sábado, 27 de maio de 2017

Psicóloga paulista que atuava em presídio federal é assassinada no Paraná.











Fonte: JCNET
27/05/2017 07:00 - Polícia
Psicóloga bauruense que atuava em presídio federal é morta no Paraná
Melissa Almeida foi abordada por homens com fuzis quando chegava em casa; suspeita é de que ação tenha sido orquestrada por facção criminosa
Tisa Moraes


Rogério Ferrarezzi, que está internado na UTI em estado grave, e a esposa Melissa Almeida
Bauruense, uma agente federal que trabalhava como psicóloga na Penitenciária Federal de Catanduvas foi morta a tiros em Cascavel, no Paraná. Melissa Almeida, 37 anos, foi abordada por um grupo de ao menos quatro homens armados com fuzis quando chegava em casa de carro, em um condomínio residencial do bairro Canadá, no final da tarde da última quinta-feira (25).

A suspeita é de que o crime tenha sido encomendado por uma facção criminosa paulista, já que um dos dois homens presos horas depois confessou pertencer à organização. No carro, junto com Melissa, estavam o marido, o policial civil Rogério Ferrarezzi, também baleado, e o filho do casal, de dez meses, que não teve ferimentos.

Com perfurações em várias partes do corpo, Rogério passou por cirurgia e está internado em estado grave na UTI do Hospital Universitário de Cascavel. Também armado, ele reagiu ao ataque e matou um dos integrantes do bando, André Marcelo de Oliveira, 40 anos.

Fotos: Divulgação

Os demais conseguiram fugir em um Cruze, mas dois deles - Wellington Freitas da Rocha, 27 anos, e Edy Carlos Casarin, 42 anos - foram capturados pela Polícia Militar horas depois, no Jardim Colmeia. Nesta segunda abordagem, outro suspeito de envolvimento com o crime foi morto. A identidade dele não foi divulgada.

Com eles, foram localizados dois fuzis calibre 556 com diversas munições e carregadores. Também foram apreendidos uma pistola 9 milímetros e celulares. Na mesma noite, o Cruze utilizado pelos atiradores foi encontrado incendiado e abandonado na rua São Gabriel, a cerca de três quilômetros de distância da casa de Melissa.

À polícia, Wellington confirmou ter ligação com uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios paulistas. Ele e Edy foram encaminhados para a Penitenciária Estadual de Cascavel.

'ATENTADO AO ESTADO'

Fotos: CGN Cascavel


Ataque ocorreu no final da tarde de quinta (25), no bairro Canadá

Veículo utilizado pelos criminosos, Cruze foi achado incendiado

A Polícia Federal de Cascavel tomou a frente das investigações em razão da suspeita de envolvimento de uma facção criminosa e também porque Melissa era uma agente federal. A principal suspeita é de que a bauruense era o alvo do grupo, já que ela tinha, dentro da penitenciária de segurança máxima de Catanduvas, a função de avaliar o perfil psicológico dos detentos.

Em entrevista ao site CGN, Marco Smith, delegado-chefe da Polícia Federal de Cascavel, afirmou acreditar que o crime tenha contado com a participação de outras pessoas, ainda não identificadas. "Não se consegue fazer uma ação da forma como foi feita somente com quatro elementos. O que houve foi um atentado contra o Estado e não podemos admitir que pessoas sejam mortas porque trabalham para o bem da sociedade", observa.
IN
De acordo com o que já foi apurado até o momento, os criminosos não eram moradores de Cascavel e estavam apenas há uma semana na cidade, em um imóvel alugado. Eles vinham monitorando a rotina do casal e, na noite de anteontem, teriam seguido as vítimas até a casa.




O corpo de Melissa foi velado em Cascavel e, na tarde dessa sexta-feira (26), seguiu para o Centro Velatório Terra Branca, em Bauru. Seu corpo está sendo velado no Centro Velatório Terra Branca, salão nobre 1, e seu sepultamento será neste sábado (27), às 15h30, no cemitério da Saudade, em Bauru.


18 comentários:

  1. Deus, Sagrada Família, conforta essa família. Cuida do rapaz que internado está, e da pequena criança para sempre, pois seu Divino Anjo Protetor aqui na Terra dela foi retirado por pessoas más. Assim como Vosso Filho sofreu e crucificado foi por nos amar e para nos proteger para sempre, permita Vós que do Céu a Mãezinha proteja sempre sua filhinha. Pai nosso, esteja sempre com essa família. Amém. Abençõe também os policiais e demais pessoas para que encontrem os culpados e que por juízes honestos e verdadeiros sejam julgados pela lei dos homens ao depois por Vossa Vossa Santa Justiça, pois sabemos que Misericordiosa é Vossa Lei, mas Justa também na mesma Santa intensidade.

    ResponderExcluir
  2. Eu vejo como as psicólogas tratam os adolescentes na fundação e me pergunto se elas não tem o mínimo de malícia ,os moleques combinam o que querem falar,mentem e quando falam mal de um funcionário ,elas são as primeiras a acatar as mentiras e mandar pra corregedoria ,lamentável tudo isso ,sei a intenção é boa ,mas não encontram reciprocidade ,vivem num mundo utópico .Lamentável !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IRMÃO, O QUE TEM HAVER SUA IDÉIA COM O FATO? FICA QUIETO NESSA HORA E NÃO FALE MERDA.

      Excluir
    2. Tenho vergonha da minha classe quando passo a ler os comentários aqui feitos. Como falam merda, meu Deus.. tenha piedade.

      Excluir
  3. Essa é a nossa vida nesse país miseravel ;profissionais da segurança publica sendo assassinados covardemente pelo crime organizado ;enquanto esses politicos filhos da puta estão ai gozando e ainda querendo nos fuder literalmente;REVOLTADO.....

    ResponderExcluir
  4. O BRASIL COPIA TUDO DOS ESTADOS UNIDOS ,ENTÃO POR QUE NÃO TOLERÂNCIA ZERO , AUMENTARAM SEIS VEZES O NÚMERO DE POLICIAIS NAS RUAS , PRENDERAM UM MILHÃO DE BANDIDOS , VIROU UM PARAÍSO , FALTA VONTADE POLÍTICA , E ACABAR COM A BANDIDAGEM DENTRO DO CONGRESSO QUE NÃO VOTAM LEIS PARA PROTEGER O CIDADÃO COMO UM TODO .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo!SE aqui o bandido fosse tratado como são tratados lá nos EUA,o criminoso pensaria 10 vezes antes de puxar o gatilho, pois encararia prisão perpétua(SEM VISITA ÍNTIMA!!!)ou pena de morte.Enquanto isso não muda quem sofre pena de morte é o povo honesto!

      Excluir
  5. Posso estar enganado, mas o Brasil deve ser o país mais leniente e tolerante com o crime em todo o mundo.Até em El Salvador, um país miserável e arrasado por suas guerrilhas, quando um menor comete um crime grave ele pode pegar até 15 anos de cadeia. Aqui nesse circo de horrores não pode nem mostrar a cara de bandido adulto quando vai preso.O resultado são tragédias como essa!Legisladores tenham piedade do povo e mudem logo essa lei nojenta!!!!

    ResponderExcluir
  6. Revoltante, somos vítimas do acaso, políticos corruptos, a anos esse governo coligado ao PCC nos deixa a merse da bandidagem...lamentável e revoltante.

    ResponderExcluir
  7. SE O CRIME TIVESSE ACONTECIDO NO ESTADO DE SÃO PAULO, A MANCHETE ESTAMPANDO A PRIMEIRA PÁGINA DOS JORNAIS, AINDA DIRIA QUE FOI TENTATIVA DE ASSALTO, COMO SEMPRE VEM ACONTECENDO.
    A MÍDIA JOGANDO A FAVOR DO GOVERNO...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado irmão, aq ia ser só mais um caso, o Brasil pegando fogo e a lava jato nem sinal por aq, bem estranho mesmo

      Excluir
  8. EM 2018 é Bolsonaro e bancada da bala para mudar esse cenário lamentável!Que eles não nos decepcionem!!!

    ResponderExcluir
  9. Enquanto nossos governantes forem lenientes, corruptos e covardes isso acontecerá, quem assassina um agente da lei deveria ser condenado a prisão perpétua sem regalias e visita íntima, visita de familiar uma vez por ano através do parlatório, e comida só a fornecida pela unidade prisional.

    ResponderExcluir
  10. Pela condição e situação em que o casal foi atacado, o nosso Estado Democrático de Direito está doente. Realidade difícil e triste. "Números" e "decisões" colaboram para o agravamento da doença.

    ResponderExcluir
  11. Rapaz!!! Que emboscada covarde, pareceu-me que a intenção era mandar um recado a equipe de reabilitação que avalia os presos. Infelizmente a agente penitenciária federal foi executada, nos mesmos moldes que acontecem aqui em São Paulo. Parabéns ao marido treinado e preparado que conseguiu reagir. Que Deus o cure e dê forças para criar o bebê.

    ResponderExcluir
  12. se fazem parte da facção quem ordena estas mortes são os cabeças que estão presos. quando o bolsonaro for presidente todos eles morrerão de mal súbito ...

    ResponderExcluir
  13. Nossa situação é de fato mais grave do que qualquer um de nós pode descrever aqui, dado ao fato de que toda a sociedade tem se tornado dia a dia mais refém, muitos sequer recorrem a qualquer força de segurança quando sofrem algum tipo de violência, e o sistema prisional complacente é "um dos" se não o principal culpado por esta situação...Recorro à fé, faço minha parte buscando ser justo, pois não há Bolsonaro ou qualquer outro salvador a esta altura...Que Deus dê forças a mais esta família!!!

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.