terça-feira, 7 de outubro de 2014

Obra da Penitenciária de Piracicaba continua atrasada.

Fonte:http://www.jornaldepiracicaba.com.br/capa/default.asp?p=viewnot&cat=viewnot&idnot=222068
Penitenciária Masculina de Piracicaba continua atrasada

Gabriela Garcia
segunda-feira, 6 de outubro de 2014 9h15

A+ | A-
ENVIAR IMPRIMIR



Foto: Arquivo/Isabela Borghese/JP



A Penitenciária Masculina de Piracicaba, que está em construção na rodovia Deputado Laércio Corte (SP-147), ainda não está pronta.

O último prazo da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) era de que a obra fosse entregue em março deste ano, portanto, já são mais seis meses de atraso.

A reportagem do Jornal de Piracicaba questionou a Pasta por quase um mês, mas não houve resposta sobre novo prazo de entrega.

Até setembro do ano passado, a SAP já havia realizado dois aditamentos do contrato e mais um aditamento estava previsto — o contrato inicial para a construção foi assinado em dezembro de 2012 pelo valor de R$ 35,9 milhões.

Segundo relatos de trabalhadores, a obra chegou a ficar paralisada no início do mês passado devido a atrasos no pagamento dos salários — a reportagem também procurou a construtora responsável, que não se manifestou.

À época do aditamento, a secretaria informou que era necessária a adequação de serviços, como a conclusão do dispositivo de acesso, que dependia de autorização da concessionária da rodovia e conclusão de serviços de emissário de esgoto e águas pluviais, que estavam sob embargo judicial.

Já o segundo termo aditivo incluía prorrogações de prazos e adequação da planilha orçamentária, envolvendo revisões nas instalações elétricas e problemas relacionados ao perfil geológico da área do empreendimento para perfurações dos poços.

De acordo com informações oferecidas pela SAP no ano passado, a Penitenciária Masculina de Piracicaba terá capacidade para 768 presos em regime fechado.

A unidade contará com oito módulos de oito celas cada, totalizando 64 celas.

Serão 11,1 mil metros quadrados de construção em terreno de 105 mil metros quadrados.

O pátio de sol terá 292 metros quadrados com fechamento em tela.

De acordo com a secretaria, a distribuição das unidades pelo Estado tem o objetivo de ampliar o sistema prisional de acordo com o princípio da regionalização.

Desta maneira, o preso fica mais próximo do juiz que preside o processo, dando maior celeridade ao julgamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.