quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Detentos fazem Agentes Penitenciários reféns durante motim em Sorocaba.


Fonte: Sifuspesp

Detentos fazem ASPs reféns durante motim em Sorocaba

Quatro funcionários foram mantidos reféns e sofreram ameaças de morte de dois presos durante um motim na Penitenciária I de Sorocaba, ocorrida na segunda-feira, 24/10.



Os diretores do SIFUSPESP Adriano Rodrigues dos Santos e Fábio Jabá, e o coordenador da regional do sindicato em Sorocaba, Geraldo Arruda, estiveram nesta quarta-feira na unidade para conversar com funcionários e com o diretor da P1 sobre o caso.



O motim ocorreu quando os quatro ASPs retiravam um dos presos, que estava em um pavilhão disciplinar, onde convivia com outro sentenciado.



Armados com facas caseiras e cacos de vidro, eles renderam dois funcionários e ameaçaram os servidores de morte caso os outros dois ASPs não permitissem seu contato com os demais detentos.



A situação só foi controlada após a ação da Célula de Intervenção Rápida(CIR). O SIFUSPESP solicitou que os detentos sejam encaminhados ao Regime Disciplinar Diferenciado(RDD).


O SIFUSPESP orientou os servidores a fazer o Boletim de Ocorrência e a Notificação de Acidente de Trabalho(NAT), além de oferecer amparo jurídico da entidade a todos os agentes envolvidos no caso, mesmo os que não são filiados ao sindicato.

Penitenciária tem superlotação e déficit de funcionários

A P1 de Sorocaba é uma das unidades mais antigas do Estado de São Paulo, tendo completado 40 anos no último domingo. A capacidade da penitenciária é de 281 presos no regime fechado, mas ela comporta 680.

Segundo o SIFUSPESP, a unidade sofre com a falta de servidores, tendo como uma das motivações principais desse déficit a aposentadoria recente de muitos dos ASPs que trabalham na penitenciária.

O sindicato exige novas nomeações de funcionários, que poderiam ser oriundos das vagas remanescentes nos candidatos aprovados no concurso público feito em 2013. O SIFUSPESP também requer a automação da unidade com o objetivo de aumentar a segurança dos servidores.

34 comentários:

  1. Essa cadeia é de seguro, não é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa cadeia é lá no bairro do Mineirão, PI de Sorocaba! Vc é asp?? Tá por fora!

      Excluir
    2. não é de preso como a que vc trabalha...

      Excluir
  2. É pra acabar mesmo, dois presos conseguiram guentar 4 guardas de reféns, foi isso mesmo !!! Então ninguém algemou o preso pela boqueta antes de tirar o ladrão da cela de disciplina, ninguêm levou as tonfas e depois de algemado travaram ele na porta para revista, ninguêm mandou o outro ladrão ir pro fundo da cela na hora da movimentação e ficou no qap !!! Quanta falta de preparo meus amigos, mas vamo que vamo, quem sabe na proxima voces ficam ligeiros e tomam algumas das medidas citadas acima... Boa Sorte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKK vejam isso no site da sap:
      "Penitenciária I de Sorocaba desenvolve projeto de combate à violência e ao preconceito LGBT"

      "Encontros quinzenais entre servidores e sentenciados promove educação inclusiva aos LGBTs" ... "E-N-C-O-N-T-R-O-S!"

      leiam e tirem suas próprias conclusões.

      Excluir
    2. vc trabalha na ilha da fantasia? pulição

      Excluir
    3. Vc é o maior comédia que já vi nestes últimos tempos neste blog, fica tecendo comentarios baseados em instrucao que provavelmente viu em algum livrinho de normas por ai, creio que nem asp vc e, procure se orientar antes de criticar os colegas seu peixe.

      Excluir
    4. Que legal cara, vcs fazem isso na sua unidade? Algema o presinho, manda o outro ir pro fundo da cela... Bacana! Vc poderia ser o disciplina na minha unidade. Só teria que descer com um pouco mais de algema pq as celas tem 20/23 presinhos (mas tá tranquilo pq tem unidades com mais!) Vc que é o fodão ia tirar de letra, né?! Boa sorte aos colegas aí que ficaram reféns! Abç!

      Excluir
    5. Caro anónimo a única diferença deste comentário e o fato de ser feito por mim de forma transparente, e não de forma anônima, diante disso continuo reiterando que antes de postar um comentário de crítica de algum colega de trabalho, ou de algum fato se deve se orientar para se fazer um prejulgamento querendo ser o promotor e o juiz de forma antecipada, e já dando uma sentença aos colegas dessa situação.

      Excluir
    6. Concordo com vc edson. Na verdade o comentário das 7:40:00 estava direcionado ao anônimo fodao das 12:43:00 pm do dia 27 e não a vc.Abç!

      Excluir
    7. Achar demais a movimentação de presos ser com algemas? A movimentação não ser um a um? Faca e caco de vidro no RCD? Esse DNSD deve rever as normas de segurança de sua unidade; se não tem condições de fazer com segurança não faça. Pare um pouco de olhar só o Pró Labore.

      Excluir
    8. Quatro amadores feitos reféns e mais um punhado defendendo eles. É uma pena não sermos regidos pela CLT; esses erros infantis e essa corja de vagabundos que prolifera na SAP(em todos os setores)seriam punidos com um belo pé-na-bunda.

      Excluir
  3. Chegou pra mim a informação que ate o disciplina ficou guentado junto com os ASP's... foda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse diciplina comedia tem k sair fora.

      Excluir
  4. SERA QUE SÓ O SR. GERALDO ALCKIMIN NÃO VÊ A NECESSIDADE DE NOVAS CONTRATAÇÕES, ESTA ESPERANDO ALGUMA MORTE DE FUNCIONÁRIO? OU COISA AINDA PIOR?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. coisa pior para o careca e` aumento salarial para funcion. condicoes de trabalho. numero correto de func. isso sim `e o pior pra ele

      Excluir
    2. AHHHHHHHHHH O GOVERNADOR ESTÁ SUPER PREOCUPADO.
      AHHH TÁ!

      Excluir
  5. UNIDADE DE DESTINO: CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA ASP PAULO GILBERTO DE ARAÚJO DE CHÁCARA BELÉM
    Data Base: 17/10/2016
    Classificação Protocolo Nome RG Data Cadastro
    1 3381 ASMAHAN OBEID 163909416 7/2/2007 17:25:39


    Essa Asmahan se aposentou ja tem uns 5 anos.
    Brincadeira essa sap, como pode estar na lpt

    ResponderExcluir
  6. Alguém sabendo algum QRU de paralisação no dia 08/novembro

    ResponderExcluir
  7. O que adianta contratar se muitos colegas deixam outros na podre...braço curto dora os que metem louxo... tem que cortar insalubridadebse afastado e estado dar salario digno a nossa classe

    ResponderExcluir
  8. Possivelmente nesta Unidade os procedimentos de tranca e soltura de presos do "seguro" e "castigo" devem estar ultrapassados. Hoje em dia, não dá mais pra se tirar presos desses locais sem o uso de algemas, de um em um, com o apoio de mais servidores e etc. Quanto a falta de ASP por excesso de aposentadorias .... ufa !!! estão conseguindo se aposentar. PARABENS AOS GUERREIROS E BOA SORTE AOS QUE FICARAM DE REFEM.

    ResponderExcluir
  9. Resposta ao amigo Edson José de Oliveira que publicou acima um comentário que confesso não ter entendido.
    Como assim o meu comentário é baseado em algum livrinho de normas que eu tenha lido !!! E quanto a sua pergunta se sou Asp ! Primeiro sou Asp sim e com muito orgulho e profissionalismo, quanto ao livrinho que comentou, são no mínimo noções básicas de como proceder em casos de movimentação de presos, ainda mais presos da ala disciplinar, Posso te garantir que é assim que trabalhamos na nossa unidade e por isso desde que estou na unidade nenhum guarda ficou de refem, talvez se você ou os colegas tivessem lido o mesmo " livrinho " que eu, garanto que não teriam ficado de refém. Só pra reforçar, Preso em movimentação é sempre algemado, remoção algemas nas mãos e nos pés, tá achando exagero, tá ai mais um exemplo de quem vem brincar na cadeia, quer pagar de antigão e não sabe em algemar o ladrão, quer pagar de que sabe trabalhar certinho, vem pro interior que você aprende, aqui não têm comédia que fica alisando vagabundo não, aqui é sim senhor e não senhor, tá ruim !!! nada está tão ruim que não possa piorar, esse é nosso lema. Boa sorte na próxima seu " peixe ". Tá de chapéu atolado até o pescoço meu amigo......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está certíssimo. Não adianta chamar quem reprovou as atitudes tomadas na questão de "choques". Com a quantidade de atendimentos que existe se não tomarmos as medidas de segurança no mínimo básicas, seremos reféns constantes.

      Excluir
  10. A situação foi a seguinte: Eles(casal de homossexuais) queriam retornar ao raio(tinham acabado de sair de um castigo de 30 dias),pois queriam acertar contas (matar) com outro detentos, como isso lhes foi negado, na hora da tranca eles entraram em luta corporal com os 4 funcionários e os tomaram como reféns, a coisa toda durou cerca de 40 minutos, um dos presos é de altísssima periculosidade e não era para estar na P1.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Altíssima periculosidade???

      Casal homossexual???

      Manda p tupi, Prudente, Andradina...

      Pois em Laus2, Avaré, Mira1, Valparalixo, etc... esses caras nem entram...

      É o poste mijando no cachorro.

      Excluir
  11. Amigos, todos desejamos a mesma coisa e devemos lutar pelo mesmo ideal. Tenho ctz que o amigo concorda com o Edson que de haver "sim " procedimentos para determinadas situações, no entanto, cada unidade vive uma realidade, principalmente por culpa dos dirigentes, ate pq verba, servidores e presos quase todas estão empatadas, porém existem dirigentes que conseguem se unir com os agentes e aplicar o que está escrito e outros nem chegam perto disso e para estas unidades ha realmente um sentimento de que td está perdido e nao ha oq possa mudar esta unidade pq nada funciona.
    Respeito esses colegas, pois estão em péssimas condições de trabalho.
    Mas a todos os colegas eu posso afirmar, é possível mudar sim!!
    Ja vi acontecer algumas vezes.
    Abraços a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Temos q parar de brigar entre nós. O procedimento do livro tá correto mas nós achamos q temos, e de fato temos, q fazer o serviço e vamos lá e fazemos. Fazemos muitas vezes colocando nossa segurança de lado. Qtas vezes li, aqui mesmo nesse site, o caso de dejeps q ficam na administração ou na frente da chefia enqto o fundão fica com um só guarda. Temos q parar d brigar e nos unir pra fazer a coisa certa. Se nós não cuidarmos d nossa segurança, amanhã é outro d nós q morre e deixa esposa, ou marido, ou pai ou mãe, irmão, enfim... chorando. Vamos usar este espaço pra falar d nossa realidade, sempre tratando com respeito os colegas, independentemente de acharmos q agiram da forma correta ou incorreta (dá, no máximo, pra dizer como agimos na nossa unidade, sem ficarmos fazendo juízo de valor sobre como eles agiram na unidade deles). União sempre! Abç a todos!

      Excluir
  12. Aprender no interior, kkkk. Esses guentos são todos no interior, ou Sorocaba é capital e eu não estou sabendo.

    ResponderExcluir
  13. Parabéns aos agentes penitenciários do DF.Organizaram uma greve e estão segurando legal.Tomara que consigam ter atendidos todos os seus direitos.

    ResponderExcluir
  14. Jenis vc não tem informação sopre o companheiro que foi encontrado na estrada canta Inês com um tiro no pescoço se é asp ou aevp.

    ResponderExcluir
  15. As vezes me sinto envergonhado em fazer parte de uma classe como essa, onde só se vê ASP falando mal de ASP, ASP querendo ser mais que o outro, ASP falando gíria igual preso!

    ResponderExcluir
  16. Asp é uma profissão que enxergamos tudo que acontece de errado na carreira :policia militar,policia cívil e judiciária... Quanta merda profissionais dessas áreas fazem , porém, só nós asp conseguimos ver isso,provavelmente porquê trancamos 90 por cento de sem teto e passa fome.ladräo,traficante , estelionatário e assassinos esses estão em falta na carceragem... políticos corruptos esses eu nunca vi. Resumindo o velho ditado popular,cadeia só serve para :Pobre,preto favelado e prostitutas.

    ResponderExcluir
  17. RDD nesses dois. Isso não pode passar em branco. O ASP tem que ser respeitado.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.