terça-feira, 4 de abril de 2017

Mãe de detento é flagrada com celular, bateria e chip na Penitenciária de Osvaldo Cruz-SP.


O título da matéria do G1 diz durante o exame de raio X, mas é importante lembrar que só as sacolas passam por raio X, precisamos de SCANNER CORPORAL nas unidades prisionais paulistas, já que muitas drogas e celulares entram introduzido no corpo de visitantes.




Fonte da matéria abaixo: G1
Mãe de detento é flagrada com celular, bateria e chip durante exame de raios-x
Materiais estavam na sacola da mulher, de 58 anos, que tentava entrar na Penitenciária de Osvaldo Cruz.
Por G1 Presidente Prudente
03/04/2017 14h43 Atualizado há 14 horas


Exame de raios-x constatou a presença dos materiais ilícitos na bolsa da mulher (Foto: SAP/Divulgação)

Uma mulher de 58 anos foi flagrada tentando entrar na Penitenciária de Osvaldo Cruz com celular, bateria e chip. De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP), a ocorrência foi registrada neste domingo (2) e a mulher é mãe de um detento.
Ainda conforme a SAP, o flagrante aconteceu durante o procedimento de revista. Os materiais da mulher foram submetidos ao exame de raios-x e os funcionários da unidade prisional "notaram que entre as mercadorias havia uma sacola contendo um aparelho celular, uma bateria e um chip".
Quando a mãe do detento foi indagada sobre os materiais, ela afirmou que “por descuido os objetos teriam sido colocados acidentalmente em sua bolsa”. Os objetos foram encaminhados ao setor de portaria para nova conferência e elaboração de comunicado.
“Logo após, a Polícia Militar foi acionada e a visitante conduzida com o material apreendido à delegacia onde foi registrado Boletim de Ocorrência. Também foi instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a participação do sentenciado”, explicou a SAP.
Após a ocorrência, a Secretaria da Administração Penitenciária informou que a mulher foi liberada, porém, por ter sido flagrada tentando entrar com objetos ilícitos na penitenciária, ela foi “automaticamente excluída do rol de visita”.
Mulher foi flagrada com celular, bateria e chip (Foto: SAP/Divulgação) Mulher foi flagrada com celular, bateria e chip (Foto: SAP/Divulgação)
Mulher foi flagrada com celular, bateria e chip (Foto: SAP/Divulgação)



7 comentários:

  1. Temos que derrubar esse secretário, não aguentamos mais essa política de amor ao preso e ódio aos agentes penitenciários.

    ResponderExcluir
  2. Jenis, poderia informar qual seria o valor líquido e bruto que os ASP novos irão receber? O salário R$ 2.695,88 + R$676,29 de insalubridade né? Tem mais algum benefício (VT ou VA)? Quanto sobra líquido?
    A insalubridade começa a vir desde o curso de formação? Demora pra começar a cair?

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente nao e bem assim ela nao pode ser excluida em definitivo. Tem nova resolucao que da o direito da visitante voltar a visitar apos dois anos. Tem mais essa pra gente engolir. Pode acreditar droga e celular da suspensao de dois anos e nao exclusao em definitivo. Acreditem se quizer!!!

    ResponderExcluir
  4. aqui no cpp d jardel o gir veio retirar uns vagabundos, iriam ser resgatados no final de semana, envolvidos em assalto a carro forte e banco, voce sabe as condiçoes de trabalho em um cpp. principalmente esse aqui com esse dg que temos nos deixa, sempre sem saber de nada, nao troca ideia com funça, tamos ferrados, a noite esta terrivel trabalha segurança zero

    ResponderExcluir
  5. O SECRETÁRIO E TODOS OS SENHORES FEUDAIS.
    QUANTA MORDOMIA.
    CPI NA SAP URGENTE

    ResponderExcluir
  6. VOU RADICALIZAR: FAMILIA DE VAGABUNDO, PRA MIM É VAGABUNDO TAMBEM. EXCETUANDO-SE OS HOMICIDAS OCASIONAIS.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.