segunda-feira, 16 de março de 2015

Agente Penitenciário é morto a tiros dentro de presídio no Paraná.


Esse presídio é de regime semi aberto, se não colocarem agentes armados nas torres dos presídios de regime semi aberto, a tendência é piorar com o aumento da ousadia da criminalidade.



http://g1.globo.com/pr/campos-gerais-sul/noticia/2015/03/agente-penitenciario-e-morto-tiros-em-centro-de-regime-semiaberto.html
16/03/2015 15h27 - Atualizado em 16/03/2015 19h21
Agente penitenciário é morto a tiros em centro de regime semiaberto
Crime foi em Guarapuava, no Paraná, nesta segunda-feira (16).
Segundo a Polícia Civil, cinco homens foram presos pelo crime.
Do G1 PR

Detentos se rebelaram e estão no telhado da Penitenciária Industrial de Guarapuava, no Paraná (Foto: Graziela Castilho/RPC TV)
Centro fica anexo à Penitenciária
(Foto: Graziela Castilho/RPC)
Dois homens invadiram o Centro de Regime Semiaberto de Guarapuava (Crag), na região central do Paraná, e mataram um agente penitenciário de 31 anos. O crime foi na madrugada desta segunda-feira (16). No fim desta tarde, a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Administração Penitenciária informou que cinco homens já foram presos pelo crime.
Segundo a Polícia Civil, três agentes estavam descansando no alojamento do Crag, que fica em prédio anexo à Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG), quando dois homens armados invadiram o local. Dois agentes saíram correndo. O terceiro, que estava sentando em um sofá, levou um tiro na cabeça e dois nos ombros, morrendo no local.
Conforme a delegada Tany Razera, a motivação do crime ainda é desconhecida. Ela afirma que três suspeitos foram presos em flagrante ainda de madrugada. Outros dois foram presos durante o dia. Entre os suspeitos, há ex-presidiários, segundo a delegada.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen) fechou as penitenciárias nesta segunda em protesto, porém, não há novas mobilizações previstas. Conforme a vice-presidente do sindicato, Petruska Sviercoski, o Sindarspen espera uma manifestação da Secretaria Estadual da Segurança Pública e Administração Carcerária. “O que fizeram foi uma afronta contra o Estado, não só contra os agentes penitenciários. É preciso melhorar a segurança desses trabalhadores”, considera.
O secretário Fernando Francisquini deu entrevista coletiva nesta tarde e lamentou a morte do agente penitenciário. O corpo do agente penitenciário foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Guarapuava e está sendo levado, nesta tarde, para a cidade de Botucatu (SP), onde será sepultado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.