terça-feira, 18 de outubro de 2016

Diretor de presídio paulista tenta entrar com celulares para os presos e é flagrado


Infelizmente, se for verdade, é mais um que vai para o outro lado, trabalhei no mesmo presídio (CPP Mongaguá) de 2004 a 2006 que esse diretor, nunca desconfiei do mesmo e acredito que ninguém desconfiava, lembro que ele era diretor de núcleo, agora estava como diretor de centro de educação e trabalho.

Se ele sempre fez se, mpre isso, deve estar milionário nem vai ligar para exoneração e sempre colocou nossa vida em risco, por isso, repito se for verdade tem que mofar na cadeia.

Como muitos colegas que trabalham nessa unidade me disseram que é verdade, acabo de desfazer a "amizade" que tenho com o mesmo no facebook.,

Nunca foi meu amigo, apenas colega de trabalho...Mas se fosse, seria postado da mesma forma.


Fonte:
http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2016/10/diretor-de-semiaberto-tenta-entrar-com-celulares-para-os-presos-e-e-flagrado.html




18/10/2016 14h18 - Atualizado em 18/10/2016 15h38
Diretor de presídio tenta entrar com celulares para os presos e é flagrado
Ele alegou que foi ameaçado por um dos presos.
Segundo a SAP, caso será investigado e servidor está sujeito à demissão.
Do G1 Santos



Penintenciária de Mongaguá, SP (Foto: Reprodução / TV Tribuna)
Penitenciária de Mongaguá, SP
(Foto: Reprodução / TV Tribuna)
O diretor do Centro de Trabalho e Educação do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Mongaguá, no litoral de São Paulo, tentou entrar no presídio com aparelhos celulares e carregadores nesta segunda-feira (17). Ele alegou que foi ameaçado pelos presos.
Segundo informações obtidas pelo G1, o diretor Sérgio Henrique Bolant Martins da Cunha tentou entrar no local com três celulares e 24 carregadores em uma pasta, por volta das 6h50.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária, o funcionário alegou que teria sido ameaçado por um preso e, por isso, tentou entrar no local com os objetos.
Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Mongaguá, e foi instaurado Procedimento Apuratório Disciplinar e Preliminar para averiguação dos fatos. O servidor está sujeito à pena de demissão do serviço público.
O CPP de Mongaguá fica no Balneário Arara Vermelha e tem uma capacidade para receber 1.640 presos - atualmente, tem 2.594. A penitenciária funciona no regime semiaberto, onde os presos podem trabalhar durante o dia e voltar a unidade prisional para dormir na cela durante a noite.

21 comentários:

  1. infelizmente esse lixo deveria estar dormindo de valete com os vagabundos, não é diferente de alguns"diretores" que corre com a malandragem para segurar o cargo.

    ResponderExcluir
  2. Ele é substituto do diretor geral, é esses tipos que os DGs confiam.

    ResponderExcluir
  3. A corrupção não é qüestão de dinheiro,mas sim de costume constitucional. (Cadeia pra ele) corrupto safado não teve berço digo educação.

    ResponderExcluir
  4. A corrupção não é questão de dinheiro, mas sim de costume constitucional.Ele não foi educado foi criado.

    ResponderExcluir
  5. Celular não pode, mas banheira pro Law 25 de março pode ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem como explicar esta história da banheira? É a segunda vez q vejo postagem falando sobre isso. Tem como dar detalhes?

      Excluir
  6. Ele não era mais substituto do Diretor geral e outra mas quem pegou foram o Disciplina, Geral, Diretor de Núcleo de Segurança e Diretor de Portaria, então antes de generalizar saiba direito a história não é por que tem um lixo que todos são, se fosse assim ele tb é ASP, Não generalize por que pegou foram 4 diretores e um asp, e quem conseguiu descobrir toda a história foi o DCSD, lixo tem em qualquer nível, tinha asp chorando de dó vê no face dele tem asp prestando apoio, apoio precisa o asp que está com problemas e nem por isso faz esquema com preso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descupe! Mas vergonha na cara e honra , não tem cargo nem porcaria de pro labore que compre. Nada justifica.

      Excluir
  7. É fácil falar em confiança depois da onça morta, ser engenheiro de obra pronta é fácil, pois confiar não quer dizer fechar os olhos, ao contrário de alguns, quando houve a suspeita foi cessada a substituição e levantado mais subsídios para pegar o mesmo em flagrante, o que aconteceu agora quanto a confiança Judas sentou na mesa com Jesus.

    ResponderExcluir
  8. Que isso companheiro?!?! Só pra saber....rsrsrs...Quem seria Jesus nessa sua historinha bonita??
    Diz aí??

    ResponderExcluir
  9. Aprendi que antes de fazer qualquer juízo das pessoas, precisamos conhecê-las. Esse conhecer é complexo, pois vemos pessoas comprometidas como a missão e de repente somos surpreendidos com um fato lastimável. A reflexão que faço; outros diretores e ASPs fizeram a sua parte a partir do momento que tomaram conhecimento do fato lastimável. Isso sim deve ser tomado como exemplo. Não importa se esteja na função ASP ou na função diretor, ambos serão tratados da mesma forma quando se perderem na missão.

    ResponderExcluir
  10. Esse lixo têm que ir pra cadeia, junto com os comparsas que aqui dentro já se encontram !!!! Vagabundo !!!!
    E procede informação da separação entre as Facções criminosas Pcc e Comando Vermelho, até mesmo dentro das cadeias estão rompendo os laços conjugais ...kkkkk

    ResponderExcluir
  11. Saiu hoje no D.O. a transferência dele como funcionário de Mongaguá para tremembé.

    ResponderExcluir
  12. Muito mi mi mi aí...quer defender...leva pra casa......o cara é safado e ja era!!
    Da licença....!!!

    ResponderExcluir
  13. vamos ver onde esse tipo de gente vai trabalhar lá em tremembé.. se brincar vai ate ficar na cimic, sindicancia, etc... tem que colocar esse tipo de gente na sub-portaria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. para premiar ele né?
      ele tem é que ir para tremembé é preso, ou no mínimo, que seja afastado enquanto não resulte a demissão do mesmo. Não tem dignidade para trabalhar como ASP.

      Excluir
    2. VOCE TA CERTO COMPANHEIRO! ELE TEM É QUE IR PRA TREMEMBÉ PRESO! VAGABUNDO DO CARALHO! "ingressar, promover, intermediar, auxiliar ou facilitar a entrada de aparelho telefônico de comunicação móvel, de rádio ou similar, sem autorização legal, em estabelecimento prisional" é crime, sujeito a pena que varia entre três meses e um ano de detenção.

      Excluir
  14. E eu na LPT para TREMEMBÉ tomo no cu né SAP, essa transferência valoriza quem não presta.

    ResponderExcluir
  15. Falou td o companheiro esperando lpt, o critério da meritocracia invertido.
    Vai entender.....
    Abraços a todos

    ResponderExcluir
  16. os presídios não precisa de aparelhos escaner para evitar a entrada de celulares e outros, o que falta é punir os responsáveis que permitiram a entrada desses equipamentos, e não é somente a perda do cargo, mas tem que responder criminalmente. do contrario nos vamos continuar ouvindo desculpas esfarrapadas igual a do Sérgio Henrique da penitenciária de São Paulo.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo. Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.