quinta-feira, 6 de abril de 2017

Era uma vez um tal de imposto sindical, por Wiltinho Viana.


Charge feita pelo meu amigo talentoso e ASP Wiltinho Viana, agora virão muitas charges, pois o Wiltinho se tornou um colaborador do BLOG. 

Wiltinho será nosso "Charles Hebdo".


Clique na imagem para ampliar.
Veja postagem sobre o fim do imposto sindical para servidores públicos:
http://jenisandrade.blogspot.com.br/2017/04/governo-desiste-de-permitir-cobranca.html







17 comentários:

  1. Cadê você mestre dos magos...? Não tô te vendo nego...?

    ResponderExcluir
  2. a esses sindicatos que "sempre lutaram " pelos direitos dos guardas ve se cumpre essa decisao judicial e devolve nosso dinheiro bando de chupim, quer dinheiro vai trabalhar, e para de tirar dinheiro do trabalhador que ja ta ganhando pouco, ratolfo e companhia

    ResponderExcluir
  3. Ai o gordolfo, ratolfo,impostolfo,chora não! Vê se seja homem de soltar um video,com pedidos de desculpa para a categoria,da mesma forma que você fez,para defender essa covardia,é bom você ir preparando o terreno,pois seus dias de "rei mono"estão acabando e logo logo,você vai bater com essa sua bunda gorda e amarela dentro de uma radial,e você não terá ambiente nem com os lixo do seguro! Toma vergonha na sua cara,tentando furtar o pão e o leite das nossas crianças e logo logo vou te ver trabalhar 12h,e ganhar a mixaria que nós ganhamos,vai chega vai,vai,vai chega,gordolfo ratolfo impostolfo lixo você e seu sindicatinho de merda,nunca vai nos representar!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. e o que nos pagamos, irao devolver?

    ResponderExcluir
  5. Jenis vai ser devolvido os valores já descontados???

    ResponderExcluir
  6. Legalmente falando, a portaria que cancela o desconto sindical, foi publicada em 05/04/2017, data essa anterior a nossos vencimentos... Por este motivo, torna-se obrigatória a devolução dos valores, visto que a data do recebimento foi 07/04/2017...

    ResponderExcluir
  7. O que mais me impressiona é ver o guarda reclamando dos sindicatos, mas não tem coragem de se desfiliar, quem mantém esses chupins são vcs mesmo, queria ver o que esses safados iriam fazer se todos saíssem, sindicato não está servindo para nada mesmo, quanto a advogado do sindicato, vc é louco p confiar qualquer coisa a eles, se precisar contrate um particular,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você falou tudo!. O discurso é sempre o mesmo. Os caras fazem terrorismo, principalmente com o aluno EAP, tipo: você vai precisar de advogado, caso tenha que responder processo... o guarda entra, depois diz: ruim com ele, pior sem ele... abraça. Depois fica chorando. Só gostaria de saber deste tipo de guarda: se vc trabalha correto, faz seu trampo, não falta. Que tipo de B.O. vc vai responder e precisar de advogado?. A hora que vc precisar mesmo, vc vai ver o naipe!
      A maioria absoluta dos guardas são inteligentes o suficiente. Basta ter coragem e mobilização, união.
      Sindicato tem de acabar, morrer à mingua.

      Excluir
  8. Quero ver o Mingardi pedir filiação, seu LAGARTO do SINDESPE!!! Devolve meu dinheiro...

    ResponderExcluir
  9. Porque é tão revoltante o imposto sindical na forma que é cobrado no Brasil? A Folha de São Paulo de 17 de novembro mostrou um dado muito interessante sobre a contribuição sindical em diferentes paÍses do mundo. Sindicatos europeus e americanos mantêm suas estruturas principalmente com a arrecadação de mensalidades de sócios. Em poucos países, como Equador e Egito, existe a contribuição obrigatória para manter os sindicatos, como no Brasil, um país que tem atualmente 16.293 (894% a mais que nos EUA) sindicatos oficialmente legalizados.
    "O sindicalismo europeu é mil vezes mais exigente e vociferante. Lá eles falam em nome dos sócios. Por isso eles têm representatividade. Ninguém é obrigado a pagar contribuição compulsória", diz Fernando Moro, advogado trabalhista.
    Para Arnaldo Nogueira, professor da Faculdade de Economia e Administração da USP, os sindicatos fora do país se modernizaram, buscaram fontes de renda alternativas. "Aqui, no Brasil, como a renda é garantida, houve acomodação. Os sindicatos são burocráticos e corporativistas", afirma.
    Na Alemanha, os sindicatos são até donos de bancos -isto é, têm investimentos que são também fontes de arrecadação, além das mensalidades pagas pelos sócios.
    "Os alemães têm apenas oito sindicatos para defender os trabalhadores. No Brasil, há um número excessivo de sindicatos. Esse número só cresce porque beneficia alguns dirigentes", afirma Cássio Mesquita de Barros, professor da USP. Já na Espanha, diz, o dinheiro que sustenta os sindicatos vem do Orçamento do Estado.
    O Brasil também não está sozinho na cobrança de taxas assistenciais. Nos sindicatos da Argentina, da Colômbia, da Grécia e do Reino Unido, a cobrança dessa contribuição é admitida, mas não é obrigatória. Só que nesses países não existe a contribuição compulsória. É por causa disso que no Brasil se cria cobras venenosas como Lula, José Dirceu, Paulinho da Força e Daniel Grandolfo.

    ResponderExcluir
  10. Na verdade, devíamos entender uma simples coisa: sem apoiar um nem outro, uma coisa é pedir que o imposto ou contribuição seja cobrado, outra coisa é ser atendido, se foi deferido de forma ordeira, e sem se importar com quem foi descontado um dia de plantão, e não só de nós foi tirado, mas da boca dos nossos. Acrescentar um dia que é bom não faz, mas desconta rapidinho, parece que estar pedindo esmola, no Brasil se fosse só sindicato que não funcionasse era ótimo, mas sim muitas coisas. Inclusive no Sistema Prisional Brasileiro: cadeias superlotadas, condições de trabalho precário, insatisfação com diretores que só pelo fato de estarem, torna-se o ambiente de trabalho mais desarmonioso se portando de forma incorreta de liderança verdadeira e por aí se vai... Vamos mudar esse quadro, mudando a nós mesmos principalmente. Para quem ainda é filiado, só não esse mês, mas todos os meses um pouquinho do seu "suor" vai para eles, e acho pouco... DESFILIE-SE LOGO ENQUANTO É TEMPO, pois logo vão criar uma lei para você não poder mais se desfilar... Que democracia do inferno é essa!!!

    ResponderExcluir
  11. Uma moedinha pra ele cortar o cabelo, mas na verdade bandido tem que ser preso, e aí vai cortar o cabelo lá na inclusão, ladrão... Vai meter a mão no dinheiro do desgoverno Alkimim, vai, vai, vai mexer com a elite, pra tomar no nariz, e agora quem poderá nos socorrer. O Dito cujo, vai acabar com o SINDASP...

    ResponderExcluir
  12. SENHORES, QUANDO E SE POR ACASO, O GRANDOLFO RETORNAR PARA A "CHAVE", NÃO SOFRERÁ NADA, QUEREM APOSTAR? TEM ASP CONDENADO PELA JUSTIÇA POR ASSALTO, FICOU PRESO E RETORNOU AO TRABALHO E OS COLEGAS O TRATAM COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO. PAREM COM ESSA HIPROCRISIA.

    ResponderExcluir
  13. SENHORES, QUANDO E SE POR ACASO, O GRANDOLFO RETORNAR PARA A "CHAVE", NÃO SOFRERÁ NADA, QUEREM APOSTAR? TEM ASP CONDENADO PELA JUSTIÇA POR ASSALTO, FICOU PRESO E RETORNOU AO TRABALHO E OS COLEGAS O TRATAM COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO. PAREM COM ESSA HIPROCRISIA.

    ResponderExcluir
  14. Toda a categoria de trabalhadores precisa de um Sindicato, mas infelizmente a corrupção e a luta por interesses próprios, nos desestimulam a filiar e organizarmos em prol da luta de nossos direitos.quem ganha com isto é o Governo.

    ResponderExcluir
  15. RATOLFO, RATAZANA GORDA R$$$$$$$, MEU DINHEIRO SUADO, DEVOLVE!!!!!

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.