sábado, 28 de janeiro de 2017

Quanto a hastear bandeiras em Alcaçus.

Alguns colegas me questionaram do porque eu não postei sobre as bandeiras hasteadas em Alcaçus.

A resposta está abaixo, mas atendendo a pedidos a matéria está postada.


É óbvio que é de se elogiar a ação dos agentes penitenciários da Força Nacional que colocara a casa em ordem em Alcaçus, mas...

Se uma equipe armada com bombas, escudos e cachorros hasteiam bandeiras após tomar um presídio, o que deveriam fazer os louváveis Agentes Penitenciários que apenas com a palavra e determinação trancam os presos na maioria dos presídios brasileiros?

Deveriam ter uma placa ou estátua pra cada um.

Insisto em dizer que é de se elogiar o trabalho dos agentes que "tomaram" o presídio das mãos dos presos, mas o que precisa é investimento dos desgovernos para que presídios não sejam comandados por presos e sim comandados pelos agentes.




Veja matéria do G1


27/01/2017 09h27 - Atualizado em 27/01/2017 16h08
Agentes hasteiam bandeiras do Brasil e do RN em Alcaçuz




Andréa Tavares e Fred Carvalho
Do G1 RN

As bandeiras nos telhados da Penitenciária Estadual de Alcauz, antes de facções criminosas, agora dão lugar às bandeiras do Brasil, do Rio Grande do Norte e do sistema penitenciário. Homens do Grupo de Operações Especiais (GOE) do governo do Rio Grande do Norte e agentes federais de execução penal entraram na manhã desta sexta-feira (27) para retomar o controle da unidade.
A operação, denominada Phoenix, tem como objetivo retomar, reestabelecer e reformar o presídio, palco de uma rebelião que deixou 26 mortos no dia 14 de janeiro.
Segundo o comando da operação, o controle dos pavilhões 4 e 5, onde ficam detentos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC), foi retomado. Nos pavilhões 1, 2 e 3, do Sindicato do RN, presos trabalham na reconstrução dos muros, retiram pichações e recolhem escombros da unidade.
Uma revista em busca de objetos proibidos também deve ser realizada no presídio.
O nome da Operação Phoenix é uma alusão a um pássaro da mitologia grega que entrava em autocombustão quando morria, e passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. O titular da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, Wallber Virgolino, está em Alcaçuz.
A operação marca a entrada em operação da força-tarefa agentes federais de execução penal criada pelo Ministério da Justiça em meio à série de rebeliões e mortes ocorridas em prisões brasileiras. Um grupo de 78 profissionais chegou ao Rio Grande na noite da última quarta-feira (25).
Os agentes, de outros estados, têm treinamento especial para atuação em casos específicos como rebeliões, controle da população carcerária e intervenção em unidades prisionais. O trabalho desses profissionais é acompanhado pelo Departamento Penitenciário Nacional.
A penitenciária está dividida em duas. Para evitar que membros do PCC e do Sindicato do RN, facção rival, circulem livremente pelos pavilhões do presídio após diversas mortes confirmadas, ⁠⁠⁠contêineres provisórios foram instalados para separar os pavilhões 4 e 5 (do PCC) dos pavilhões 1, 2 e 3 (do Sindicato RN).Posteriormente os contêineres serão substituídos por um muro de concreto.
O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, afirmou na quarta-feira (25) que pretende desativar a Penitenciária de Alcaçuz ainda este ano. Segundo ele, a construção de três novos presídios permitirá a transferência dos presos da unidade. "A construção de Alcaçuz naquele local foi um grande equívoco, porque é uma área de geografia turística", afirmou Faria. Segundo o governador, os três presídios serão feitos de forma modular, para adiantar a entrega.
Sem grades
Inaugurada em 1998 com foco na "humanização", a penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, está sem grades nas celas desde uma rebelião em março de 2015. Com isso, os presos circulam livremente e os agentes penitenciários se limitam a ficar próximos à portaria. O complexo, no município de Nísia Floresta, na Grande Natal, tem capacidade para 620 pessoas, mas abriga o dobro de presos (veja como funciona Alcaçuz).

20 comentários:

  1. Demagogia... Quero ver trancar os presos rebelados e restaurar a orden e a disciplina. Queria ver esses dirertorzinhos bonzinhos de carguinhos indicados dá SAP que negocia regalias com o PCC todos os dias nas unidades de são Paulo trabalhar nesses locais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Cdp de Riolandia é a casa da mãe Joana.. A madrugada toda presos gritando, fazendo a contabilidade da droga, falando códigos, ofendendo guardas e os Dg e disciplina não faz nada. Até os agentes da penitenciária que fica a uns 300 metros de distância escutam e os diretores não.

      Excluir
  2. Como dizia o velho Bezerra da Silva: "Você com revólver na mão é um bicho feroz..." Título bom pra situação do guarda: "A Volta dos que não fora" pois se na situação que o sistema esteve e por tudo que aconteceu, não arrumou-se nada pra categoria, então só daqui 20 anos mesmo. Lamentável!

    ResponderExcluir
  3. É que muitos de nós nos esquecemos que somos, enquanto Agentes, representantes do Estado, não me refiro ao estado de São Paulo, mas à uma entidade com poder soberano e o ato do "tal" partido de hastear sua "bandeira" deveria (não sei por que não acontece) ferir de morte nosso UFANISMO PATRIÓTICO, pois um ente estranho e alheio quer se opor a esta soberania, mas o fato de se matarem entre si, parece e foi divulgado de tamanha forma que, suplantou a importância de tal afronta nacional (assim como acontece com outras facções, MST por exemplo) querendo implantar um poder paralelo, um principado, um califado, incrustado dentro de nossas fronteiras, impondo e implantando suas regras que também ousam afrontar nossas normas vigentes! Alguns dirão: "Mas o governo nada faz!" Mais uma vez ignoram o fato de que independente do governo, A Nação é formada por todos NÓS e cabe a NÓS cobrar mais e mais até que se esgotem todas as desculpas e subterfúgios, mas NÃO, como cordeiros seguimos cabisbaixos para o abate... Temos que exaltar a conquistas de nossos "irmãos" SIM sem ligar para qual unidade, ou força-tarefa pertençam, se nós trancamos uma ala com 300, 400 ou 500 pres... digo reeducandos, é por escolha, falo pelo menos por mim, pois não fui forçado a prestar concurso, nem sou forçado a permanecer na mesma unidade, não invejo, nem desdenho dos Agentes do Gir, nem dos AEVP's nem de Agente nenhum. NA REALIDADE O ÚNICO FATO QUE REALMENTE ME INCOMODOU E SEGUE INCOMODANDO É ALGUMAS MÍDIAS DAREM À POLICIA E ÀS FORÇAS ARMADAS O CRÉDITO PELA RETOMADA DO PRESÍDIO. Já postei aqui, vivo dizendo isso na minha Unidade e para os amigos que fiz no tempo de Agente: TEMOS QUE PARAR COM ESSA MANIA DE NOS AUTO CRITICARMOS, DE NOS DIMINUIRMOS, DE NOS ROTULARMOS, ENFIM DE NOS ATACARMOS UNS AOS OUTRO, POIS JÁ TEM MUITA GENTE COM TEMPO E DISPOSIÇÃO PARA FAZÊ-LO. Quando um Agente de Segurança Penitenciário faz uma "merda" nós somos os primeiros a apedrejá-lo (virtualmente e nas radiais) quando alguma mídia generaliza a categoria por algum ato de corrupção ou despreparo nós não cobramos nenhum tipo de retratação, ficamos em silêncio. Por que não fazemos o inverso, ou seja, nos calamos nas críticas e atacamos quem nos ataca? Por essas e outras acho sim, isento de qualquer culpa, importantíssimo exaltar o hasteamento do Símbolo da Pátria no lugar do pano-de-chão pichado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro colegas, vcs ficaram sabendo da blitz comedia que o diretor caipira e seus puxa sacos foram fazer na ala, a ala que ia ter visita no outro dia, mais uma cagada do caipira quase virou uma rebelião de novo.

      Excluir
    2. Secretários fizeram, fazem e mantêm acordos com as facções... e quem denuncia morre na "conta do pcc" ou é perseguido pela SAP até não aguentar mais... E fazer o quê? Todas as autoridades sabem disso... hastear uma bandeira do pcc, do scrn ou do "sistema penitenciário" ou Brasil não faz a menor diferença nesta altura neste país, apenas teatrinho barato e vil! E por falar nisso, "bonito" não é a retomada do presídio, pois pressupõe gigantesca falha e desde março/2015, tanta incompetência, burrice e corrupção inimaginável de todos os administradores de lá... na verdade as bandeiras lá agora é uma vergonha para o país, isso sim.

      Excluir
  4. Não somos lembrados nem ao meio dá maior crise do sistema prisional, afinal nós cuidamos do esgoto dá sociedade que ninguém quer melhoria e os "direitos dos manos" estão querendo purificar a merda toda e vender caro denovo para sociedade, é nós estamos é ferrados , agora pergunto será que vamos conseguir aposentar um dia...?

    ResponderExcluir
  5. Quem não lembra do espetáculo que foi a conquista do Morro do alemão? Muitos puxa sacos estão aí agora ajudando colocar bandeira no telhado de uma penitenciária destruída. Quero ver o dia que esses mesmos puxa sacos precisarem de ajuda do governo pra algo , tipo doença ou um acidente de trabalho , baba bastante o ovo . desiludidos que não conseguiram virar Polícia da nisso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você está criticando por pura inveja, como você pode criticar se não faz nada para ajudar. Chegou tarde para criticar o que alguém fez quando nem você e nem ninguém quis ou não teve competência para fazer. è assim que se resume a vida de muitos agente.

      Excluir
  6. Enquanto não aprendermos a pensar no coletivo só quem vai continuar ganhando é a elite, na verdade são poucos ASPs que pensam em se doar nem que for um pouco pelo companheiro, já enfrentei situações em estar em numero desproporcional de ASP para preso tendo que encarar quando procuravamos apoio já foi, pernas pra quem te que quero; eram poucos mas acreditavamos ainda que o "guarda quem manda aqui" e nesse tempo não tinha-mos nehum material bélico para encarar a labuta não; era cara razão e coragem, Mas tinhamos certeza, mesmo poucos ainda tinhamos respaudo e credibilidade; aos poucos fomos largando mão; frase mais comum que ouço "vou largar mão não adianta mais" e assim os vermes foram ganhando espaço, e hoje estão mais poderosos e poucos ainda restaram mas ainda tenho esperança que todos acordem e monstraremos a população o valor que existe na nossa profissão, porque já que os sindicatos não conseguem uma missera reposição inflacionaria deveriam expor na midia com mais afinco como é o nosso dia dia.

    ResponderExcluir
  7. parabens aos irmaos, montraram e representaram bem nossa classe, colocamos ordem na casa em poucas horas

    ResponderExcluir
  8. Bando de desunido isso sim só pensaram neles , graças a esses heróis que receberam diárias gordas todos nós nos ferraremos , um dia espero que gostem esse dinheiro com advogado quando o estado lhes ferraremos , como muitos aqui já viram vários , uma hora chega deles

    ResponderExcluir
  9. É ,nao sei se no referido estado os ASPS estao com o salario tao ridiculo como o nosso.
    Acredito q nao .
    Porque se tivesse seria um grande momento de cruzar os braços, ou apos o êxito da missão, ouvesse um protesto , mas ta dificil.
    Porque meia dúzia q foi escolhida para missão tlvz ja fiquem irradiantes por ser puliça por um dia e esqece da vergonha q os governos largam o sistema.
    Alex

    ResponderExcluir
  10. Enquanto isso,o ministro da Defesa em uma entrevista ontem,acusou os agentes penitenciarios de fornecer armas ,celulares e drogas ;e esconder os ilicitos quando houver blits.

    ResponderExcluir
  11. A SAP se bem administradas tem uma missão importantissima na vida social e humana a sociedade,porém esta visão de Diretores por cargo comissionados e por falta de dialogos entre SAP-SP e sindicatos se torna o trabalho/profissão desvalorizado por demais, estamos a aproximadamente tres anos sem valorização nenhuma, sindicato não faz nada, fica apenas tirando fotinhas,por isso não pago sindicato e sou contra quem paga. Pois na hora que precisa falham, alegam desculpas e desculpas e temos que pagar advogados particulares, portanto não adianta ter sindicato.Uma categoria desunida com inumeros sindicatos e com o atual governo fazem o que quer e ainda da risada de nossa categoria.

    ResponderExcluir
  12. Porisso que o sistema não vai pra frente, em vez de nos unirmos, ficamos com inveja uns dos outros! Gente so vamos conseguir alguma coisa quando tivermos os mesmo pensamento... em vez de críticas, busque soluções!

    ResponderExcluir
  13. Tiraram até foto, olha só:
    https://www.upnerd.com.br/wp-content/uploads/2016/07/hue-e1469814165430.png

    ResponderExcluir
  14. Alguém aqui tem preconceito contra caipiras...? Tira o rabo dá cadeira e sai de trás do computador e faz alguma coisa seu demônio dá garôa....

    ResponderExcluir
  15. TIVEREM A MELHOR OPORTUNIDADE DO MUNDO PARA COLOCAR LÁ UMA BANDEIRA MOSTRANDO POLÍCIA PENAL, PEC.. ENFIM!
    TODA A MÍDIA ESTAVA POR LÁ!
    FOI UMA OPORTUNIDADE QUE NÃO ENXERGARAM, APENAS VIRAM UM MARKETING QUE NÃO AGREGOU EM NADA PARA OS AGENTES PENITENCIÁRIOS.
    AFINAL, A GRANDE MAIORIA DA MÍDIA PUBLICOU QUE POLICIAIS DO GOE TOMARAM O PRESÍDIO E NÃO AGENTES PENITENCIÁRIOS.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.