quinta-feira, 11 de maio de 2017

Veja as orientações do Sifuspesp e Sindcop contra a reforma da previdência.



SINDCOP:
Fonte: http://www.sindcop.org.br/sindcop/Portugues/noticia/index.php?acao=detalhar&cod=940

REFORMA DA PREVIDÊNCIA


Em reunião conjunta nesta terça-feira (9/5), dirigentes sindicais decidem intensificar mobilizações em todo o país




Os Sindicatos de agentes penitenciários de todo o país decidiram que a categoria vai entrar em modo de operação padrão nos próximos dias19 e 20. A categoria também vai aderir ao calendário de lutas das centrais sindicais, que culminará numa marcha unificada em Brasília dia 24 contra a retirada de direitos. A decisão foi tomada nesta terça-feira (09/05) em reunião conjunto da Federação Brasileira dos Servidores Penitenciários (FEBRASP) e da Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários (FENASPEN).

Os agentes penitenciários não vão aceitar servir de moeda de troca pelo governo para a aprovação da PEC 287. A intenção do Planalto ficou clara nesta terça-feira depois da terceira retirada da possibilidade de garantia da aposentadoria diferenciada, quando a base governista não permitiu que fosse votado o destaque apresentado pelo PPS para a nova inclusão dos agentes reconhecendo a periculosidade da profissão.

Hoje o governo jogou a decisão para o Plenário da casa na tentativa de buscar o apoio dos agentes ao prosseguimento da PEC, alimentando a esperança de uma aposentadoria especial por meio dela. No entanto, os sindicatos de agentes não aceitam esse papel.
A decisão dos agentes está sendo acompanhada por vários sindicatos de socioeducadores, que também têm sido alijados pelo governo.

Histórico
Desde o início do ano, os sindicatos dos agentes penitenciários têm buscado apoio de deputados federais para apoio à pauta da categoria. No dia 19/04, horas após divulgar a inclusão dos agentes nas regras diferenciadas para aposentadoria, o relator da PEC 287, deputado Artur Maia (PPS-BA), anunciou que os agentes seriam retirados do texto. Depois de muita mobilização, em 03/05, o relator fez uma nova inclusão e horas depois fez mais uma retirada, provocando revolta nos servidores penitenciários.

**Mobilizações**
Os Sindicatos realizarão simultaneamente assembleias gerais com suas bases no dia 16/05. A ideia é consultar os agentes sobre a agenda de lutas proposta pelas lideranças sindicais.
Diante do desrespeito à categoria, a FEBRASP e a FENASPEN vão intensificar as mobilizações contra a PEC 287. Serão organizados atos em várias cidades brasileiras para tentar tirar dos deputados federais compromissos em favor dos agentes penitenciários e contra a PEC 287. Entre os locais da abordagem, estão previstos aeroportos e eventos públicos. Os agentes também vão buscar apoio junto aos vereadores de suas cidades e deputados estaduais para tentar aumentar a pressão sobre os deputados federais que votarão a reforma da Previdência.

Para acompanhar a votação da PEC 287 no plenário da Câmara, agentes do país inteiro seguirão em caravana para Brasília. A organização dessas caravanas se dará tão logo for divulgada a data da votação.

A FEBRASP e a FENAPEN seguirão unidas contra a reforma a PEC 287 e vão unificar a comunicação das entidades em prol do fortalecimento da categoria contra a retirada de direitos.
FEBRASP – Federação Brasileira dos Servidores Penitenciários
FENASPEN - Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários
- See more at: http://www.sindcop.org.br/sindcop/Portugues/noticia/index.php?acao=detalhar&cod=940#sthash.AWJbnMLk.dpuf






Assista o vídeo do SIFUSPESP:







13 comentários:

  1. O sifu arrastou os irmaozinho de caraguatatuba kkkk

    ResponderExcluir
  2. Decisão: O Tribunal, apreciando o tema 499 da repercussão geral, por maioria e nos termos do voto do Relator, desproveu o recurso extraordinário, declarando a constitucionalidade do art. 2º-A da Lei nº 9.494/1997. Vencidos o Ministro Ricardo Lewandowski, que dava provimento ao recurso, e os Ministros Alexandre de Moraes e Edson Fachin, que a ele davam parcial provimento, nos termos de seus votos. Em seguida, o Tribunal, nos termos do voto do Relator, fixou a seguinte tese: "A eficácia subjetiva da coisa julgada formada a partir de ação coletiva, de rito ordinário, ajuizada por associação civil na defesa de interesses dos associados, somente alcança os filiados, residentes no âmbito da jurisdição do órgão julgador, que o fossem em momento anterior ou até a data da propositura da demanda, constantes da relação jurídica juntada à inicial do processo de conhecimento". Na redação da tese a Ministra Rosa Weber acompanhou o Ministro Relator com ressalva. Ausentes, justificadamente, os Ministros Dias Toffoli e Celso de Mello. Impedido o Ministro Roberto Barroso. Presidiu o julgamento a Ministra Cármen Lúcia. Plenário, 10.5.2017.
    decisão de ontem do STF berrou o ale para todos

    ResponderExcluir
  3. E tem ASP que ainda acha que vai se aposentar com 20 anos de serviço pro estado e 10 anos de carteira assinada. VAI PENSANDO QUE TÁ BOM!

    ResponderExcluir
  4. Esse cara do sifu é do PT e faz mais de 2 anos que está afastado.

    ResponderExcluir
  5. Comédias! Ganharam quanto para não fazer uma greve geral nacional??? Operação padrão? Aham... acredito! Plenária comédia na calada da noite? Legal, ein??? SIFU... mesmo!

    ResponderExcluir
  6. O governo através do Ministro da Justiça e do Diretor Geral do DEPEN, se reuniram no início do mês passado com a Fenaspen e Febrasp em Brasília, na pauta: PEC 287 e PEC 308. Referente a PEC 287 (aposentadoria) ainda estava em tratativas, quanto a PEC 308 da Polícia Penal, o governo afirmou categoricamente que não criaria uma nova polícia, porém, apresentou um projeto (outra PEC provavelmente) que incluiria os agentes na Constituição Federal, como função essencial a segurança pública, com isso, seríamos regulamentados na Constituição e, automaticamente, faríamos jus a aposentadoria especial assim como os policiais. Porém, os "representantes" da categoria que encontravam-se na reunião, não aceitaram, argumentaram que lutam pela Polícia Penal desde 2004 e que vão continuar lutanto e blá,blá,blá. Por isso, ficamos a ver navios.....

    ResponderExcluir
  7. Em vez de se unir a esta corja do PT sera que não tem ninguem destes sindicatos que sirvam a dialogar com o Governo de forma pacifica para a inclusão de nos asps na lei dos 55 anos, se la no final eles não derem o que queremos, ai sim partimos para o regaço

    ResponderExcluir
  8. Sindicato está em total descrédito com a categoria. Interesse do sindicato é manter imposto sindical. Quanto mais arruaça eles fizerem em Brasília, mais eles fingem se passar por defensores da classe. Mas não passam de um bando de pilantras . foram lá pra passear com nosso dinheiro . trouxa quem acredita

    ResponderExcluir
  9. Mas para o guarda que leva baforadas de charuto do Diretor de Núcleo que incorpora entidades vai poder aposentar antes dos 65 anos ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa Guarulhos é comédia mesmo. Antes o DSD ia de Skate para a cadeia e hj, faz macumba. Mudam as moscas, mas a merda é a mesma.

      Excluir
  10. Não sei se ja pensaram nisso, mas seria uma boa ideia fazer um movimento em frente da SAP. Marca um dia e horario e todos da Capital ou mesmo do interior que puderem ir, apareçam e fechem a Avenida. É a nossa hora. Nós do CDP de Pinheiros, iremos. Não tem nada com greve e sim, um movimento em prol de uma reforma que não nos prejudique mais do que já estamos sendo com esses 3 anos sem aumento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa ideia! A gente podia ir no horário que tão passando estes programas ao vivo assim teria cobertura. Seria bom ter alguém pra falar com a imprensa.

      Excluir
  11. Devemos fazer uma blitz no congresso,e chamar o GIR (grupo de intervenção rápido), pois assim combatemos esse vagabundo.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.