segunda-feira, 9 de junho de 2014

Agente penitenciário agredido com soco em Junqueirópolis-SP

Vejam relato do amigo Gilberto Antonio, sindicalista da região de Presidente Prudente.


Já viro rotina , novamente tenho a infelicidade de anunciar que mais um pai de família que sai de sua casa para trabalha vem a ser humilhado e agredido !!!
Ao ser informado do fato me desloquei a unidade Junqueirópolis para averiguar o fato em si, chegando lá fui recebido pelo diretor de plantão, informando que já tomou as medidas cabíveis , envio o funcionário ao hospital e posteriormente a delegacia pra confeccionar o boletim de ocorrência, e logo mais me dirigi acompanhado pelo mesmo ao interior da unidade para conversa com os asp e a vitima dessa crueldade e relataram o seguinte o seguinte fato ;
Nesta manha quando efetuava contagem escutou o zelador de raio escutou barulhos na cela foi olha pelo guichê para pode ver o que acontecia e fora surpreendido com um soco no rosto, simplesmente sem um motivo agrediu o funcionário sem motivo ou aviso prévio de nada , perguntei ao funcionário se havia richa ou reclamação com o preso e o mesmo falo que nada , simplesmente olho e levo um soco no rosto ou seja poderia ser qualquer um que estivesse de serviço naquele setor,
Neste ano afrente do SIFUSPESP regional de Presidente Venceslau tive que acompanhar a mesma historia em tupi paulista masculina e feminina , Pacaembu , Irapuru , so nessa micro região que tem 10 unidades prisional , chego a conclusão que viro rotina e a cada dia os presos perdem o respeito nos representantes do estado e da lei , e ainda somos vitimados de falsas denuncias .
Cadê o representante dos direitos humanos ! Será que esse trabalhador não são humanos, cidadão do povo , pais de família .
Estamos de mãos atadas perante essa lei, pois somos fies cumpridores dela, simplesmente me cabe o direito de relatar o fato na integra e reza pois estamos caminhando rumo ao abismo, nessa unidade se encontra um déficit de 31 asp masculino , tem capacidade pra 795 presos, excluindo as vaga dos seguintes setores inclusão , seguro , enfermaria e pavilhão disciplinar, se encontra com 1831 presos , passa do dobro e não tem nem o quadro completo , como pode haver segurança !!!
Informo que logo mais o asp agredido ira se manifestar e publicarei na integra o relato dele


Texto e foto postado em uma rede social pelo ASP e diretor de sindicato Gilberto Antonio.

11 comentários:

  1. CHMA O GIR, E PAU NOS VAGABUNDOS.

    ResponderExcluir
  2. Outra agressão.. O que é isso ninguém vai toma providencias

    ResponderExcluir
  3. O G.i.r. veio mas foi intimidado pelo D.G. que esta do lado dos vagabundos, como o gir não tem respaldo e esta perdendo a moral a cada dia ,venceu o D.g. que se diz " Humanitário" dos manos.....

    ResponderExcluir
  4. Não sei até quando todos nós vamos ficar inertes a tudo isso. Esperar que o governo ou nossos superiores tomem alguma providencia é utopia. Infelizmente fazemos parte de um sistema falido e quanto a todos esses fatos ocorridos nos últimos dias; Isso é só o começo. É hipocrisia dizermos que todo esse cenário não era previsto. Acredito que partilho com todos os companheiros de classe de um enorme sentimento de revolta, mas só isso não é o bastante. Volto a dizer: “Até quando vamos ficar parados? O que estamos esperando para tomarmos as rédeas da situação? O que falta mais acontecer para tomarmos alguma providencia?”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando cada um parar de só olhar pro próprio umbigo e olhar por todos!! União é oq os ASP's NUNCA vão ter!!!!! É simples!

      Excluir
  5. no momento o Gir tá trancando o raio 2 da PII de Pirajuí, que não entrou para tranca no domingo, nenhum refém, tudo controlado, graça aos gps e os cabra macho do Gir.

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente a SAP não puni de forma severa, e qdo a punição é branda, a malandragem deita e rola, pq saem no lucro, para eles compensa ....
    Tirar uma onda na cara de funcionário no meio da malandragem, e saber que ainda vai ser agraciado com o Bonde, que é o que eles realmente querem... ahhh isso é o que motiva o aumento dessas agressões gratuitas.

    ResponderExcluir
  7. Lamento pelo futuro colega nem faço parte da categoria e vejo q é nós por nós mesmo gostaria d fazer uma pergunta sobre o curso de formação quanto tempo tem de duração e se é tipo internato período integral um abraço a todos e obrigado...

    ResponderExcluir
  8. esses tipos de agressao nos temos que divulgar aqui no jenis mesmo só que, quem le o jenis somos nos mesmos, temos que publicar esses fatos, em jornais para que a populaçao saiba o que esta acontecendo dentro do sistema prisional, nós sabemos o que acontece mas a populaçao só lê, noticias sobre nossa profissao quando há algum tipo de difamaçao, contra a nossa categoria vamos começar a publicar nos jornais, de veiculaçao em massa e fazer com que a populaçao que desconhece nosso serviço fique mais informada sobre o que esta acontecendo pois o sr. governador só tem medo de jornais pois isso pode fazer com que ele perca votos pensem nisso

    ResponderExcluir
  9. Essa agressão prova que não devemos nos iludir e achar que a automatização ou mecanização nos livrara de tudo o que é ruim. Aqui em Junqueira esta automatizado e mesmo assim houve agressão. Que fique bem claro, não estou criticando a nova tecnologia (longe disso), apenas deixo claro que estamos trabalhando num ambiente hostil e com "seres humanos" que nem a sociedade quer. Boa sorte a todos.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.