sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Porque é difícil acreditar em reajuste salarial esse ano.

O governo Alckmin da calote no reajuste dos servidores estaduais há quase 3 anos, reajuste esse que é previsto na constituição, mas diante da crise nacional passa para o país que aqui é o estado melhor administrado do país, fala com a boca cheia que os salários dos servidores estão em dia, publicou alguns decretos citando cortes de despesas alegando a crise nacional, ontem foi publicado uma matéria do próprio governo no site oficial do estado e republicada praticamente na íntegra pelo ESTADÃO, um dos maiores jornais do país, que em 2016 o estado de São Paulo teve um superávit primário de R$1,56 bilhões, por essas e outras que acredito que dificilmente ele concederá reajuste de própria vontade.

Mas não podemos esquecer que estamos no estado que há mais de 50 anos é tido como a locomotiva da nação, então isso não é mérito desse governo e sim o resultado do trabalho de todos paulistas e de pessoas de todo o país que vieram pra esse estado com disposição para crescer e empreender, além do que, quem tem muito dinheiro nesse país investe nesse estado desde a era dos barões de café.

E nenhum desses jornais que são unha e cutícula com esse governo dizem que os servidores trabalham por dois ou trés servidores em condições precárias.

Por isso só acredito em reajuste se houver uma greve com adesão em massa dos servidores públicos de São Paulo.

Ou faremos uma GREVE gigantesca esse ano, com risco de colegas responderem PADs assim com eu e muitos colegas respondem devido a esse governo TIRANO, ou vamos aguardar um mísero reajuste em 2018, ano de eleição.

Mas tudo na vida é com sacrifício, ou vamos ver nosso salário diminuir a cada ano que passa.

Veja a matéria do ESTADÃO bajulando o Governo Alckmin.



São Paulo tem superávit primário de R$ 1,56 bi em 2016
Com muitos Estados quebrados, a administração do governador Alckmin fez questão de ressaltar que está com a folha de pagamento em dia

Por Estadão Conteúdo access_time 26 jan 2017, 19h01 chat_bubble_outline more_horiz
Geraldo Alckmin
São Paulo: em 2016, a arrecadação de ICMS somou R$ 124,549 bilhões, uma queda real de 8,4% (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
São Paulo – O governo de São Paulo teve um superávit primário de R$ 1,564 bilhão em 2016, um pouco acima da meta estipulada para o ano passado, de R$ 1,518 bilhão, segundo informou nesta quinta-feira, 26, a secretaria estadual da Fazenda.


Com muitos Estados quebrados, a administração do governador Geraldo Alckmin (PSDB) fez questão de ressaltar que está com a folha de pagamento em dia e inclusive já adiantou metade do 13º salário deste ano para servidores que fazem aniversário em janeiro.

“A política de superávits constantes, em períodos de crescimento do PIB e resultados positivos de arrecadação, assegura estrutura financeira para suportar os períodos de recessão severa, com investimentos ativos e pagamentos em dia de salários e fornecedores”, diz a secretaria da Fazenda em nota.

O órgão lista diversas ações adotadas nos últimos anos para manter as contas públicas paulistas em ordem, como a unificação dos sistemas estaduais de previdência, a criação de uma previdência complementar (SPPrevcom) e revisões em aposentadorias e pensões indevidas ou fraudulentas.

Em 2016, a arrecadação de ICMS somou R$ 124,549 bilhões, uma queda real de 8,4%. Ainda assim, esse imposto representa 83,5% do total arrecadado em receitas tributárias.

Já o recolhimento de IPVA encolheu 6,1%, para R$ 15,293 bilhões, ou 10,2% do total. A arrecadação tributária geral encolheu 7,7%, para R$ 149,443 bilhões.

“O conjunto de indicadores da arrecadação de dezembro demonstra sinais de recuperação, com pequena melhora dos indicadores de tendência”, diz a Fazenda sobre o último mês do ano.

No âmbito das despesas, os gastos com pessoal e encargos avançaram 2,8%, para R$ 107,992 bilhões. Já os investimentos recuaram 6,8%, para R$ 8,373 bilhões. A conta de restos a pagar não processados saltou 165,9%, para R$ 2,243 bilhões.

Entre as ações para cortar gastos, a Fazenda paulista anunciou um contingenciamento de R$ 4,9 bilhões para este ano, o que representa 2,4% do orçamento geral, de R$ 206,4 bilhões.

Esse porcentual ficou abaixo do contingenciado nos últimos anos (3,3% em 2016 e 3,1% em 2015).

A pasta diz ainda que a revisão dos contratos de serviços terceirizados de apoio administrativo e operacional resultou em uma economia de R$ 370 milhões em 2016.

Além disso, a suspensão de despesas com novas contratações de locação de imóveis, veículos e serviços de apoio resultaram na economia de R$ 215 milhões.

Já a extinção de 3.723 cargos vagos e outros 396 comissionados resultou em uma economia de outros R$ 1,9 bilhão aos cofres públicos. No ano passado, o governo concluiu a extinção de órgãos como a Sutaco, CPTUR, Ceret e Cepam.

A Fazenda diz ainda que busca preservar os investimentos em obras em andamento. “Para isso temos múltiplas solicitações de transferência de recursos de financiamentos externos pendentes de aprovação no Ministério da Fazenda”, explica o órgão.

32 comentários:

  1. Não dá aumento eu me afasto e vou fazer bico. Governador FDP!
    Que se dane licença prêmio, que se dane essa mera de promoção que demora décadas pra mudar de nível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKK gente como vc só sabe falar e falar quem faz não fala

      Excluir
    2. Daí vem a corregedoria e te planta o fumo

      Licença loko trabalhando?

      Arruma outra solução mané

      Excluir
  2. O salário está desse jeito pq os sangue-sugas fazem DEJEP. Se não tivesse isto já teriámos tido aumento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poucas e sábias palavras..tem gente tão besta que fizeram dejep em janeiro e nem sabem se vão responder...
      o pior onde trabalho tinha um que ia fazer dejep e só dormia e hoje é chefe...kkkkk

      Excluir
    2. AGRADEÇO A DEUS POR TER EMPREGO, FAZER DEJEP, e BICO. LOUVADO SEJA O SENHOR.

      Excluir
  3. E pelo jeito se dependermos de sindicatos iremos continuar comendo migalhas que caem da mesa do governador , temos que fazer uma campanha em massa ou o sindicato muda sua atitude e nos representa de verdade ou o caminho seria uma desfiliação em massa

    ResponderExcluir
  4. JENIS , E A MEGA GREVE DE ÂMBITO FEDERAL QUE ESTÁ MARCADA PARA FEVEREIRO ???? MINGUOU ????
    O PESSOAL SÓ SABE RECLAMAR MAS GREVE QUE É BOM .....NADA NÉ.
    GREVE JÁ , GREVE AGORA , NAO DA MAIS PRA SUPORTAR ESSE JUGO.

    ResponderExcluir
  5. NOSSO AUMENTO SERA APENAS O A.L.E, ISSO SE A TAL JUIZA DEIXAR ... RSSSS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza graças ao ´´SINDCOP``, pois se depender dos outros sindicatos (sindasp e sifuspesp) não teremos nem $1 centavo$, pois os mesmos são omissos para a categoria.

      Excluir
  6. agente penitenciario na capital com esse salário é pouco e passa apertado, mas no interior é um baita salarião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VAI NESSA QUE É UM BAITA SALARIÃO, INTERIOR MUDOU MUITO

      Excluir
  7. A juíza ja impediu o ALE chapéu.
    E nao interessa se no interior é um salário melhor, acho q vc não é nem de la ,pq um porteiro amigo meu está ganhando apenas 900,00 a menos q o Asp.
    Nao diga aborinha.
    Alguem tinha q nos ajudar a numa epoca de greve os funcionários do sistema emcurralar os sindicalistas em seus estabelecimentos.
    Se preciso fazer q nem os corinthianos virar td.

    ResponderExcluir
  8. Tem funcionário (nem considero como ASP!) que critica quem faz bravo e DEJEP, mas o engraçado é que nem o que é atribuição do cargo o cara faz. E ainda acha que o governo não dá aumento por causa da DEJEP. É o fim....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Não é porquê se tem dejep que o governo não da aumento e sim por falta de companheirismo e mobilização da categoria. Se não fosse o dejep a falta de funcionários seria bem pior e o salario seria o mesmo. Veja como estão as unidades sem dejep no mês de Janeiro. Quem critica é quem não precisa sustentar família. Também não gosto de fazer mas não critico quem o faça.

      Excluir
  9. vou pedir aumento pros asps de cristo eles tem acesso a JE$U$ e só ele pode nos ajudar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles ou Chapolim Colorado.

      Excluir
    2. e você seu comédia vou pedir para o Santo seu aumento... Aquela do jegue...kkk

      Excluir
  10. CONCORDOQUE no interior é um salariao afinal....Na CAPITAL TEM mais Baladas shows pinga churrascada biscataiada menos gente que nos conhecemos para dar perdido nos familiares ....VAI TE CATAR! !!!! salário psdb osta é bosta em qualquer lugar!agora se fAzer papel de homem de família; dá para se virar em qualquer lugar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SOU GO GO BOY EM UMA BOATE GAY GANHO PERTO DE R$ 500,00 POR NOITE, NÃO TENHO POR QUE RECLAMAR, TRABALHO 03 NOITES POR SEMANA DAS 6 DA TARDE ATÉ O1 DA MADRUGADA, DESFRUTO DE ÓTIMA REFEIÇÃO, SUCOS A VONTADE OU BEBIDAS ( NÃO BEBO ).SOU CASADO PAI DE 03 MENINAS, EU FAZER DEJEP, BICO TÔ FORA.DE VEZ EM QUANDO FAÇO UM PROGRAMA, SE O CACHÊ FOR DE R$ 400,00 POR 04 HORAS TUDO BEM.ESTOU NA LPT HÁ 05 ANOS E QUATRO MESES, FAÇO TROCAS.

      Excluir
  11. Ao anonimo das 12:38,então se os sindicatos não fizerem nada ágora o negócio é desfiliação em massa, fala sério irmão, já fazem anos talvez décadas que não fazem nada,alias nunca fizeram,eu já me desfiliei a anos atrás e a culpa desse descaso todo do governo em relação a nós e de nós mesmo,isso mesmo é culpa minha sua e de todos que ainda fica bancando esses sindicalistas vagabundos e sanguessugas, e ainda fazendo dejp para ajudar o desgoverno a maquiar o rombo da falta de funcionários no sistema prisional paulista.vamos lá desfiliem estou a doze anos no sistema e nunca precisei de sindicato pra nada! É só trabalhar certo e não ficar puxando o saco de diretores comédia, fazer o seu,e não amarrar com o diabo! Fica a dica para aqueles que ainda não acordaram para essa realidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FALOU TUDO .
      NAO PRECISAMOS MSM DE SINDICATO.
      DIA 3 ESTOU INDO P INTERIOR E ME DESFILIANDO. PODE ACREDITAR.

      Excluir
  12. Faço BRAVO e descanso na cadeia, foda-se lagartos são para isso.

    ResponderExcluir
  13. VOU RESUMIR O QUE TODOS FALARAM NESTE BLOG: NADA É ETERNO. TODO COCO DURO UM DIA CAI E QUEBRA....REFLITAM AÍ.

    ResponderExcluir
  14. VCS SÓ SABEM FALAR, MAS FAZEREM E REIVINDICAREM NA REALIDADE NÃO SAI DAQUI... FALAR É FACIL, RECLAMAR É FACIL SIMPLES ASSIM. PAGO PRA VER A CLASSE INTEIRA UM DIA FAZER ISSO, CANSADO DESSESE DIALOGOS COMÉDIAS.

    ResponderExcluir
  15. Parece simples, mas talvez não seja, observar o teatro e portanto a manipulação, pela mídia convencional e corporativa, de praticamente TODAS as informações publicadas. No Brasil, um país politicamente precário, socialmente devastado, economicamente amordaçado, cujos recursos são infinitamente mal explorados, vemos além disso, um limite obrigatório em todas as direções. Pergunto-me sempre: ONDE IREMOS PARAR? Porque CHEGAR ao fim do poço, já chegamos. Parafraseando um "pensador", chegamos aonde existe um alçapão, no fim desse poço.Portanto, falta pouco para abrirmos esse alçapão, e não sabemos a "outra" profundidade dessa cont inuação da queda. Estamos completamente cercados e sem condições de revidar, absolutamente NADA; parece ser impossível constatarmos uma solução REAL.Somos manipulados O TEMPO TODO. E o pior, é que achamos que não. Temos Direitos?! Chega a ser hilário, uma verdadeira paródia.Uma comédia "pastelão" mexicana. Situado entre as dez primeiras economias do mundo, pela dimensão de seu PIB, O Brasil está uma verdadeira MERDA! Talvez sempre tenha sido. Só isso já mostra o quanto somos incompetentes e ridículos diante da possibilidade de nos tornarmos uma nação DE VERDADE. O Estado de São Paulo sempre será o mantenedor do Brasil! Assim é e assim sempre será! Greve? Agora! Mas, com certeza, precisamos de pessoas que nos liderem, que nos empurrem, que nos guiem, que nos chutem em direção a algo conc reto. E nesse sentido, onde estão os SINDICATOS que TANTOS AGENTES mantêm? Ou seria o ESTADO que os mantêm? Será que não percebemos que os mesmos sindicatos não fizeram NADA,concretamente, para incentivar essa GREVE?? Por que será? Só de palavras "CONVIDATIVAS", NÃO FAREMOS GREVE NENHUMA. Não somos fáceis em aderir revoltas. Somos condicionados, e faz tempo, pelos mesmos "treinadores". Apenas isso. Então, o aumento?? As melhorias?? Sinto muito.

    ResponderExcluir
  16. Quero acabar meu empréstimo no BB que falta pouco e libertar de empréstimos em banco para sempre em nome de Jesus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vá na igreja Universal na reunião dos endividados, leve seu cartão de crédito ou de algum familiar, recibo de carro, moto e em nome de Je$u$ vc. se libertará.
      Vc. pode participar da reuniões dos ASPs de CRI$TO.

      Excluir
  17. A SAP é a secretária mais lixo que já trabalhei, e não falo pelos presos, mas pela chefia, assédio moral, desvalorização da categoria, mente atrasada de alguns funcionários. Estudei muito e graças a Deus consegui sair, hj trabalho no TJ-SP. É outro nível, tenho vr de 42,00... recebo quase o dobro do que ganhava ai líquido (5.000,00 líquido inicial), posso fazer banco de horas e vender as férias, ai tiro férias em banco de horas, vendemos noventa dias de licença prêmio, trabalhamos oito horas com um hora de almoço já inclusa, nossa data base geralmente é respeitada....falo pra todo mundo, quem puder sair, saia...admiro muito o trabalho que tb já fiz um dia, mas a sap não é respeitada nem por muitos ASPS, a categoria se vende por cargo e 1000 a reais no salário...

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.