quarta-feira, 14 de setembro de 2016

A CUT que virou um RATO em 2002, voltará a ser pelo menos um LEÃO sem JUBA?

A CUT que foi criada pelas mesmas pessoas que criaram o PT, quando o PT passou a ser governo, as principais manifestações da CUT eram aplaudir LULA e Cia. nos dias do trabalho, ou seja, todo ano no dia 1º de maio.

A CUT que até o ano de 2002 era um LEÃO com uma JUBA enorme, passou a ser um RATO durante o governo petista, será que agora voltará a ser pelo menos um LEÃO sem JUBA?

É possível que muitos Cutistas que mamavam no governo do país, agora até deixarão a luta de classe, se é que eles algum dia lutaram, que façam isso, que deixem espaço para os que querem luta de verdade.

Acredito que ela possa ter um papel fundamental em prol dos trabalhadores a partir do momento que o PT não é mais governo, o que você acha?

15 comentários:

  1. Sindicatos (Sifuspesp, Sindasp) inúteis!!!!
    Não servem para absolutamente nada
    Que fechem essa merda, será melhor!
    Quem paga isto joga dinheiro fora!

    ResponderExcluir
  2. E o que dizer da FARSA SINDICAL do Paulinho ( SOLIDARIEDADE) que quer cortar direito dos trabalhadores.A FORCA como também é conhecida é ligada ao sindicato do RATOLFO e ao SINDESPE. Pessoal o Paulinho votou contra a cassação do Cunha ontem, pesquisem na CARTA CAPITAL, TIJOLAÇO, VIOMUNDO, BRASIL247, PORTAL VERMELHO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulinho da Força e mais nove são condenados por improbidade
      Publicado por Ministério Público Federal há 6 anos


      O deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, e mais nove pessoas foram condenadas por improbidade administrativa pela Justiça Federal de Ourinhos. Ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal em Ourinhos acusa os dez e mais três pessoas de ter obtido R$ 3 milhões do Banco da Terra, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, para assentar 72 famílias numa fazenda de 302 hectares, um projeto considerado inviável técnica e economicamente.

      Com o dinheiro do Banco da Terra, em cujo conselho tinha assento a Força Sindical, em 2001, Paulinho, seu assessor João Pedro de Moura, o então prefeito de Piraju, Maurício de Oliveira Pinterich, que acumulava a presidência da Associação dos Municípios do Vale do Paranapanema (Amvapa), com a colaboração dos peritos Milton Camolesi de Almeida e Anísio Silva, que superavaliaram o terreno, adquiriram dos irmãos Joaquim Fernandes Zuniga e Affonso Fernandes Suniga, a Fazenda Ceres, por R$ 2,3 milhões, o equivalente a R$ 3.105,62 por hectare.

      No processo, a Fazenda foi avaliada por um perito judicial em R$ 2.008,26 o hectare, num total de R$ 1.320.925,00.

      Para viabilizar o assentamento, previsto no Programa de Reordenação Fundiária (PRF), que tinha a Força Sindical como unidade técnica responsável, os dirigentes da central sindical e da Amvapa induziram que trabalhadores rurais formassem a Associação de Agricultores Familiares Força da Terra de Piraju, com 72 famílias. A associação foi formada após uma palestra de dois secretários municipais de Piraju, ocorrida às vésperas do fechamento do negócio, em 10 de dezembro de 2000. A maioria de seus integrantes eram agricultores pobres e com baixa instrução.

      A perícia provou que cerca de 50% dos 302 alqueires da fazenda se encontram em uma área de preservação permanente, que não pode ser explorada. A perícia judicial provou ainda que apenas 17,10% das terras eram cultiváveis, ainda sim com restrições de uso, pois o terreno era ondulado e também ocupado por uma pedreira. O projeto desrespeitou ainda as normas do Fundo de Terras (Banco da Terra) e do Incra pois, uma vez loteado em 72 parcelas, os terrenos ficariam menores que o suficiente para serem economicamente sustentáveis.
      A Justiça Federal, entretanto, recusou o pedido do MPF para que Paulinho fosse condenado à perda da função pública e tivesse os direitos políticos suspensos, o que acarretaria no mesmo resultado. Para o juiz Batista Machado, tal pena não se torna proporcional, pois o deputado atuou no negócio como presidente da Força Sindical e não como parlamentar.(...)


      Os procuradores da República Célio Vieira da Silva e Svamer Adriano Cordeiro, que atuam no caso, afirmam que vão recorrer da decisão.

      Além da ação de improbidade administrativa (autos nº 2002.61.25.004629-3), tramita na Justiça Federal de Ourinhos, contra os mesmos réus, ação penal (autos nº 2006.61.25.003022-9) pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e falsificação de documentos. A ação penal foi desmembrada com relação a Paulinho no final de 2006, após a sua diplomação como deputado federal. O caso penal relativo a ele está no Supremo Tribunal Federal.

      Leia aqui a íntegra da sentença na ação de improbidade nº 2002.61.25.004629-3.

      Assessoria de Comunicação

      Procuradoria da República no Estado de S. Paulo

      11-3269-5068

      ascom@prsp.mpf.gov.br

      www.twitter.com/mpf_sp





      Ministério Público Federal

      Excluir
  3. E no final nos ficaremos sem funcionários, sem aumento salarial e sem as DEJEPS.
    Parabéns Sindicatos!

    ResponderExcluir
  4. INFELIZMENTE, NESTE PAIS AONDE A POLICA ESTÁ PRESENTE TUDO VIRA FARSA E CORRUPÇAO, INCLUSIVE NOS SINDICATOS QUE TRABALHA PARA QUEM PAGA MAIS. CADE O NOSSO REAJUSTE QUE ESTÁ GARANTIDO NA CONSTITUIÇAO DO BRASIL.

    ResponderExcluir
  5. E a ação do ALE?
    Ninguém falou mais nada!!
    Cadê o Sindcop?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em atenção ao anonimo das 7:58am, dei uma olhada no site tjsp-processos-bauru-nome da parte (sindcop)-proc. de 2013. Lá tá constando q. advogados tão pedindo a execução só que a juíza insiste em aguardar o transito em julgado. Boa sorte pra nós!

      Excluir
  6. ESTAMOS NUM MATO SEM CACHORRO, SOMOS UM BANDO DE NADA PEDINDO COISA ALGUMA.
    É TRISTE VER UMA CATEGORIA COMO A NOSSA ONDE NÃO HÁ UNIÃO E PIOR AINDA. CRITICADA PELOS PRÓPRIOS COLEGAS.
    QUEM PENSA QUE QUANDO O ALCKMIN SAIR SERÁ MELHOR E ASSIM TEREMOS RESPEITO E AUMENTO ???????? MENTIRA !!!! POIS O PRÓXIMO GOVERNO QUE VIR SERÁ PIOR QUE ELE POIS VIU NOSSA INÉRCIA DURANTE TODOS ESSES ANOS E COM CERTEZA IRÁ ADOTAR A MESMA BANDEIRA DE ALCKMIN.
    TENHO INVEJA DOS BANCÁRIOS POIS SUA UNIÃO É INVEJÁVEL.

    ResponderExcluir
  7. Aos colegas que trabalham no sistema, não sei se acessam o site do sifuspesp, mas se acessam verifiquem que as datas das reuniões caminham até o final do ano, por que será? Pelo meu ponto de vista estão somente iludindo os "sociotários".

    ResponderExcluir
  8. Temos que no unir e pressionar nossos "representante" e exigir a coordenação de greve geral antes do fim de ano, pois está para vir bomba para nossa categoria.

    ResponderExcluir
  9. A CUT SEMPRE FOI PELEGO DO PT.
    SEMPRE SERÁ UMA NINHADA QUE NUNCA TRABALHOU.

    ResponderExcluir
  10. enquanto houver desvio de função , nossa classe será isso ,até quando vamos ver o plantão desfalcado sem funcionários e mesmo assim , tem guarda saindo 5e 30 da manha para fazer trabalho de motorista de acompanhante de preso em hospital em forum. até quando vai ser assim e esses bonde que não param quem paga todo esse combustível se eu ficar escrevendo tudo que eu vejo vou ficar uns 3 dias qui

    ResponderExcluir
  11. genis o imposto sindical vai acabar com as reformas?

    ResponderExcluir
  12. CUT Central que Usa o Trabalhador

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.