quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Preso em Campinas suspeito de ataques contra agentes penitenciários, segundo o G1.

Fonte: G1

09/12/2015 11h21 - Atualizado em 09/12/2015 11h21
Preso em Campinas suspeito de ataques contra agentes penitenciários
Baep Campinas fez a prisão na manhã desta quarta-feira na Vila Georgina.
Uma das vítimas morreu; os dois casos foram registrados em julho.
Do G1 Campinas e Região

Agente penitenciário de Campinas foi morto quando
retornava para casa (Foto: Luciano Machado/EPTV)
Policiais do Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar de Campinas (Baep) prenderam na manhã desta quarta-feira (9) um suspeito de participar da tentativa de homicídio de um agente penitenciário e da morte de outro. Os dois casos ocorreram em julho deste ano.
A prisão ocorreu em uma residência da Vila Georgina, região Sul de Campinas (SP). O suspeito, de 33 anos, era foragido da Justiça e cumpria pena por roubo e receptação.
Os casos
Os casos de ataques a agentes penitenciários ocorreram em julho. Rodrigo Barella, de 33 anos, foi assassinado por volta das 19h do dia 16 de julho. Ele deixava o trabalho no Centro de Detenção Provisória de Campinas (CDP) pela Rodovia Anhanguera (SP-330) e foi abordado e alvejado quando acessava a alça de acesso para a Rodovia Dom Pedro I (SP-065).
Uma semana antes deste ataque, outro profissional foi vítima de ataque. Uma agente de Hortolândia (SP) levou um tiro nas costas quando passava pelo Jardim Adelaide. Ele foi alvo de dez disparos, mas foi socorrido a tempo.

Um comentário:

  1. Alguém saberia dizer o nome desse vagabundo que foi preso e em qual unidade ele se encontra !

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.