sábado, 10 de janeiro de 2015

Agente Penitenciário preso por suspeita de matar jovem em atropelamento(vídeo)


Mortes em acidentes podem ser apenas uma fatalidade, não significa que quem cometeu o acidente possa ser um criminoso, portanto, vamos ter cautela nos comentários e respeito pelo colega, certamente ele e a família devem estar sofrendo muito, além dos familiares da jovem que morreu, é claro.


Assista a matéria da Globo no link abaixo:

http://g1.globo.com/sp/presidente-prudente-regiao/bom-dia-sp/videos/t/edicoes/v/policia-deve-ouvir-suspeito-de-atropelar-jovem-de-16-anos-em-pacaembu/3881719/?fb_action_ids=340180312833633&fb_action_types=og.likes&fb_source=other_multiline&action_object_map=%5B823921827668101%5D&action_type_map=%5B%22og.likes%22%5D&action_ref_map=%5B%5D

22 comentários:

  1. Jenis Saiu uma publica no D.O de hoje10/01/2015 sobre pericia dos ASP pode divulgar e exclarecer para os leigos como eu.

    ResponderExcluir
  2. FATALIDADE, PENA PELA MESMO A MORTE DA JOVEM, QUE DEUS AMPARE E DE FORÇAS A FAMILIA, QUANTO AO COLEGA, QUE OS FATOS SEJAM APURADOS DE MANEIRA JUSTA E CORRETA SEM SE AUMENTAR E DISTORCER OS FATOS, POIS EM CIDADE PEQUENA SEMPRE TEM ENVOLVIMENTO POLÍTICO EM TODOS INCIDENTES OCORRIDOS NA CIDADE E PODEM FACILMENTE CONSEGUIR TRANSFORMAR UM ACIDENTE (caso tenha sido) EM CRIME, PRECISA-SE MUITA CAUTELA POR PARTE DOS ADVOGADOS QUE REPRESENTAREM O COLEGA.

    ResponderExcluir
  3. Agente penitenciário confessa que matou adolescente atropelada
    Homem, de 29 anos, disse à Polícia Civil que se distraiu ao mexer no rádio do veículo quando percebeu ter atropelado uma pessoa, em Pacaembu

    Murilo Rincon

    Veículo VW Gol, conduzido pelo agente penitenciário, se envolveu no atropelamento da jovem, em Pacaembu (Foto: Cedida/Polícia Civil)

    O agente penitenciário, de 29 anos, morador de Irapuru, que estava preso desde esta quinta-feira (8) em Adamantina, confessou à Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (9), por volta das 10h, que atropelou a adolescente Ana Clara Zorneck, de 16 anos, na madrugada do dia 25 de dezembro, no Jardim Esplanada, em Pacaembu.
    Segundo o delegado André Eustáquio da Fonseca, responsável pelo caso, o homem disse que se distraiu ao mexer no rádio, quando percebeu ter atropelado alguém.
    “Ele confirmou que estava dirigindo o veículo na hora e que ele realmente causou o atropelamento. Ele informou que no momento não sabia se havia atropelado um homem ou uma mulher, mas ele viu que atropelou alguém e que se distraiu ao mexer no rádio do carro”, contou o delegado ao iFronteira.
    De acordo com Fonseca, o homem fugiu sem prestar socorro à vítima por medo de represália. “Ele disse que não parou porque ficou transtornado com a situação e ficou com medo de ser agredido, se parasse o veículo”, afirmou.
    'Abalado'
    Durante o depoimento, que durou cerca de uma hora, o agente penitenciário ainda se mostrou emocionalmente abalado com o caso. “Ele ainda está abalado e disse que não teve a intenção de atropelar a jovem”, destacou Fonseca ao iFronteira.
    A Polícia Civil, que também já ouviu as testemunhas, ainda aguarda o resultado de exames periciais, entre eles o de DNA feito a partir de um tufo de cabelo encontrado no para-brisa de um veículo VW Gol, que atropelou a estudante e, em seguida, capotou na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, para concluir o caso. O veículo era dirigido pelo agente penitenciário.
    “Pouco depois do acidente, ainda transtornado com o atropelamento da jovem, ele perdeu o controle da direção e capotou o veículo na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, próximo ao Cemitério Municipal de Pacaembu”, ressaltou Fonseca.
    Esconderijo
    Ainda conforme o delegado, o agente penitenciário ficou escondido em uma propriedade rural não habitada, em Irapuru. “Ele informou que ficou todo esse tempo escondido em uma chácara abandonada, isolada, em uma área rural, localizada em Irapuru, e que seu pai que o levou para lá”, disse ao iFronteira.
    Após o depoimento, o agente penitenciário foi indiciado por homicídio qualificado e responderá preso, por conta do mandado de prisão temporária expedido contra ele, que tem duração de 30 dias, que começou a ser contado nesta quinta-feira (8).

    ResponderExcluir
  4. Esse filho da puta tem que apodrecer na cadeia!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fala merda não seu asno, vc nem sabe o que realmente houve.

      Excluir
    2. coitado isso é uma ofensa ao asno....filho da puta é vc idiota..que julga os outros sem saber...pena pela garota e como deve esta se sentindo o rapaz....isso pode acontecer com qualquer um ....cuidado antes de sair julgando os outros pra estar do outro lado é um pulo ou vc se acha acima de qualquer coisa...vc é melhor que os outros.....a moça tem familia e o rapaz também.....quem conhece ele sabe que ele não é um mal rapaz espero seu asno que numca aconteça na sua familia ou com vc..pimenta nos olhos dos outros é refresco....coloca seu rabo de molho amanha pode ser vc idiotaaaaaaa

      Excluir
  5. Saui D.O sobre entrega de documentos e exames para pericia de 122 ASPs, jenis divulga ai.10/01/2015.

    ResponderExcluir
  6. Ele um tempo antes queria q a jovem entrasse no carro qria ficar com ela a todo custo e ...ele estava embriagado quando viu o rodinha de amigos e quando avistou a jovem jogou o carro pra cima e a jovem vendo aquilo ainda tirou outras pessoas do caminho empurrando as e assim a mesma foi atropelada...o condutor evadiu se do local pelo fato de estar embriagado mas bai contava com um capotamento...e q policia civil descobriria pela placa quem era o proprietario e nem imaginava q a policia o buscaria no servico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. parabéns vc tava la hum viu tudo sabichão....o rapaz ja foi condenado coitado..sinto pela jovem e esse ja ta crucificado....

      Excluir
  7. por ser um agente da lei e ter conhecimento dela esse agente vai ter que esclarecer muita coisa.história muito estranha no meu ponto de vista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem conhecimento da lei? So a escolinha da Sap não passa conhecimento de lei

      Excluir
    2. NINGUEM PODE ALEGAR DESCONHECIMENTO DE LEI!

      Excluir
  8. Me desculpe mas já tive um parente atropelado. E a história é a mesma fugi do local para não ser agredido e bla bla bla.
    mas por que aí invés de de esconder não foi direto para a delegacia só tem uma coisa a se imaginar o indivíduo só poderia estar alcoolizado. Assim ele foge do flagrante e do exame de sangue para averiguar a quantidade de álcool no sangue. Me desculpe mas é o mesmo que aconteceu com o cara que atropelou meu parente. O mundo é foda espertos né. Espero que a justiça faça a sua parte sem puxar para nenhum lado.

    ResponderExcluir
  9. infelizmente e um covarde, por nao prestar socorro a menina, ainda em uma cidadizinha pequena q todos se conhecem, com certeza fugiu porque e covarde. e colega mas nao tenho do pela atitude do mesmo, tem que pagar pelo feito

    ResponderExcluir
  10. Acidentes acontecem, talvez se o colega tivesse permanecido no local e pelo menos solicitado socorro, possivelmente estaria respondendo por homicídio culposo em liberdade.

    ResponderExcluir
  11. Ele so nao contava com o capotamento como castigo por fugir do local.........e que a civil ia trabalhar no caso efoi buscar ele no trampo...que vergonha.......

    ResponderExcluir
  12. ONDE ELE TRABALHA? QUAL PENITENCIÁRIA ?

    ResponderExcluir
  13. Esse ASP e o budoia qu
    e trabalha em irapuru e trabalhava na p2 de Hortolândia?

    ResponderExcluir
  14. olha se for verdade que esse asp estava assediando a garota e estava embriagado por isso não prestou socorro, e jogou o carro encima da menina,esse cara tem que pagar grande.no minimo 20 anos de cadeia

    ResponderExcluir
  15. SE A MÃE DELE FOSSE CASSADA COM EIKE BATISTA COMO O CASO THOR, NÃO DARIA NADA MAS COMO ELE É UM ASSALARIADO COMO NOS, E PIOR PODE TER COMPROMETIMENTO MENTAL POR TRABALHAR NA CADEIA VAI SEGURAR O B.O. E O NABO É GDE

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.