quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Presos rebelados fazem reféns na Penitenciária de Junqueirópolis-SP.


Fonte: Ifronteira.


Presos rebelados fazem reféns na penitenciária de Junqueirópolis
De acordo com a Polícia Militar, cerca de 400 detentos decidiram tomar outros raios da unidade e se dirigiram para a laje para chamar a atenção para as negociações
Do iFronteira

Com capacidade para abrigar 873 presos, a penitenciária de Junqueirópolis tem uma população atual de 1.879 detentos (Foto: Viviane Santos/Portal Regional/Cedida)
Clique na imagem para expandir.
Presos da penitenciária de Junqueirópolis iniciaram na manhã desta quinta-feira (29) uma rebelião na unidade. A informação foi confirmada pela Polícia Militar.
A PM foi comunicada da situação, via rádio, por volta das 9h30. Ainda conforme a corporação, cerca de 400 presos decidiram tomar outros raios da unidade e se dirigiram para a laje com o objetivo de chamar a atenção para iniciar as negociações.
Dois agentes penitenciários foram feitos reféns.
De acordo com informações da Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP), a penitenciária de Junqueirópolis possui uma capacidade para abrigar 873 presos, mas conta atualmente com uma população de 1.879 detentos. Isso significa uma população carcerária 115,23% acima da capacidade do presídio.
Conforme informações obtidas junto ao 25º Batalhão, que tem sede em Dracena, a Polícia Militar aumentou o efetivo na área e encaminhou a Força Tática para acompanhar a situação no presídio.
Por volta das 10h45, a Polícia Militar foi comunicada do encerramento da rebelião, com a libertação dos reféns, em Junqueirópolis. Segundo a corporação, o motim teve início a partir de uma tentativa de fuga de presos da unidade.
O Grupo de Intervenção Rápida (GIR), da SAP, foi acionado para entrar na unidade e vistoriá-la, após o fim da rebelião. O iFronteira também apurou que os reféns foram libertados sem ferimentos.
Os detentos do pavilhão 4, segundo a PM, ainda tiveram acesso aos outros pavilhões, soltando os demais presos. Os agentes reféns ficaram presos com algemas e sofreram ameaças de morte, caso reagissem, e algumas lesões nos pulsos, conforme a PM. Os diretores iniciaram negociações com um grupo de presos, obtendo êxito, e os detentos retornaram às suas celas. Não houve intervenção da Polícia Militar nas negociações nem em ações no interior do presídio. No local, o efetivo era de aproximadamente 15 policiais militares. O GIR ficou com a responsabilidade de revista do presídio.
Situação controlada
Procurada pelo iFronteira para se manifestar sobre o assunto, a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, através de sua Assessoria de Imprensa, emitiu a seguinte nota oficial:
“Na data de hoje, por volta das 9h30, houve uma tentativa de fuga de presos da Penitenciária de Junqueirópolis, a qual foi prontamente impedida, graças a atuação do excelente corpo de segurança da Unidade Penal. Em razão dessa descoberta, presos fizeram dois Agentes de Segurança Penitenciária reféns, por um período de tempo bastante curto, sendo que nenhum funcionário sofreu qualquer tipo de agressão. A situação foi controlada e o estabelecimento penal permanecerá trancado, para que seja realizada rigorosa revista, com o apoio do Grupo de Intervenção Rápida. Não se trata de motim ou de rebelião, mas sim de tentativa de fuga frustrada”.
Atualizada para acréscimo de informações.
PM foi comunicada sobre a rebelião por volta das 9h30 (Viviane Santos/Portal Regional/Cedida)



Presos rebelados fazem reféns na penitenciária de Junqueirópolis

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 400 detentos decidiram tomar outros raios da unidade e se dirigiram para a laje para chamar a atenção para as negociações

Do iFronteira
  • Com capacidade para abrigar 873 presos, a penitenciária de Junqueirópolis tem uma população atual de 1.879 detentos (Foto: Viviane Santos/Portal Regional/Cedida)
Clique na imagem para expandir.
Presos da penitenciária de Junqueirópolis iniciaram na manhã desta quinta-feira (29) uma rebelião na unidade. A informação foi confirmada pela Polícia Militar.
A PM foi comunicada da situação, via rádio, por volta das 9h30. Ainda conforme a corporação, cerca de 400 presos decidiram tomar outros raios da unidade e se dirigiram para a laje com o objetivo de chamar a atenção para iniciar as negociações.
Dois agentes penitenciários foram feitos reféns.
De acordo com informações da Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP), a penitenciária de Junqueirópolis possui uma capacidade para abrigar 873 presos, mas conta atualmente com uma população de 1.879 detentos. Isso significa uma população carcerária 115,23% acima da capacidade do presídio.
Conforme informações obtidas junto ao 25º Batalhão, que tem sede em Dracena, a Polícia Militar aumentou o efetivo na área e encaminhou a Força Tática para acompanhar a situação no presídio.
Por volta das 10h45, a Polícia Militar foi comunicada do encerramento da rebelião, com a libertação dos reféns, em Junqueirópolis. Segundo a corporação, o motim teve início a partir de uma tentativa de fuga de presos da unidade.
O Grupo de Intervenção Rápida (GIR), da SAP, foi acionado para entrar na unidade e vistoriá-la, após o fim da rebelião. O iFronteira também apurou que os reféns foram libertados sem ferimentos.
Os detentos do pavilhão 4, segundo a PM, ainda tiveram acesso aos outros pavilhões, soltando os demais presos. Os agentes reféns ficaram presos com algemas e sofreram ameaças de morte, caso reagissem, e algumas lesões nos pulsos, conforme a PM. Os diretores iniciaram negociações com um grupo de presos, obtendo êxito, e os detentos retornaram às suas celas. Não houve intervenção da Polícia Militar nas negociações nem em ações no interior do presídio. No local, o efetivo era de aproximadamente 15 policiais militares. O GIR ficou com a responsabilidade de revista do presídio.
Situação controlada
Procurada pelo iFronteira para se manifestar sobre o assunto, a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, através de sua Assessoria de Imprensa, emitiu a seguinte nota oficial:
Na data de hoje, por volta das 9h30, houve uma tentativa de fuga de presos da Penitenciária de Junqueirópolis, a qual foi prontamente impedida, graças a atuação do excelente corpo de segurança da Unidade Penal. Em razão dessa descoberta, presos fizeram dois Agentes de Segurança Penitenciária reféns, por um período de tempo bastante curto, sendo que nenhum funcionário sofreu qualquer tipo de agressão. A situação foi controlada e o estabelecimento penal permanecerá trancado, para que seja realizada rigorosa revista, com o apoio do Grupo de Intervenção Rápida. Não se trata de motim ou de rebelião, mas sim de tentativa de fuga frustrada”.
Atualizada para acréscimo de informações.
PM foi comunicada sobre a rebelião por volta das 9h30 (Viviane Santos/Portal Regional/Cedida)

45 comentários:

  1. 06 meses de tranca e sem visita seria um bom começo!

    ResponderExcluir
  2. Esse sistema é a cara de quem administra. UM LIXO.

    ResponderExcluir
  3. Kd as cadeias automatizadas?
    Tem safado que ainda fala bem do governo.

    ResponderExcluir
  4. Rebeca comédia, SAP comédia e GIR comédia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão abriu concurso no tj? Seria bom vc fazer e sair desta secretaria comédia como vc menciona, sejamos todos Unidos em prol do bem de todos os honestos do sistema!

      Excluir
    2. babaca seguro de cadeia falando mal do gir,concertesa deve estar maguado de não fazer parte deste grupo que hoje é a elite da sap.claro não querendo tirar gurda e tb aevp que tb trabalhamos juntos no gir,parabéns aos guerreiros que fizeram seu papel na penitenciaria de junqueiropoils,náo deixando estes vagabundos concretisarem o serviço,vc babaca com certesa não estava la quando os demais parceiros precisarão

      Excluir
    3. Tirar "GUARDA" !!Você é policia por acaso ?Esqueceu para que vc fez concurso meu amigo?Menos !!Respeite para ser respeitado!Não é porque ,vc esta usando uma roupa preta agora ,que vc deixou de ser ASP, muitos já passaram pelo GIR ,alguns permanecem outros não e todos com certeza voltarão para dentro de uma Penitenciária .Então devemos respeitar quem hoje esta abrindo a porta da cela e também ,quem no momento ,esta de preto para dar segurança á aquele que abre a porta da cela.

      Excluir
    4. Sinceramente ao colega que só vive criticando e ofendendo aos colegas de profissão não importa se é asp ou aevp , se pertence ao gir ou se esta realizando outras funções , deve ser uma pessoa que mesquinha , egoísta , criticas sempre são bem vindas , mas quando criticar traca junto a sua sugestão para melhorias do sistema . Parabéns aos colegas Junqueirópolis pela eficacia .

      Excluir
  5. ESSA sap TA IGUAL CARANGUEJO NÃO ANDA NEM PRA FRENTE NEM PARA TRÁS. UMA POUCA VERGONHA.

    ResponderExcluir
  6. Infelismente temos que aceitar, está falta de respeito com os funcionário, e ingolir Quetinho pois não temos quem lute por nós ...cadê o sindicatos, só lembra da gente quando quer que nos filiamos, cambada de urubu sem calidade ! Fasa por merecer a mensalidade que discota da nossa folha de paguamento, é o minimo que isperamos de vcs lute por nos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, você acabou com nosso português kkkk

      Excluir
    2. Meu Deus!!! Este cara ta lendo a carta dos "mano", totalmente analfabeto, que vergonha!

      Excluir
    3. Rapaz, como vc passou no concurso? É por isso, que a cada ano a SAP fica piór.

      Excluir
  7. Acorda molecada, cadeia é isso aí, se o guarda vacilar o vagabundo tenta fugir mesmo, guentar o funça para não sofrer represálias é assim mesmo, por DEUS os colegas não sofreram ferimentos, tem muito leão de face que na hora do vamos ver se transforma em gatinho, não vacilem, bate piso, bate grades e serviço de inteligência nas cadeias, caso contrário serão surpreendidos com a faca no pescoço, isso não é creche é "CADEIA", tem muito ASP Jóia que parece ter 20 anos de sistema, pé na grade e desacreditando o ladrão acreditando que o sistema é uma gozolândia. Entre a liberdade e a vida do funça, o preso sempre escolherá a primeira alternativa. Já fiquei de refém, ja tirei colegas feridos de dentro da cadeia e ja tirei presos mortos por diversas vezes, vivo e respiro cadeia, e "Cadeia" de vedade, defino como a um passo do inferno. QAP total barrigas verdes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí pelo menos ouvimos alguem ciente como eu de como é cadeia ou seja o barato é cadeia e não PARQUE DA XUXA vacilou o cachimbo cai.Isso que vc disse é pura realidade tem muita gente que esta trampando na cadeia achando que é firma bateu o sinal para tudo e ja era.Só quem ja viu o coro come como nós é que da valor para a seriedade dentro das muralhas porque muitos entram e ficam olhando para o calendario pra marcar as trocas.

      Excluir
  8. Precisou da PM?? Cadê o GIR? comédia!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo jeito vc nem leu a reportagem por ser vagabundo! Quem adentrou a Unidade para auxiliar a revista foi o GIR! Vc deve ser mais um ASP vagabundo que não conseguiu fazer parte do grupo! Não faço parte por opção, pois com certeza seria aceito sem problemas!

      Excluir
    2. Amigo das 01h41, vamos nos respeitar, tem tanta coisa pra gente se preocupar, Deus te abençoe e tenha paciência com seu próximo

      Excluir
  9. um funcionario se ferriu pulando do raio 4, para fugir do ladrão.

    ResponderExcluir
  10. è o sistema totalmente corrompido...obsoleto....Secretaria serve apenas como gabine de emprego...Funcionário despreparados,desmotivado...sem nenhuma perspectiva de melhora,apenas esperando o pior...O funcionário vai pro serviço apenas pra cumprir o horário sem nenhum comprometimento...Isso porque a SAP quiz assim,ou seja,a sap tira toda auto-estima servidor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A culpa é também dos diretores mal preparados que não visam o bem estar dos servidores das unidades que coordenam. Se prendem a coisas fúteis e levam qualquer ação do corpo funcional para o lado pessoal. A tendência é o caos.

      Excluir
  11. è o sistema totalmente corrompido...obsoleto....Secretaria serve apenas como gabine de emprego...Funcionário despreparados,desmotivado...sem nenhuma perspectiva de melhora,apenas esperando o pior...O funcionário vai pro serviço apenas pra cumprir o horário sem nenhum comprometimento...Isso porque a SAP quiz assim,ou seja,a sap tira toda auto-estima servidor...

    ResponderExcluir
  12. PIADA, O SISTEMA É A CARA DO GOVERNADOR ........ TOTALMENTE INUTIL E IRRESPONSAVEL.

    ResponderExcluir
  13. O cerne da questão é a incompetência da sap com esses cargos de diretoria por indicação, muita politicagem tem gente vendendo a alma ao diabo para segurar o cargo.

    ResponderExcluir
  14. Pelo andar da carruagem não querem dar nem15 dias de tranca, pois afirmam que não foi motin nem rebelião, mas sim, tentativa de fuga frustrada, pode isso!!!

    ResponderExcluir
  15. Engraçado, ninguem falou sobre a rebelião.

    ResponderExcluir
  16. Uma vergonha é os DG´s das unidades não fornecerem uma alimentação decente para os funcionários do GIR, que estão lá e não ganham nada mais para isso. Alguns fornecem pão seco e água, outros pão com queijo zuado,e tem aqueles que não fornecem nada. Queria só saber, se eles conhecem o provérbio que “saco vazio não para em pé!!”
    E o coordenador então!!!! Nem uma palavra de incentivo e agradecimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso que digo que muitos deixaram o GIR de lado, ou desistiram ,por total falta de apoio e por panelas e privilégios que são dados para alguns "amigos "dentro do Grupo.

      Excluir
  17. Junqueiropolis é automatizada, agora imagina o resto que não é. Merecemos tapete vermelho pra sair da cadeia, e invés disso somos tirado por diretoria e funça de setorzinho

    ResponderExcluir
  18. que legal !!!... para os bandidis.

    ResponderExcluir
  19. Foi uma tentativa de fuga frustrada graças a agilidade e coragem do ASP que saltou de cima do pavilhão IV, e assim dando alerta da situação, também se deve esquecer do excelente trabalho do grupo de AEVPs que agiram prontamente com grande eficácia e evitando o pior, devendo ressaltar a presteza da diretoria e do DG que conseguiu negociar a situação em apenas 40 minutos e liberar os reféns são e salvos, mas o que mais chamou atenção foi a união de todo corpo funcional que em apenas poucos minutos, apareceram prontamente na unidade para prestar apoio aos companheiros e ajudar na Blitz junto com o Gir, vieram ASPs de folga, de férias, de licença prêmio e até ASP de licença loko apareceu pra ajudar, isso mostra que apesar de todas as dificuldades e adversidades pelas quais, quando queremos nós fazermos a diferença, mas só ajuda mesmo aqueles que aproveitam de um momento difícil destes para fazerem críticas inoportunas, maldosas e mentirosas, pois estes são apenas carniceiros da desgraça alheia, que vivem plantado o ódio, o rancor e a discórdia e não respeitam nem mesmo o sofrimento e a dor dos companheiros que passaram pela situação, mas Deus é maior que tudo e com certeza será justo com aqueles que são verdadeiramente corretos, pois na situação que se encontra o sistema prisional no momento, só Deus e verdadeiros homens de bem e de caráter para nos ajudar !!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo das 12h03 sabias palavras é disso que precisamos de reconhecimento, começando entre nós!!! A Sap possui homens de honra, união nas adversidades, mesmo com todas as mazelas me sinto orgulhoso pelos companheiros que tenho!

      Excluir
    2. Mentira ... fala dos dois portões que estavam abertos na gaiola e os "faxinas" renderam os ASPs. Não adianta automatizar e etc se a mentalidade for aquela de "tirar as 12 horas".

      Excluir
  20. CORDENADORIA DA OESTE PODE TER UMA RESPOSTA SIM COMO TRANCA E SEM VISITA, AGORA AQUI NA NOROESTE TA MAIONESE DE TUDO.....DIRETORES TANGA FROUXA

    ResponderExcluir
  21. Lamento o ocorrido,se fosse na pII de Serra azul,o negocio tinha ficado bem mais feio,pois muitas mulheres trabalham lá dentro, professoras,medica,enfermeiras,onde não tem segurança nenhuma, lá a diretoria ameaça funcionários para deixarem os presos passeando na radial,vc olhando pensa é uma industria, de tantos presos na radial,se agente bate de frente somos perseguidos, outra coisa fizeram uma saída de emergência no fundo da cadeia, só q é trancada com cadeado por fora,como q acontecer uma rebelião, por onde sairemos,só Jesus por nós, olha a mentalidade dessa diretoria incompetente, q só sabe perseguir funcionário.



    ResponderExcluir
  22. Tudo a mesma comédia aqui em Itai também falaram que foi tentativa de fuga, mas não foi nada disso, a cadeia virou trancada e a SAP soltou notinha na imprensa alegando que foi tentativa de fuga como sempre a SAP maquiando as ocorrencias.....

    ResponderExcluir
  23. ENQUANTO ISSO.... O SINDASP ANUNCIA QUE A FALHA FOI POR SER UMA CADEIA MECANIZADA E NÃO AUTOMATIZADA, NÃO CONHEÇO A UNIDADE EM QUESTÃO MAS CONHEÇO O SISTEMA DE MECANIZAÇÃO SIM E É EFICIENTE, A FÁBULA DA AUTOMATIZAÇÃO ONDE SE APERTA UM BOTÃO E A PORTA FECHA... QUEM TEM PORTÃO ELETRÔNICO EM CASA SABE QUE NÃO É BEM ASSIM, SEM CONTAR COM PANES CAUSADAS PELOS RATOS QUE ROEM TUDO QUANTO É FIO, TODOS SABEMOS QUE O PRESO QUANDO QUER TENTAR A FUGA NÃO EXISTE SISTEMA INFALÍVEL, O QUE TEM QUE ENDURECER E TEMOS QUE NOS UNIR POR ISSO SÃO AS PUNIÇÕES QUE ESTÃO CASA VEZ MAIS RARAS E OS DETENTOS CADA VEZ MAIS OUSADOS, A TRANCA EM PINHEIROS 2 FOI LIBERADA NA QUARTA FEIRA ÀS 14:00 HRS POR PRESSÃO E EXIGÊNCIA DOS REPRESENTANTES DOS DIREITOS HUMANOS E DO PADRE EUGÊNIO AMANHÃ NÃO DUVIDO SE TIVER VISITAS NORMAIS LÁ, 3 DIAS E MEIO DE TRANCA, DOMINGO AO SEREM INFORMADAS DE QUE NÃO HAVERIA VISITAÇÃO UMA DAS FAMILIARES DISPAROU: - " PELO MENOS O FILHADAPUTA MORREU ", ELA SE REFERIA AO NOSSO IRMÃO, POIS AQUELE QUE SANGRA AO MEU LADO NO CAMPO DE BATALHA É MEU IRMÃO.
    UNIÃO JÁ DE ASPs, AEVPs, OPERACIONAIS, CAPITAL, INTERIOR, ANTIGÕES E NOVATOS, ESTAMOS TODOS NO MESMO BARCO E ELE ESTÁ AFUNDANDO...
    CI VIS PACEM PARA BELLUM!!!

    ResponderExcluir
  24. Na Pll de Serra Azul os presos vão e voltam na radial numa tremenda facilidade, se a produção da cadeia tem o único intuito de remição de pena, porquê insistir tanto em arriscar a segurança da unidade produzindo irregularmente a todo custo, cavaletes estao dentro dos raios oferecendo risco as presos e agentes, o risco nessa unidade é iminente. O produção vamos acordar vai! Do contrário os quase 30 de licença vão aumentar e a cadeia inteira vai tirar licença!

    ResponderExcluir
  25. Mais façam a cota mínima de vcs pelo menos, isso é motivo de reclamar sim e é justo, mais tem muito asp cruzando os braços, vamos trabalhar

    ResponderExcluir
  26. nossa só tem recalque nos comentários

    ninguém presta na Sap? recalque puro.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.