quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Homens invadem CPP paulista e "resgatam" dois presos, segundo o Dia a Dia.

Fonte: http://www.jornaldiadia.com.br/news/noticia.php?Id=11674#.UryEEy1TsdU

Publicada em 26/12/2013 às 10:07:19h

Homens invadem Centro de Progressão Penitenciária de Pacaembu e ‘resgatam’ dois presos


Bandidos cortaram o alambrado do presídio de Pacaembu para "resgatar" dois detentos (Foto: Reprodução/Tv Fronteira)

Dois detentos do regime semiaberto da Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Pacaembu, localizado às margens da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, no km 615, fugiram por volta das 11h deste sábado (21). Eles foram “resgatados” por outros dois homens.
De acordo com o delegado André Eustáquio da Fonseca, um dos agentes que estava em uma das torres do presídio viu uma movimentação estranha no alambrado e comunicou outro funcionário, que foi verificar.
“Eles acharam que alguém estaria jogando objetos para dentro do presídio. Porém, ao chegar ao local, o agente foi surpreendido por dois homens armados, possivelmente com pistolas, que já tinham aberto um buraco no alambrando com um alicate”, relata o delegado.
Na abordagem, a dupla ordenou que o agente deitasse no chão e entregasse o rádio comunicador que portava. Na sequência, ainda conforme Fonseca, os dois detentos resgatados foram de encontro aos comparsas de fuga, após terem pulado diversos alambrados internos.
“Eles saíram pelo mesmo buraco e fugiram. A suspeita é que tenham entrado em um carro, pois os agentes relataram terem visto um poeirão momentos depois. Porém, não há informações concretas a respeito disso”, acrescenta.
Os fugitivos são Gerônimo Balbino da Silva, de 32 anos, morador de Itaquaquecetuba, e Paulo Roberto da Silva, de 33 anos, que reside em Guarulhos. Ambos cumprem pena por roubo e a polícia acredita que a fuga foi motivada porque eles não foram beneficiados pela saída temporária, pois estavam há pouco tempo no presídio.
À Polícia Militar, o agente disse que um dos criminosos que participou da ação é loiro e usava uma camiseta polo rosa. Ninguém foi preso e a Polícia Militar faz buscas.
Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SAP), a penitenciária tem capacidade para 672 homens, mas a população é de 1.071 presos.



Por: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.