representantes do estado caros amigos, quem nos paga é a fazenda pública do estado, vivemos com certeza num momento de dificuldade por tantas coisas que deveriam acontecer com a amenização da hiper lotação das unidades, a valorização dos nossos vencimentos que a muito estão defasados, devemos então valorizar nossa honrosa profissão e acreditar em nós mesmos, e não se enfileirar junto as legiões que acreditam que, quem esta na palavra no sistema penitenciário do nosso estado são as facção criminosas.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.