*Com informações de Sandro Thadeu

N/A
Um dos agentes foi baleado com quatro tiros no peito
Dois agentes de escolta e vigilância penitenciária, do CDP de São Vicente, foram baleados na noite neste domingo, no bairro Vila São Jorge. Um deles teria levado quatro tiros na região do peito e outro foi atingido, por, pelo menos, um disparo no abdômen.
 
O crime ocorreu por volta das 18 horas, na Rua Francisco Sá, próximo ao 2º BIL (Batalhão de Infantaria Leve). Colegas de trabalho deles presentes ao 1º Distrito Policial de São Vicente, onde o BO estava sendo registrado, acreditam que o crime foi premeditado.
 
Segundo informações da polícia, os dois agentes - que atuam no Centro de Detenção Provisória (CDP) vicentino do bairro Samaritá - passavam a tarde deste domingo em um churrasco realizado em uma serralheria do bairro. Os dois meliantes invadiram o local atirando nas duas vítimas, que responderam com tiros. Um dos agentes levou quatro tiros no peito, e o outro, um tiro no abdômen.

Por volta das 18 horas, eles foram surpreendidos por dois bandidos que entraram armados no local e logo dispararam vários tiros contra as vítimas. Só não contavam com o fato de um dos agentes estar armado no momento da ocorrência e ele ter reagido.

Depois de uma troca de tiros, um dos marginais teria sido atingido no rosto.  Eles fugiram na sequência e roubaram um Peugeot prata, não sendo encontrados pelas autoridades policiais

As duas vítimas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital Municipal de São Vicente, antigo CREI. Ambos serão operados.
 
N/A
Vítimas estavam em um churrasco realizado em uma serralheria no bairro Vila São Jorge