sábado, 10 de junho de 2017

Policia aborda ônibus de visitas de presos e prende duas mulheres por tráfico na região oeste de SP.


"Bebês" não tinham sido introduzidos ainda.

Fonte da matéria abaixo: G1
Operação aborda ônibus com mulheres de presos de Montalvão e prende duas por tráfico e associação
Barreira foi montada neste sábado (10), na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Prudente. Mais de 300 gramas de maconha foram apreendidos.
Por G1 Presidente Prudente
10/06/2017 17h58 Atualizado há 1 hora

Porções de maconha estavam prontas para ser introduzidas no corpo (Foto: Cedida/Polícia Civil)




Uma operação conjunta realizada pelas polícias Civil e Militar neste sábado (10) prendeu em flagrante por tráfico de droga e associação duas mulheres, de 34 e 38 anos, que pretendiam visitar companheiros presos na Penitenciária de Montalvão, em Presidente Prudente.
As apurações feitas pelos policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) concluíram que familiares de presos da Penitenciária de Montalvão estariam tentando entrar na unidade com droga no interior do corpo.
Na madrugada deste sábado (10), os policiais montaram uma barreira na Base Operacional da Polícia Militar Rodoviária, na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Prudente, e abordaram o ônibus denunciado com as companheiras dos detentos.
Os policiais entraram no coletivo e retiraram as passageiras de duas em duas para tentar evitar que qualquer droga fosse dispensada. As ocupantes do veículo ainda foram qualificadas e identificadas de acordo com as poltronas em que estavam sentadas.
Depois disso, um cão farejador entrou no coletivo e sentiu o cheiro de droga embaixo de duas poltronas onde foi encontrado um invólucro plástico oval que continha uma porção de maconha pronta para ser introduzida no corpo para ingressar na penitenciária.
A poltrona era ocupada por uma das familiares de presos que foi identificada e presa em flagrante.
As buscas continuaram no interior do ônibus, porém, nada mais de ilícito foi encontrado. No fundo do veículo, próximo à geladeira, foram encontradas cartas que acabaram apreendidas, pois faziam menção de que a pessoa responsável pelo ônibus pertenceria a uma facção existente no interior da Penitenciária de Montalvão e comandaria as demais mulheres na tentativa de entrar com droga no presídio.
Lixeira
No entanto, ao ser vistoriada uma lixeira plástica existente na rodovia, próximo ao local onde as ocupantes do ônibus estavam, foram localizados dois invólucros plásticos ovais, semelhantes ao anteriormente apreendido no interior do coletivo, os quais também continham maconha.
Uma testemunha confirmou que a droga pertenceria às duas mulheres presas e ainda afirmou que a guia disse na saída do ônibus, em São Paulo (SP), que cada passageira deveria cuidar de suas coisas, em referência a “drogas”, e não jogar nas poltronas das demais ocupantes.
As três porções pesaram 326 gramas de maconha já prontas para serem introduzidas no corpo para entrar na penitenciária.
As duas mulheres foram levadas para a Dise, onde a Polícia Civil lavrou o auto de prisão em flagrante por tráfico de entorpecente e associação ao tráfico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.