terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Governo autoriza uso das Forças Armadas em presídios pelo país


Fonte: CBN

Militares vão vasculhar penitenciárias para procurar armas, facas, celulares e outros pertences que são proibidos nas unidades. Michel Temer fez anúncio durante reunião com a cúpula da inteligência. No entanto, ainda há questão legal a ser definida
Ouça:





Por Basília Rodrigues

O governo federal autorizou, nesta terça-feira, o uso das Forças Armadas no interior de presídios do país. A decisão foi tomada por causa do avanço da crise no sistema penitenciário. Desde o início do ano, chacinas já deixaram mais de 130 detentos mortos. Os militares farão vistorias nas unidades, além de revistas de presos, à procura de armas, facas, celulares e outros objetos proibidos no interior das carceragens.

No entanto, ainda há uma questão legal a ser contornada: pela lei, homens das Forças Armadas não podem atuar no interior das unidades, apenas no entorno. Segundo o presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima, seria necessária a edição de um decreto de lei e ordem.

O anúncio foi feito pelo presidente Michel Temer após uma reunião com a cúpula da inteligência do governo federal, que envolve 15 órgãos, seis ministros e os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. O objetivo do encontro era unificar as ações contra o crime organizado. O presidente e o Ministério da Justiça já vinham sendo pressionados pelos estados para o envio de homens da Força Nacional, mas efetivo foi considerado insuficiente. Na quarta-feira, Temer tem uma reunião marcada com governadores para discutir a crise nos presídios.

REFORMA DO SISTEMA PENITENCIÁRIO

No encontro desta terça-feira, ficou decidido também que uma comissão será criada para reformar o sistema penitenciário do Brasil. Membros do Executivo, Legislativo e Judiciário, além da sociedade civil, farão parte do grupo.

O secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, afirmou à CBN, no entanto, que as Forças Armadas deviam reforçar a segurança nas fronteiras para impedir a passagem das drogas. Segundo ele, os massacres nos presídios foram motivados por brigas entre as facções criminosas pelo controle do tráfico de cocaína.

REBELIÕES JÁ DURAM 17 DIAS

As rebeliões começaram no dia 1º, no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, em Manaus (AM). Na ocasião, 56 detentos foram assassinados, Cinco dias depois, um motim na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior de Roraima, deixou 31 mortos. A chacina mais recente aconteceu no último sábado, na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior do Rio Grande do Norte. Em 2016, foram ao menos 372 assassinatos nas unidades prisionais. O número de mortes deste ano já equivale a 36% do total resgistrado no ano passado.

Em entrevista à CBN, o governador do RN, Robinson Faria, classificou os episódios como 'efeito dominó' da guerra entre facções criminosas.

19 comentários:

  1. Que piada...Kkk só se for para fazer rendição para nós agentes fazer a blitz, porque esses políciais não tem coragem de entrar em um presídio desarmados...E armados pagam de cão...kkk os agentes penitenciários que tem o legado de dominar todo esse lixo dá sociedade na inteligencia.

    ResponderExcluir
  2. Cada vez mais claro a falta de conhecimento desse governo, não tem noção de como está e como funciona esse sistema penitenciário falido por todo o País.... toda ajuda e bem vinda... governo despreparado para lidar com esse lado, sera que ele pensa que a cadeia e igual o congresso?

    ResponderExcluir
  3. ÓTIMO! CADA COISA QUE A FORÇA NACIONAL VAI ACHAR NESSES PRESÍDIOS!!! TOMARA QUE FAÇAM UM RELATÓRIO FOTOGRÁFICO DURANTE A REVISTA, PARA TRANSPARÊNCIA DESSES DESGOVERNOS ESTADUAIS.

    ResponderExcluir
  4. Pessoal acessem google: intellectus-site.com/site2/artigos/opus-dei-maconaria-catolicismo.htm

    Jenis vamos abrir um post sobre o artigo acima acho que será muito proveitoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouvi vários boatos que o "Santo"Participa dessa seita.

      Excluir
    2. Oh meu querido, não viaja...cara é sério mesmo isso...cada uma viu

      Excluir
  5. O MI SHELL TEMEROSO só não fala em tirar a droga das cadeias, aí eu quero vê o baguio fica locão.

    ResponderExcluir
  6. Assim que não for mais notícia....vai td pro ralo, até pq quem vai fiscalizar se estão ou não indo nas unidades..td blá blá blá......

    ResponderExcluir
  7. Quero ver as forças armadas metendo o pé nos ketos das visitas íntimas.

    ResponderExcluir
  8. É evidente que o Governo usou oportunamente o vácuo de informações concisas a respeito da crise carcerária e isso soou como resposta imediata aos ouvidos de uma sociedade que nunca soube, não sabe e não quer saber a parte de dentro dessa caixa de pandora que é o sistema carcerário brasileiro. Onde já se ouviu dizer que forças armadas tem algum tipo de preparo pra fazer blitz em cadeia? Procurar mocó pra encontrar celular e droga, revirar picuá de ladrão, farejar esses "bois" podres com cheiro de fezes, apalpar esses colchões cheios de tiriças, decifrar essas anotações complexas com a contabilidade do crime e sua relação com o cotidiano das facções que atuam dentro e fora dos presídios. Aqui em Suzano nós temos guardas que são verdadeiros Cães Belgas, exímios peritos em encontrar celular e drogas e algumas vezes passam desapercebidos por pequenos e minuciosos detalhes dentro de uma cela. Seria mais proveitoso o Governo usar o dinheiro que poderá vir a ser empregado nessa ação pra equipar as cadeias com detectores de metais e bloqueadores e também aumentar o salário desse que é o principal personagem de tudo isso...O AGENTE PENITENCIÁRIO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara não viaja! O Militares vão é jogar fora todos os picuás dos ladrão, colchões, tv, rádios e trapos e papéis e fotos velhas... vê lá se nesse momento a preocupação é achar celular véio, vão é dar um choque de força e comando nos presos, pegar as drogas e celulares e armas que os presos lhe entregarem nas mãos e tá ótimo. Sempre é assim, uns 50 presos apertando eles, eles entregam tudo do pavilhão, kkkk. A ação das Forças Armadas nos presídios do norte será muito diferente da dos agentes prisionais, o foco é outro, nada de celular véio e droga véia não... o objetivo é muitíssimo maior que isso, é restaurar, ou melhor colocar pela primeira vez ordem, disciplina e comando do Estado naquela zona que são os presídios do norte... pernoite de visitas nas cadeias... quando vc acha que já viu de tudo quanto é tipo de idiotice de administradores de presídio, nos deparamos com isso.

      Excluir
  9. Eles deveriam criar a policia penal, invés de colocar o exercito dentro dos presídios e olha que isto e inconstitucional . a e já tem a pec 308/2004 pois a policia penal e a solução pra crise mas eles nem tocam nesse assunto.

    ResponderExcluir
  10. Eles deveriam criar a policia penal, invés de colocar o exercito dentro dos presídios e olha que isto e inconstitucional . a e já tem a pec 308/2004 pois a policia penal e a solução pra crise mas eles nem tocam nesse assunto.

    ResponderExcluir
  11. Ainda bem ke nós temos o gir...

    ResponderExcluir
  12. Só se houve falar em Agente Penitenciário nas mídias!
    A hora de fazer algo é agora!!
    Mas cadê os sindicatos pra organizar???
    Sumiram!! Nada de falarem algo!!
    Vamos nos organizar nós mesmos!
    Uma manifestação pacífica na praça dá Se, na Paulista.. com faixas sobre o atraso de salários e etc.
    Muita gente fala, reclama, mas ninguém aceita se manifestar fazendo algo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esquece sindicato...já fizeram algo pela classe "que defendem"?
      se fizeram, me indique.

      Excluir
  13. http://www.conjur.com.br/2017-jan-17/uso-forcas-armadas-fiscalizar-presidios-inconstitucional

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.