sábado, 1 de abril de 2017

Sindcop começa a desmascarar Sindasp, importante leitura para entender.

Veja matéria do Sindcop, tente saber quem é o senhor Carlos Cavalcante Lacerda.
Em tempos difíceis e que somos lesados com o imposto sindical pelo Sindasp, essa matéria do Sindcop é importantíssima, até mesmo pra quem defende o Sindasp.

Pra quem não gosta de sindicato também é importante, afinal, para falarmos mal de algo, temos que falar com propriedade.

Nessa matéria, além do Sindcop explicar porque o Sindasp não é o único representante dos ASPs, fala ainda em FRAUDE, DECISÃO NULA, CONLUIO FRAUDULENTO, DE OLHO NO DINHEIRO, LIGAÇÕES PERIGOSAS, DESRESPEITO AOS DIREITOS DOS TRABALHADORES, DESCONTO ILEGAL E INSEGURANÇA E PREJUÍZOS PARA O SERVIDOR.

Leia a matéria abaixo na íntegra:
Fonte do texto abaixo: 

http://www.sindcop.org.br/sindcop/Portugues/noticia/index.php?acao=detalhar&cod=879



03/2017 Justiça garante – SINDCOP é representante dos ASPs



Justiça suspendeu a decisão do secretário de Relações do Trabalho, Carlos Cavalcante Lacerda, que determinou a exclusão da representação dos ASPs (Agente de Segurança Penitenciária) do quadro do SINDCOP, em dezembro de 2016.
A decisão proferida pelo juiz Federal, Rolando Valcir Spanholo, da 21ª Vara Federal do Distrito Federal, proferida hoje, 31 de março, suspendeu os efeitos do despacho do secretário.
“A decisão veio restabelecer a legalidade e tranquilizar a categoria, uma vez que esta depende de muitas ações coletivas, vitoriosas, propostas pelo SINDCOP em benefício de seus representados”, disse o advogado José Marques, responsável pelo Departamento Jurídico do SINDCOP.
A decisão será juntada em todas as ações coletivas do sindicato, como a do ALE (Adicional Local de Exercício) na qual a Procuradoria do Estado solicitou a exclusão da entidade do polo ativo da ação em virtude da decisão do secretário. O pedido da Procuradoria foi protocolado no último dia 27 de março e com a decisão judicial de hoje, perdeu o efeito.
Mais uma vez o advogado José Marques tranquilizou os filiados de que nada mudou em relação a ação do ALE.
“Aguardamos julgamento de um agravo para fazer o apostilamento coletivo com valores individualizados”, disse o advogado.
Segundo o presidente do SINDCOP, Gilson Pimentel Barreto, a decisão judicial comprova a competência do Departamento Jurídico da entidade que não se deu por vencido diante da decisão do secretário e tomou as providências cabíveis, imediatamente, conseguindo reverter a decisão administrativa na Justiça.


Entenda porque o SINDASP não é o exclusivo representante da categoria

Sindicato de gaveta
O SINDASP tem se apresentado para a categoria como o único representante dos ASPs da SAP (Secretaria da Administração Penitenciária). Primeiro precisamos explicar as formas utilizadas para essa entidade assim se apresentar. Tomamos a liberdade de esclarece a todos os integrantes da categoria como esse sindicato surgiu.
Em 1990, foi “organizado” um sindicato de “gaveta” - Sindicato de Agentes de Segurança Penitenciária e Funcionários da Secretaria da Justiça do Estado de São Paulo (quando a função do ASP ainda pertencia a Secretaria da Justiça). Pois bem, esse sindicato ficou inativo, sem qualquer ato de representação até 2014, quando como “fênix”, ressurgido das cinzas, foi reativado dentro do Ministério do Trabalho.
Vale lembrar, que várias vezes houve a tentativa de transformar esse sindicato (Servidores da Secretaria da Justiça), em SINDASP. Todas as tentativas foram indeferidas dentro do Ministério do Trabalho.
Quando ele foi reativado em 2014, os ASPs já eram representados pelo SINDCOP e SIFUSPESP, o que impedia o seu restabelecimento por causa do princípio da Unicidade Sindical (ART. 8º, III, CF/88).
Na época, cabia ao Ministério do Trabalho, no mínimo, marcar uma audiência de mediação entre esse sindicato e o SINDCOP e SIFUSPESP, mas isso não aconteceu, tornando o restabelecimento nulo.
O SINDCOP o SIFUSPESP interpuseram Recurso Administrativo, contra o restabelecimento do referido sindicato. Portanto, a representação exclusiva dos ASPs pelo SINDASP, não é verdadeira e está sendo questionada na Justiça.

Fraude
O restabelecimento do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciaria e Funcionários da Secretaria da Justiça do Estado de São Paulo, contou com indícios de fraude. Diante disso, o SINDCOP pediu a abertura de Processo Investigatório junto à Procuradoria Geral da República em Brasília, em face do Ministro do Trabalho e Secretário de Relações do Trabalho - à época. Já foi ouvida testemunha que comprova a fraude.
Além disso dentro do STF (Supremo Tribunal Federal) existe um Inquérito Penal, sob a jurisdição do Ministro Gilmar Mendes, para investigar “fraudes”, dentro do Ministério, envolvendo a central Força Sindical e seu Presidente, Paulinho da Força. O Ministro, inclusive, já pediu a quebra de sigilo fiscal e bancário da Força Sindical para a apuração da fraude.
Disso a categoria não foi informada. Portanto essa representação exclusiva do SINDASP, não é verdadeira, pois conta, inclusive com procedimento criminal investigatório.

Decisão nula
O SINDASP se coloca como representante dos ASPs, com base no despacho do Secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho, excluindo o SINDCOP e SIFUSPESP da representação. Uma liminar já interrompeu a decisão do secretário.
Como não conseguiu dentro do Ministério do Trabalho se transformar em SINDASP, junto com o sindicatão (sindicato de servidores públicos), em fraude processual fizeram um acordo do qual constou a exclusão da representação do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciaria e Servidores da Justiça do Estado de São Paulo, estes últimos, ficando apenas com os ASPs.
Pela lei, o SINDCOP e o SIFUSPESP (litisconsortes necessários), deveriam ter sidos chamados como parte no processo, por serem interessados juridicamente.
Mas isso não ocorreu. Por isso, a decisão é nula. O SINDCOP, já ingressou com Ação Anulatória para acabar com a farsa da representação, que se encontra aguardando decisão.
Assim, essa “façanha” da exclusividade também se mostra mentirosa.

Conluio fraudulento
O SINDASP tem utilizado o acordo judicial na esfera trabalhista (questionado judicialmente pelo SINDCOP), para se mostrar como único representante dos ASPs.
Porém, a fraude processual está evidente no processo trabalhista. O conluio entre as partes para a obtenção de uma sentença judicial é condenado e torna a decisão nula.
Prova desse conluio é a agilidade no andamento da ação. A ação do sindicato dos servidores públicos em face do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciaria e Funcionários da Secretaria da Justiça, foi protocolado no dia 26/11/2015 em 27/11/2015, já havia pedido de vista para acordo. Ora, dia imediato – dá a entender que já estavam combinados, com o fim de prejudicar terceiros.
Em vista da fraude, o SINDCOP está encaminhando à OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), representação por infração ética contra os advogados dos dois sindicatos. Essa exclusividade de representação, é mentirosa.

Dê olho no dinheiro
A exclusividade que diz ter o SINDASP em relação aos ASPs, tem um único objetivo - a contribuição sindical.
No Mandado de Segurança que impetrou em 2015, para o recebimento da contribuição, no inicio foi concedida liminar para o desconto, porém, no mérito, o pedido foi considerado improcedente, justamente pela falta de comprovação da alegada exclusividade.
Diante disso, o SINDASP recorreu ao STJ (Superior Tribunal de Justiça), por Medida Cautelar, e conseguiu, até que o recurso seja julgado, manter a liminar que já havia sido concedida pela Justiça estadual. Por esse motivo, pode fazer novo desconto este ano.
O SINDCOP, não concordando com a liminar que autorizava a continuidade do desconto, além de impugnar o recurso ingressou com Agravo Regimental, no STJ, para suspender os efeitos da liminar.
A ação está com o Ministro Relator, Napoleão Nunes Maia Filho (1ª. Turma), aguardando decisão. É bom lembrar que, essa liminar autoriza apenas o desconto, devendo o valor ficar retido até decisão final do processo.
No entanto, o SINDASP, como não conseguiria ter acesso aos valores das contribuições descontadas, ingressou com nova ação, buscando o desconto e o repasse.
O SINDCOP estará ingressando como litisconsortes assistencial, para que a ação também seja julgada improcedente ou, na pior das hipóteses, para que os valores descontados de seus sócios sejam estornados. Mais uma vez a exclusividade nos parece apenas mais uma mentira.

Ligações perigosas
O SINDASP alardeia exclusividade, baseado no despacho do secretário de Relações do Trabalho, Carlos Cavalcante Lacerda. Esse senhor foi indicado ao referido cargo pela Força Sindical e pertence ao Partido Solidariedade, cujo presidente é nada mais nada menos que Paulinho da Força. Perceberam a ligação de interesses?
Essas são as ligações do homem que excluiu o SINDCOP e SIFUSPESP da representação dos ASPs. Esse despacho foi objeto de recurso administrativo, tanto pelo SINDCOP como pelo SIFUSPESP – até agora não julgados. Mas o Sindcop, por meio de liminar, já derrubou a decisão do secretário.
Diante da omissão do Secretário de Relações do Trabalho, o SINDCOP impetrou Mandado de Segurança, junto a Justiça Federal de Brasília/DF, pedindo que o Judiciário determine o julgamento do Recurso.
O recurso administrativo, questiona, também, a legalidade do registro do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciaria e Funcionários da Secretaria da Justiça do Estado de São Paulo. Portanto, o despacho usado pelo SINDASP está sob recurso administrativo e, sob judice. Assim, a exclusividade alardeada, não é verdadeira –a Justiça já comprovou isso.

Desrespeito aos direitos dos trabalhadores
O SINDASP quer a representação exclusiva dos ASPs, mas não demonstra a credibilidade necessária para tanto. Não cuida da própria casa.
Contou com o trabalho de funcionários sem registro e, dos registrados, descontava a contribuição previdenciária e não recolhia aos cofres da União. Isso não pode acontecer com um sindicato que quer representar trabalhadores e se que lutar pelos direitos desses trabalhadores.
Em virtude disso, foi feito denuncia no Ministério do Trabalho (funcionário sem registro) e no Ministério Público Federal – Apropriação indébita das contribuições previdenciárias descontadas e não recolhidas.
Quem tiver curiosidade, faça busca nos cartórios de protesto, na Justiça Estadual e Federal. Tem algumas ações trabalhistas de funcionários que não receberam seus direitos. Querer e ter a representação exclusiva, se mostra apenas como “meia verdade”.

Desconto Ilegal
O SINDASP fraudando a legislação estadual, usava Código de Desconto da Fazenda, concedido à Associação dos ASPs, para o desconto de mensalidades associativas. Isso é ilegal. O código não pode ser cedido à outra entidade – a Associação não podia ceder o código de desconto ao SINDASP.
Agora, mesmo sem ter associados, conseguiu um código de desconto. Como não tem sócios (pois os sócios são da Associação), tem denuncia no Tribunal de Contas do Estado a respeito do caso.
Foram feitas algumas Assembleias conjuntas do SINDASP e da Associação, onde haveria a fusão da Associação com o SINDASP e, os associados da primeira, automaticamente passariam a ser sócios do SINDASP.
Isso também não é permitido. Pelo princípio da liberdade sindical, a filiação sindical é optativa – deve ser manifestada pessoalmente.
A Constituição Federal de 1988 diz que “ninguém é obrigado a filiar-se ou manter-se filiado”. No entanto, os inúmeros pedidos de desfiliação que são encaminhados ao SINDASP não são atendidos. Isso fere o principio da liberdade sindical. Quem decide pela representação são os trabalhadores.
Por isso, quem não está conseguindo a desfiliação, pode entrar em contato com o SINDCOP, para a ação judicial necessária. A exclusividade se mostra mais uma vez mentirosa.

Insegurança e prejuízos para o servidor
A exclusividade sindical alardeada pelo SINDASP fere de morte os interesses dos ASP e gera insegurança na categoria.
A ação do ALE, já ganha, e em fase de execução de sentença e, o Agravo de Instrumento interposto pelo SINDCOP para acelerar o apostilamento, receberam petições da Procuradoria da Fazenda do Estado, onde alega que o SINDCOP não é mais o representante dos ASPs e não tem legitimidade para prosseguir na execução.
Na ação foram juntadas cópias do despacho do Secretário de Relações do Trabalho, com a alegada exclusão de representação.
Atitudes como essa retardam o apostilamento do ALE e prejudicam a categoria.
Os ASPs merecem ser representados por um sindicato que municia a Fazenda para a retirada de direito conquistado em ação judicial transitada em julgado? É claro que não!
No entanto, isso só prejudica o andamento do processo.
O Departamento Jurídico do SINDCOP já impugnou a manifestação da Fazenda, fazendo mostrar que tem legitimidade processual (inclusive com decisões do STJ e STJ) e também vai juntar cópia da decisão Judicial que suspendeu a determinação do secretário.
Portanto, os ASPs podem ficar tranquilos quanto ao direito conquistado. Eventual pequeno atraso, se dará graças ao SINDASP que quer ser o representante da categoria porém, age como braço direito do Governo contra os interesses dos ASPs.
Esse imbróglio em que o SINDASP colocou a ação do ALE, ele não conta. Ora essa exclusividade é mesmo uma mentira.
- See more at: http://www.sindcop.org.br/sindcop/Portugues/noticia/index.php?acao=detalhar&cod=879#sthash.FLFVGJft.dpuf

39 comentários:

  1. SINDASP, um grande mal da categoria. Parte da máfia instalada no governo.

    ResponderExcluir
  2. esse sindigato para mim foi criado pelo geraldo alckimim para enganar mais uma vez os guarda, eles conseguem rapido demais as papeladas necessarias, e aumento para a categoria é zero, deixou se gravar, e ficou por isso mesmo consegue desconto em folha, facil facil, sempre ta "lutando" pelos guardas só que nunca ganha nada é isso cheira mais uma cria do psdb e nós de touca até o pé

    ResponderExcluir
  3. Muito Bom Jenis, passou da hora de expor estes que se dizem defensores dos Asps., mas que na verdade não passam sim dos verdadeiros defensores do Nefasto Imposto Sindical, pois somente querem espoliar esta já sofrida Categoria, esquecida pelo Administrador e por Toda a Sociedade e só lembrada nos momentos de Tragédias e Desgraças. Parabéns por sua exposição em seu Blog, pois realmente necessário se faz com que o máximo de Asps. tenham acesso a essa leitura pois isso é de Vital Importância para saber o que queremos para Nós Todos Asps. do Estado de São Paulo, pois como pode o Sindcop hoje, sendo o Maior Sindicato de Agentes Penitenciários da América do Sul, não poder ter a Representatividade dos Mesmos, que já estão ali Filiados, por conta de uma Manobra Política e tramada na calada da Noite...? Abraços Leandro

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Jenis por essas explicações,Pois isso vai acalmar um pouco os ASP.

    ResponderExcluir
  5. A UNICA COISA QUE SEI É O SEGUINTE, NOSSA CATEGORIA ESTÁ CHEIA DE "GUARDAS COVARDES" E PREGUISOSOS QUE NÃO QUEREM PERDER UM DIA,PARA IREM SE DESFILIAR DESSES "ABUTRES"QUE NO FINAL DAS CONTAS SÓ QUEREM NOSSO DINHEIRO E AS COMODITES DE UM SINDICATO!SE TODOS OS GUARDAS TOMAREM VERGONHA NA CARA E SE DESFILIAR: ACABAMOS COM ESSES VAGABUNDOS CHUPINS DE UMA SÓ VEZ! EU JÁ FIZ MINHA PARTE E VOCÊ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro Irmão, covarde é você! E segundo desfilar de sindicato não vai resolver pois o desconto do imposto sindical será feito sendo ou não filiado a sindicato.

      Excluir
    2. Você com certeza é filiado a algum desses $indicato$ certo! Se todos se disfiliarem os sindicatos perdem a carta de representatividade,ou seja não mais existirá! Ai os próximos a surgirem das sinzas terão um maior respeito pela classe,pelo medo não pela gratidão que deveriam ter! E no mais preste atenção no que você lê, pois só estão cobrando o imposto sindical das categorias que tem sindicatos famigerados,pois existem inúmeras categorias de servidores públicos que não esta sendo furtado esse imposto,sabe porque? É que os sindicatos que elas representam sabem que não tem moral nem o minimo o possível para furtar seus representados,que por sinal também estão a 3 anos sem se quer reposição da inflação!diferente desses sindicatos que inclusive você é sócio de um,que mesmo não fazendo nada pela classe ainda tem a cara de pau de cobrar,toma vergonha na cara cidadão e guarde para você suas convicções por ainda ser filiado a uma dessas "BOSTAS"!

      Excluir
    3. Vai não inocente! Se não tivermos sindicato,não tem a minima possibilidade de cobrarem imposto sindical:o nome já fala,agora você fazendo uma defesa dessas deve ser algum pelego de sindicato com alguma comodite com medo de perder a gaiada em..............

      Excluir
    4. Olha isso é que é sócio, defendendo o que? Da outra solução então? Existe outra?

      Excluir
    5. Falou merda, VOCÊ que xingou ESPECIFICAMENTE aquele que falou que "...nossa categoria está cheia de guardas covardes..."...SIM, ESTÁ CHEIA MESMO! E talvez VOCÊ seja um deles, já que a carapuça serviu. PRESTA ATENÇÃO, medíocre, pois não é o imposto sindical que mantém os sindicatos. SÃO AS MENSALIDADES. Portanto, deduzo que VOCÊ deve ser um pagante, e sim, COVARDE, por não ter coragem de se desfiliar.

      Excluir
    6. Volta lá em cima e leia de novo!você não entendeu ou não sabe ler! Eu nunca fui sindicalizado e é exatamente isso que estou falando seu MEDÍOCRE!!!!!!!!!

      Excluir
    7. Volta lá em cima e leia de novo!você não entendeu ou não sabe ler! Eu nunca fui sindicalizado e é exatamente isso que estou falando seu MEDÍOCRE!!!!!!!!!

      Excluir
  6. Devemos todos comparecer a sede do sindasp requisitar nosso dinheiro de volta, ou entramos com ação coletiva contra esse desconto absurdo na mão grande força coragem ...

    ResponderExcluir
  7. Desmascarada!!!! não é de hoje que eu e outros ASP falam das pretensões políticas de Daniel-larapio e sua corja está estampado no sindasp daniel-larapio junto com Paulinho da força sindical o mesmo que defendeu com unhas e dentes o político preso Eduardo Cunha, esse sindicato de merda junto com Daniel-larapio tem as piores intenções possíveis e imagináveis, o poder a qualquer custo, Daniel-larapio no seu cargo vitalício onde sai ano entra ano e o mesmo está lá, o problema desse país é que os brasileiros sabem demais mas não toma atitude e fica esperando um salvador e cochichando os acontecimentos, se alguém vai tirar o Brasil da lama mas o salvador não existe, nossa categoria desunida favorece pessoas de má índole a tramar, especular, enganar e jogar dos dois lados, então todos sabem a verdadeira intenção de Daniel-larapio, por que a categoria não se une para reivindicar uma votação em todo estado de SP para escolher o novo presidente e diretores desse sindicato de merda pelo menos o mesmo estará fazendo nada mas foi os ASP quem o colocou lá, seja para fazer uma boa gestão ou má gestão

    ResponderExcluir
  8. UFA...E A VERDADE VEIO A TONA !SEMPRE DISSE ASP PAGA PRO SINDASP SÓ PRA GANHAR UMA CAMISA ESCRITA POLICIA PENAL NAS COSTAS .AGORA TA VENDO NÉ QUE ALEM DA POLICIA PENAL HA TAMBEM A SIGLA CORRUPÇÃO.PARABENS JENIS PELA DIVULGAÇÃO DESTA MATERIA.

    ResponderExcluir
  9. Vamos pegar esse famoso rato já é hora de começar caçar esse bruxo.

    ResponderExcluir
  10. Quanto tempo sem aumento e esse sindicato sem vergonha ainda roubando o pouco que esses pais de familia ganha,espero que com todas as dificuldades que esse sindasp oferece todos os ASP que tenha um pouco de vergonha na cara desfilie já.

    ResponderExcluir
  11. Pessoal, não adianta ficar de mimimi.... temos que agir de fato contra essa corja chamada SINDASP! O primeiro ato concreto de quem ainda faz parte desse sindicato fraudulento é a desfiliação. E pra quem não faz parte, tem que estimular os companheiros a se desfiliarem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que tem idiotas cegos que acreditam em Grandolfo e João Rinaldo, é igual estes loucos que acreditam em bispo edir macedo, missionario rr soares, padre marcelo rossi, pastor valdemiro santiago, pastor silas malafaia entre outros sem vergonha que roubam a fé do povo pobre.

      Excluir
    2. O imposto sindical roubou além da fé de termos correção salarial, ROUBOU a dia de trabalho do ASP e do AEVP.

      Excluir
  12. Pessoal, o primeiro passo è desfiliar,depois não deixar o tal do grandolfo entrar na cadeia, se ele não nos representa porque deixar ele estar no fundo da cadeia,quem manda là è o guarda, com isso votar no link do blog para o imposto sindical deixar de ser obrigatório.... Pessoal só depende de nós...ATITUDE!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Vcs do estado inteiro,vamos nos unir,contra esse sindasp,o primeiro passo é a desfiliação,eu já fiz a minha há 5 anos atrás,desde que esse cidadão assumiu o comando,o segundo passo é fazermos uma manifestação em frente a sede desse sindicato,de forma pacífica,sem quebra quebra,usando a mente,com cartazes,com a imprensa,mostrado a sociedade,e ao governo(principal cupincha deles),que não aceitamos sermos representados por essa corja,dando entrevista para a tv,dizendo que estamos há 03 anos sem reajuste salarial,e ainda somos achacados de forma imoral por uma entidade que se diz representar a categoria,mas temos que ter um grande número de funcionários,para cercarmos toda a sede,e bloquearmos até o quarteirão todo,duvido,que se fizermos isso,não quebramos a cara desse indivíduo,que é extremamente nocivo a classe,e a repercursão não se dará a âmbito estadual,não tem jeito,ou vamos para cima,ou ficamos de mimimi,na internet,e deixamos eles a vontade curtindo boa vida com nosso suado dinheiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que se caso vingar o protesto, é capaz de chamarem a PM pra descer o chico doce no ASP na porta da sede do SINDASP, pois eles fazem o jogo sujo do governo alckmin e lambem a bota da PM

      Excluir
  14. Na reunião de 2014 Lourival gomes pediu para que o sindasp fosse poupado, que ações contra o Grandolfo não atingissem o sindicato, porra os dois( sifuspesp e sindicop) já sabiam que o sindasp era uma arma do governo, olha essa porra de dejep ideia do secretário, agora, só agora? está na hora dos filiados de ambos darem um pé no cú de todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O partido SD de Paulinho da Força é aliado do "SANTO", das terceirizações, do neoliberalismo, do patronato e da reforma da previdência, tanto que quem fundou a Força Sindical foi dinheiro (sujo) de pequenos sindicatos patronais que eram contra CUT. Detalhe, o Paulinho da Força está enrolado com a Operação Lava Jato, só não está preso (como deveria estar Aécio -pó- Neves, Aloísio -terrorista- Nunes, José -bolinha de papel- Serra, Geraldo -santo- Alckmin, Renan -cangaceiro- Calheiros entre outros pulhas) por causa da imunidade parlamentar.
      Sindicalista que corre com PSDB é bandido, não honra a calça que veste, é vagabundo e logo em breve será lançada a campanha para a desfiliação de pelegos em Presidente Prudente

      Excluir
    2. Desde a epoca do Sarnei que o Sindasp corre com o governo, ele beijou o rosto do Nagashi Furukawa quando inaugurou o CR de Prudente, mas não foi beijo de judas, foi beijo de amizade, agora ele deu beijinho de judas na categoria na greve de 2004, pois eles racharam a greve, passaram os anos e continua a mesma estória

      Excluir
  15. Saudações caro amigo companheiro Jenis, amigos ASP e AEVP! Estou "asposentado" desde 2012 e vi que o suposto AASPESP significa: Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciaria e Funcionários da Secretaria da Justiça, então caros amigos leitores do blog, porquê o SINDASP ou AASPESP ainda não entrou com ação para cobrar imposto sindical dos servidores da justiça, ou seja, "dai a Caesar o que é de CAESAR", então só porque só o ASP tem que pagar imposto sindical e o pessoal da Secretaria da Justiça NÃO? Alguma coisa está errada companheiros de guerra, já que tiveram peito para cobrar de ASP, que é o lado fraco da moeda, porque não descontar o famigerado imposto sindical de juiz, oficial de justiça, promotor, escrevente judiciário, perito entre outros colegas de trabalho da justiça. É só o lado mais fraco que tem que ser cobrado e o resto? O SINDASP deu um tiro no pé e pela experiencia que eu tenho, poderá deixar de existir e se cair para menos de 500 filiados, poderá ser extinto porque perdeu credibilidade com a categoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caraca, falou tudo. E cadê que o tal Sindaspe tem colhões para cobrar de juiz de direito o imposto sindical, você pegou bem na espinha dorsal, isso pode ser debate com a categoria nos blogs de Jenis, Fabio, Batata e Marcos Neto, vamos jogar o sindaspe contra os juizes para cobrar deles o imposto sindical, juiz também é gente igual ASP e deve ser cobrado deles o IMPOSTO SINDICAL!!!

      Excluir
  16. É... Dessa vez podemos admitir... `` O SINDCOP ACABOU COM A RAÇA DO SINDASP ´´ E ai Grandoufo não vai falar nada???? Se deve tar com a pulga (SINDCOP) atrás da orelha, não tem o que dizer para os seus filiados nééé. Dessa vez podemos dizer: É VERDADE... O SINDCOP DESMORALIZOU DE VEZ O SINDASP. Só quero ver sua resposta sobre isso SINDASP, se vocês tiverem coragem de responder é claro...kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. é como vocês dizem ... em nome dos asps somente os funcionários que se ( LASQUEM )... Sua casa tá caindo Grandolfo e só quero ver quando acabar esse sindicatinho e você tiver que voltar pro CHAVÃO ( que com certeza você não sabe nem o que é isso ), só quero ver aonde vão colocar você pra trabalhar, por que não vai existir CR, RDD, CPP, PM, PF, IPA, no estado onde não vão te querer.

    ResponderExcluir
  18. o que acho estranho é que todo mundo fala mal do sindasp e mesmo assim ta cheio de filiados!!
    pessoal so sair todo mundo que acaba esses ladroes vao passar fome
    agora reclamar mas continuar sindicalizado tambem é fogo!!!

    ResponderExcluir
  19. Para os que queriam saber dá demora do ALE do Síndcop tá aí a resposta: graças ao Sindasp vamos esperar mais um tempo para termos o apostilamento dá ação. E agradeçamos o Silask por essa grande vitória. Está demorando até demais para que os filiados do mesmo percebam a grande burrada que é ficar filiado a esta suposta associação.

    ResponderExcluir
  20. Aii, guarda é vagabundo siimm, ratolfo tirando e zuando a categoria e ninguém se mexe...aaa vaiii

    ResponderExcluir
  21. NA VERDADE SINDICATOS AO INVÉS DE BRIGAR PELA CORREÇÃO DO NOSSO SALARIO, ESTÃO UM QUERENDO SER MAIS QUE OUTRO E O OBJETIVOS DE TODOS SEM EXCLUSÃO DE NENHUM SINDICATO, É QUE QUEREM MORDER PEDACINHO DA FORTUNA ARRECADA COM NOSSO DIA TÃO SUADO.

    ResponderExcluir
  22. SINDICATOS BRIGANDO POR NOSSO DINHEIROOOOOOOOO....QUERO VER ELES BRIGAR POR NOSSOS SALARIOS, POR NOSSA CONDIÇOES DE TRABALHOOOOO. BANDO DE VAGABUNDIS....

    ResponderExcluir
  23. E ainda tem otário que acredita nesses cretinos,então ele o "gordo"vai devolver em 2017,o que foi roubado em 2015,acorda ai caros pares!

    ResponderExcluir
  24. Quem acredita em uns caras que sorteiam livros que falam de cadeia? Ou de camisetinhas da PULIÇA PENÀ? Puliça que não existe nem vai existir.

    ResponderExcluir
  25. Kkkkkkk quanta piada nesses comentários kkkkk so prova que Asp na sua grande maioria são massa de manobra ...cada ideia de jerico...ação nada ...uma categoria que tem uma força tremenda mais uma desunião igualmente proporcional...não consegue nem cobrar o próprio reajuste salarial e quer acabar com sindicatos kkkkk... Sindicatos estes que tem tanto empenho e acabar com os rivais que se unissem forças em prol da categoria me arrisco a dizer que seriamos a única categoria que teria reajuste todos esses anos que estamos na secura... Quem com certeza esta dando risada com tudo isso é o desgoverno de SP...com o fim do imposto obrigatório sindical vamos ver o que vai sobrar ...quem sabe parem de brigar para ver quem representa a categoria e juntem forças em prol de seus associados seja la qual cada um pertença...e aqueles que não são sindicalizados formem mais um sindicato kkkkk que tal SNS ou SindnaoSind kkkk Sindicato dos não sindicalizados kkk ...

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.