domingo, 11 de junho de 2017

Defensoria Pública pede apuração de agressão em CDP paulista.


Fonte: O Liberal.

Defensoria Pública pede apuração de agressão no CDP
Órgão realizou inspeções em 29 unidades no Estado, mas conteúdo do documento encaminhado ao MP é sigiloso
O Núcleo Especializado de Situação Carcerária da Defensoria Pública encaminhou ao Ministério Público do Estado um pedido de instauração de procedimento investigatório criminal para apuração de relatos de agressões e abusos a detentos do CDP (Centro de Detenção Provisória) de Americana e de mais 28 unidades prisionais paulistas. Ainda não há manifestação da promotoria e o conteúdo das denúncias feitas pelos presos aos defensores é sigiloso.




O pedido foi feito à Procuradoria-Geral de Justiça e baseia-se nos relatos colhidos por defensores públicos do núcleo em inspeções realizadas em 29 unidades prisionais, durante os anos de 2015 e 2016, entre centros de detenções provisórias e penitenciárias masculinas e femininas, incluindo a unidade americanense, que já é alvo de uma ação, desde 2013, que visa impedir a chegada de novos presos por conta de relatos de superlotação.


No pedido encaminhado ao MP, os defensores públicos Flavia D’Urso e Carlos Isa pedem que os relatos de cada unidade prisional sejam encaminhados para as respectivas Promotorias de Justiça em todo o Estado para devida apuração.

Continue lendo: http://liberal.com.br/cidades/americana/defensoria-publica-pede-apuracao-de-agressao-no-cdp-602125/ - Sede por notícias? Assine O Liberal. Também estamos no Facebook, siga: /Grupoliberal

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.