segunda-feira, 10 de março de 2014

Justiça de SP nega pedido de isolamento para Marcola

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/03/justica-de-sp-nega-pedido-de-isolamento-para-marcola.html
Justiça de SP nega pedido de isolamento para Marcola

MP quer transferir chefe de facção para regime disciplinar diferenciado.
Ele está detido no presídio de Presidente Venceslau, no interior do estado.





Do G1 São Paulo




A transferência de Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) em um presídio paulista foi negada pela Justiça de São Paulo nesta sexta-feira (10). Cabe recurso contra a liminar.

Marcola é apontado apontado como chefe de uma facção criminosa comandada de dentro dos presídios de São Paulo. Ele está detido no presídio de Presidente Venceslau, no interior do estado.

A decisão do desembargador Péricles Piza foi tomada após avaliar pedido do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) feito em outubro de 2013. À época foram divulgados detalhes de uma megainvestigação do Ministério Público Estadual (MPE) sobre a facção.

saiba maisEm escuta, Marcola diz que facção fez diminuir homicídios em São Paulo
175 integrantes de facção são denunciados após 3 anos de escutas
Alckmin diz que vai fortalecer RDD e penitenciárias de segurança máxima

Os promotores responsáveis pela investigação pediram a prisão preventiva de 175 integrantes do grupo, além da transferência de 35 presos para o Regime Disciplina Diferenciado (RDD). O trabalho do Ministério Público também mostrou a estrutura da facção, que estaria presente em 22 estados brasileiros e nos países vizinhos Paraguai e Bolívia.

O pedido para inclusão no Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), com até 22 horas de isolamento, já tinha sido negado em primeira instância. O MP recorreu e impetrou um mandado de segurança contra a decisão do juiz.

Em liminar, o desembargador julgou improcedente a ação, alegando que a Promotoria não apresentou “vício ou ilegalidade para ser corrigida”. A solicitação ainda precisará ser avaliada pelo colegiado dos desembargadores, que decidirá o mérito do pedido.

Escutas revelam domínio da facção
A megainvestigação aponta que a cúpula da facção criminosa comanda das prisões o tráfico de drogas e armas, além de ordenar a morte de autoridades, inimigos e policiais. Os promotores também descobriram que 169 mil presos estão sob controle da facção; que o grupo criminoso atua em 90% dos presídios paulistas e que, fora dos presídios, a facção vende drogas e negocia compra de armas, e mata quem atrapalha seus planos.

As gravações comprovam que criminosos perigosos comandam, por telefone, uma facção de dentro da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, a 600 km da capital paulista. Segundo a Promotoria, os criminosos negociam drogas, financiam o crime organizado e matam quem atrapalha as atividades do grupo.

As polícias militar e civil já vinham se preparando para fazer prisões e transferir os chefes da facção criminosa. Entretanto, a Justiça negou todos os pedidos do MP, o que deixou promotores e a cúpula da segurança pública indignados. A denúncia causou mal-estar entre o Ministério Público e a Justiça.

Durante as investigações, o MP descobriu também que 106 PMs mortos no ano passado no estado foram vítimas das ações do grupo. A ordem para os assassinatos partiu também de dentro do presídio.

tópicos:
São Paulo

2 comentários:

  1. pois é MP nós agentes penitenciários também temos vontade e aptidão pra realizar vários feitos mais infelizmente o PSDB do GERALDO ha vinte ou a quase vinte anos no estado não deixa e como se não bastasse agora a justiça corre contra começo a acreditar naquela estátua que é o simbolo da justiça realmente ela é cega, a inversão de valores é total ,é a banana comendo o macaco ou será o rabo abanando o cachorro?? entendo sua indignação SR.JOAQUIM BARBOSA , e esse é o País da copa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk palhaçada

    ResponderExcluir
  2. vamos tirar esse PSDB do governo, esse Geraldo esta vendido para essa facção.. onde já se viu fazer acordo com crime para parar com os ataques. O certo e greve se não atender a todas as reivindicações da classe para São Paulo ... esse pais nosso e uma piada democracia aqui não funciona tem que voltar o regime militar urgente para acabar com essa raça maldita que so rouba os cofres públicos e não investe em nada

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.