domingo, 13 de abril de 2014

ASP agredida na Penitenciária Feminina de Ribeirão Preto, as demais ficam indignadas pela agressão e com a atitude da direção.

 PARABÉNS PELA ATITUDE DAS ASPs DAQUELA UNIDADE!!!

DESEJO MELHORAS PARA A ASP AGREDIDA...
CADÊ O GIR FEMININO??? CADÊ O RDD FEMININO??? CADÊ A "W2 FEMININA"???(Para quem não sabe, w2 é a PII de Venceslau onde o estão alguns líderes do PCC e onde o GIR faz a tranca e a soltura dos presos para o banho de sol diariamente)
 
 
Vejam email que recebi de um(a) servidor(a) da Penitenciária Feminina de Ribeirão Preto relatando como foi a agressão sofrida por uma ASP ontem, além de relatar a INDIGNAÇÃO das ASPs daquela unidade pela ação da direção diante do fato. Não sei se quem enviou o email é um ASP Masculino, Feminina, ou AEVP, certamente me enviou de forma anônima por motivos óbvios, mas confirmei com diversos(as) companheiros(as) daquela unidade.
 
 
 
Jenis, sábado, ontem, dia 12/04 houve agressão a uma ASP aqui na Penitenciária Feminina de Ribeirão Preto.
 
Durante a noite anterior, de 11 para 12/04, a mesma presa jogou água em uma outra ASP e nada aconteceu com a presa.
 
No sábado, ontem dia 12, na retranca das 9:00hs, quando a ASP foi abrir a cela, a presa disse que queria subir para o castigo porque não estava "boa da mente", foi quando empurrou a grade e foi para cima da ASP empurrando, derrubando ela no chão, dando socos e pontapés. A outra ASP que fazia a abertura do outro lado do pavilhão começou a apitar sem parar, e algumas presas vieram tirar ela de cima da ASP.
 
Todas as presas negaram tranca, e queriam fazer a "cadeia subir" já que estamos falando de uma unidade de "seguro". A chefe de plantão foi expulsa da gaiola, impossibilitada de tentar qualquer negociação. Por volta das 13:00hs (4 horas após), a presa se apresentou para subir para o castigo e as demais aceitaram entrar para a cela.
 
A funcionária só foi liberada no final da tarde para fazer o B.O., a direção estava  mais preocupada em fazer exame de corpo de delito na sentenciada.
 
O diretor de disciplina disse que estava tudo bem, e que nesse final de semana  iria ocorrer visitas normalmente e que apenas na segunda-feira, 14, tomaria providências.
 
A ASP se machucou bastante, mas conseguiu sair do pavilhão com ajuda da outra ASP que estava no pavilhão.
 
Hoje, domingo 13, as ASPs que estavam indignadas com a situação cruzaram os braços e queriam falar com a DG da unidade, com isso a DG foi até a unidade e decidiu que hoje teria visitas, mas que após segunda-feira  o presídio ficará na tranca até sexta-feira e se o coordenador autorizar não haverá visitas no final de semana que vem.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

17 comentários:

  1. isso esta se tornando comum nas unidades femininas, aconteceu ha mais ou menos 15 dias na PFC uma agreção a uma ASP,houve suspensão de visita ala disciplinar paras detentas a ASP fez os tramites legal mas a detenta ate hoje não levaram para fazer IML não entendi nada, sera que ela não precisa?

    ResponderExcluir
  2. QUE DIRETORIA MAIS FROUXA ESSA . PARECE QUE A MAIORIA DAS CADEIAS SÃO DIRIGIDAS POR UM BANDO DE INCOMPETENTES QUE SÓ ESTÃO NO CARGO POR INDICAÇÃO POLÍTICA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece! Vc tá de brincadeira, todos são indicados com apadrinhamento dos Coordenadores e não vou falar do requisito indispensável, senão vão me patrulhar novamente!!! Caso alguém tenha comprovações outras, pode nos passar as UPs onde algum DG foi indicado pela sua competência e preparo para o cargo; outra situação, os Deputados da ALESP, esse ano tem eleição, é um bando de covardes em relação a SAP que é covil de ...Não vou concluir senão vão me processar. E não vai mudar nada nas eleições desse ano, são sempre os mesmos, subservientes ao Poder Executivo!!! P.S. Governador Tucano Alckimin, trocar o Lourival pelo Catirse, significa trocar 6 por meia dúzia?

      Excluir
  3. Gente uma pergunta. Eu assisti semana passada o SBT Repórter e vi que nas penitenciaria do Estado de Roraima, acho que foi lá, quando os agentes vão abrir as celas tem outro agente armado dando cobertura. Só em SP que é ao Deus dará?? Sempre vejo comentários de que o ASP's vai sozinho fazer a chamada tranca, acredito que seja isso, e cadê a segurança deles?? Porque São Paulo que, segundo os especialistas é o melhor do país no sistema prisional o ASP' se ferra sozinho???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VC NÃO VIU NADA EM PAREIUVA VOCE FAZ INCLUSÃO COM UM MONTE DE PRESO NO SEU LOMBO

      Excluir
  4. Trabalhei alguns anos em cadeia feminina e posso dizer que é a moda caraio.
    Presas com muitos e muitos direitos e quase sem obrigações, ofendem e fazem o que querem com as funcionárias e estas na maioria das vezes põe pano pras band, cansei de ver isso, resultado indisciplina total e agressão a servidoras.

    ResponderExcluir
  5. O plantão da noite trabalha somente com 5 funcionarias como vão abrir uma cela com mais de 20 presas, e outra a culpa não é das guardas mais sim de chefes de Plantões que andam lado a lado com a diretoria e por isso são chefes e dessa diretoria covarde que só quer q sua cadeia não vire exemplo disso as guardas foram ameaçadas pela diretoria em reunião no domingo se elas não fizessem todo o procedimento para as visitas entrarem eles iriam avisar as presas que não estava tendo visita por causa das Guardas e não era uma atitude da diretoria pois a diretoria estava contra essa atitude das Guardas, a diretoria questionou a presença da ASP agredida na reunião falando que a mesma não poderia estar na unidade porque não era plantão dela que ela estava as outras guardas a fazerem motim contra a direção e que todas as guardas que estão no probatório seriam lembradas na hora de suas avaliações, esta havendo assedio moral nesta penitencia, fora que essa não é a primeira agressão que está acontecendo, fora que esse diretor de disciplina é um Banana de Pijama as presas grita com ele ele somente dá risada não tem postura, colocaram um cara que nunca trabalhou no raio pra ser diretor de disciplina e suas chefes mau saíram do probatório as sub-chefes todas estão no probatório, as guardas mais antigas não aprova essa atitude da diretoria e por isso nenhuma aceita trabalhar com a mesma, ESTAMOS PRECISANDO DE AJUDA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UÉ! CADÊ OS NOSSOS SINDICATOS?

      AH! ME DESCULPE! ESQUECI!

      TAMBÉM SÃO TODOS UNS BANANA DE PIJAMA!

      Excluir
    2. Boa noite. Só discordo de uma coisa, não colocaria jamais a culpa nas chefes de plantão, principalmente as do noturno que trabalham com o número tão reduzido de funcionárias...e não podemos nos esquecer que no domingo uma delas estava lá, também de braços cruzados apoiando as colegas de serviço... A coisa precisa sim ser reestruturada... A culpa da agressão foi tão somente da presa. Fato isolado como disse o diretor olhando na minha cara??? NÃO! Foi um fato mais que anunciado... há fatores que o comprovam...
      A agressão foi sói a última gota d'água para que as guardas dessa unidade se unissem para tentar dar um basta a tanto assédio sofrido...

      Excluir
  6. É INCRÍVEL,INACREDITÁVEL, INSUPORTÁVEL E INSUSTENTAVEL ESTA SITUAÇÃO NO SISTEMA PRISIONAL PAULISTA. ESSES DIRETORES TANTO MASCULINOS COMO FEMININAS SÓ ESTÃO PREOCUPADOS COM SEUS CARGOS E MAIS NADA. A ASP, OU ASP VIVE TOMANDO PORRADA E NADA ACONTECE, COMO DISSE A COLEGA QUE A DIREÇÃO ESTAVA MAIS PREOCUPADA EM FAZER CORPO DE DELITO NA PRESA.POR ISSO MINHAS IRMÃS E MEUS IRMÃOS TEMOS QUE NOS UNIRMOS AINDA MAIS TAL COMO NA GREVE E DERRUBAR ESSES DIRETORES PÓ DE ARROZ QUE VIVEM DE SORRISOS ACHANDO QUE TUDO ESTA MUITO CERTO, LEMBRANDO O QUE TODOS JÁ SABEM QUE A MAIORIA DESSES DIRETORES QUASE OU NUNCA PEGARAM NUMA CHAVE, PRA MIM TUDO SEM MORAL. QUANTO A COLEGA DESEJO MELHORAS E QUE TUDO FIQUE BEM . FORTE ABRAÇO A TODOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VAMOS VER SE QUANDO O CHICOTE TIVER ESTRALANDO OS NARIZINHO EMPINADO VÃO CAIR PRA DENTRO DIZENDO :SAI QUE AGORA O DIRETORZINHO RESOLVE...ABRAÇA VAI SE CAGAR TODO !

      Excluir
  7. Enquanto prevalecer esse sistema penitenciário arcaico em que um funcionário entra num pavilhão com , na maioria das vezes, o triplo da capacidade e fica a mercê da sorte e da piedade de criminosos de toda qualidade,isso acontecera constantemente.
    Criminosos que a justiça tirou do convívio da sociedade,por representar para esta um perigo,mas que o agente prisional,que também e parte dessa sociedade é obrigado,em função do cargo, a ficar em contato direto com esses delinquentes rogando a DEUS que saia ileso ao termino de cada plantão destas masmorras do seculo 21

    ResponderExcluir
  8. Na penitenciária lll de Franco da Rocha lotaram os raios impares com pacientes M.S. só que estes presos perigosos pois a imensa maioria é Art. 121 não tem a medicação controlada para tomar e as condições estão pra lá de precárias.
    Cadê nosso GEA para trabalhar com estes presos e o pessoal da Saúde, resumindo o DG e o Disciplina não estão nem ai conosco, sendo assim também não estamos nem ai com eles e queremos mais é que a cadeia vire mesmo para esses lixos caírem de uma vez.

    ResponderExcluir
  9. As funcionárias desta penitenciária estão em sua maioria no probatório e a diretoria se vale disso para ameaçá-las e submetê-las a situações humilhantes, excesso de convocações, não fazem 1 hora de almoço e vários outros direitos estão sendo desrespeitados, isso que aconteceu agora foi só mais uma coisa, porém é muito comum o desrespeito por parte das sentenciadas com todo aval da diretoria.

    ResponderExcluir
  10. Até que enfim toda sujeira da PF Ribeirão Preto está vindo à tona. Diretoria que não gosta de estar em evidência, afinal quem não aparece nunca é lembrado. Porém os funcionários estão sendo assediados moralmente o tempo todo, não podem protocolar nada, tudo é analisado pelo supervisor ou pela DG e quase sempre devolvido sem protocolo, convocações excessivas e sem direito de compensação, plantões diurnos não recebem autorização para abonar, não compensam, não podem doar sangue sem prévio agendamento, e qdo pedido pra agendar é negado, se ficam doentes e apresentam atestado médico, tem as trocas do mês seguinte cortadas. As ordens nunca são por escrito, são repassadas verbalmente pelas chefes de plantões, e por mais absurdas acabam sendo cumpridas por medo de represálias.
    Presas que são comunicadas com falta grave nem sempre sobe pro castigo, e qdo sobem nunca cumprem os 30 dias, pois acham que com 15 ou 20 dias já foi suficiente pra ela aprender. Mtos comunicados somem e não são levados para frente, outros que sabemos que são falta de natureza grave pelo Regimento Interno, acabam decidindo por natureza média, aliviando como sempre o lado da presa. Visitantes egressos, ainda assinando carteirinha de benefício, autorizados a adentrar o pavilhão. Enfim, a diretoria preocupa-se tanto em agradar as presas, msm que custe ameaças e perseguições aos funcionários, que acabam deixando a desejar na questão segurança, primeiro e fundamental item, base de qualquer Unidade Prisional.
    Uma vergonha um diretor de disciplina, um supervisor e uma DG que acham que não são ASPs, acham que nasceram diretores e ali ficarão eternamente. Preferem fazer acordos com as presas, do que fazer acordo com as ASPs, e ainda exigem ombridade das ASPs para que deixem claro que eram elas que não queriam fazer o procedimento de entrada de visitantes, ou seja, que elas limpassem o filme deles com as presas, deixando completamente sujo o filme deles com as ASPs que mais uma vez se viram tratadas inferiores as presas.
    Absurdo total, situação que não pode continuar!!

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.