terça-feira, 23 de maio de 2017

Detento denuncia que foi estuprado dentro de presídio mineiro.

Fonte: G1 Zona da Mata MG.
Detento denuncia que foi estuprado dentro do Ceresp em Juiz de Fora

Vítima disse à PM que abuso mais recente ocorreu no último sábado (20) e relatou o caso ao médico da unidade. G1 aguarda retorno da Seap.

Por G1 Zona da Mata
23/05/2017 08h19 Atualizado há 41 minutos


Detento do Ceresp em Juiz de Fora denunciou que foi estuprado por outros presos (Foto: Reprodução/TV Integração)




Um detento de 22 anos denunciou que foi estuprado várias vezes dentro de uma cela no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) em Juiz de Fora. O caso foi registrado no início da noite desta segunda-feira (22) pela Polícia Miltar (PM).
O G1 entrou em contato com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) e aguarda retorno.
O jovem contou ao médico de plantão que o último dos vários estupros que sofreu ocorreu na noite do último sábado (20) e apontou seis detentos com idades entre 19 e 40 anos como os autores e um de 23 anos que o agrediu fisicamente. O médico comunicou o caso ao agente penitenciário, que acionou a PM.
O rapaz confirmou aos policiais que foi forçado a manter relações sexuais com diversos presos. Ele disse que os agressores usaram força física e que foi ameaçado de morte se contasse aos agentes penitenciários. Ao ser questionado se tinha ferimentos causados pelas agressões físicas, ele disse que não estava machucado. Além disso, explicou que os outros desenharam imagens do órgão sexual masculino no corpo dele.
Os agentes encaminharam o detento para atendimento especializado no Hospital de Pronto Socorro (HPS). Segundo a ocorrência, foi confirmado o ato libidinoso e que o rapaz apresentava laceração anal. Após ser medicado, ele foi liberado e reconduzido até o sistema prisional.
De acordo o Registro de Evento de Defesa Social (Reds), os detentos aprontados como os agressores não foram ouvidos pelos policiais, porque os agentes realizavam um procedimento no sistema prisional. Eles também não foram encaminhados ao Plantão da Polícia Civil porque os militares foram orientados a registrar o caso e encaminhar para a Delegacia Distrital responsável pelo Bairro Linhares, onde fica o Complexo Penitenciário.
A assessoria da Polícia Civil informou que o caso será encaminhado para investigação na 5ª Delegacia.
Polícia investiga agressão a outro detento
Nesta segunda-feira (22), a Polícia Civil abriu investigação sobre a suposta agressão a um outro detento do Ceresp. O rapaz de 24 anos está internado no Hospital de Pronto Socorro (HPS) em estado grave.
A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) também instaurou uma investigação interna para apurar administrativamente o procedimento da unidade durante o atendimento ao preso.
De acordo com a PM, o detento foi internado com insuficiência respiratória e a direção foi informada pelo médico do diagnostico dele, de forte edema na traqueia, provavelmente provocado por enforcamento.
Conforme a ocorrência, ele não quis falar o que causou a lesão. O inspetor que conversou com a equipe informou que o rapaz estava na cela de internação da enfermaria com outros 11 detentos. O autor não foi identificado, mas a ocorrência lista nove suspeitos, com idades entre 22 e 41 anos.

4 comentários:

  1. Pode acontecer. Rapaz novo e sem preparo cai em uma cela, não demonstra a personalidade exigida para o momento, alguém ventila "acho que é" e aí é só lamento. Agora no sistema cheio de desenhos estigmatizadores e apontamentos, terá que viver no seguro. E tem uns que acham que a cultura do estupro nos presídios é coisa do passado. O ergástulo é um lugar estreito.

    ResponderExcluir
  2. Cadeia, pedacinho do inferno na terra. Apesar do cara ser mala, não desejo isso pra ninguém.Tem que apurar e punir exemplarmente os culpados, pois se fazem misso na cadeia podem fazer na rua com nossas mães, filhas e mulheres.

    ResponderExcluir
  3. Foi balançado e tem guarda com dó pelonque eu entendi

    ResponderExcluir
  4. Mais diz a radio ASP que o preso vulgo ``mineirinho´´ estava com um queijo debaixo do braço,ai chegando na cela o outro preso perguntou,e ai mineirinho tem jeito esse redondo ai?ai ele respondeu,mais quem segura o queijo?ai lamentável...

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.