terça-feira, 24 de janeiro de 2017

SAP confirma fuga de 152 detentos durante rebelião em Bauru-SP




Copie o link abaixo, cole no navegador de internet e volte para comentar:

http://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2017/01/sap-confirma-fuga-de-152-detentos-durante-rebeliao-em-bauru.html



9 comentários:

  1. Quero ver quando os governantes vão chamar os agentes para discutir a crise...

    ResponderExcluir
  2. que vergonha geraldo alckmin!!!!

    ResponderExcluir
  3. A culpa não é de agentes e também não é dá direção. O problema no Brasil é a forma de aplicação das penas e a execução das mesmas. Não adianta haver condenação de 20 anos e se cumprir 1/6 dessa pena. O apenado tem excesso de benefícios.
    Enquanto existir progressão de regime e visita íntima as cadeias ficarão super lotadas pois quem é do crime não teme a cadeia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CADEIA NO BRASIL DEVERIA SER IGUAL AS DOS ESTADOS UNIDOS.
      S E M V I S I T A Í N T I M A!!!! MAS AQUI É A SEMVERGONHALANDIA DOS DIREITOS DOS MANOS!!!BOLSONARO JÁ!!

      Excluir
  4. tenho mais medo de andar nas ruas do que ficar no raio ,no raio ainda nos respeitam ,mas nas ruas do jeito que o governo deixou chegar ta feio

    ResponderExcluir
  5. pelo geito vai ter guerra mesmo, até os presos do semi aberto estão sendo convocados. quem trabalha no sistema pode se preparar que vai começar a zona em sp.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria recomendável observar o que digitou antes de postar, assim evitaria erros grosseiros de gramática, desculpe-me se alguém se sentir ofendido, porem da maneira como muitos de nós escrevemos aqui, aliado a falta de vontade de nossos governantes, não seremos levados a sério, e menos ainda valorizados...(ex:normalmente o comentário já é ignorado no "pelo geito")

      Excluir



Seu comentário é bem vindo. Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.