sexta-feira, 23 de junho de 2017

Porque será que só agora um sindicato entrou com ação de inconstitucionalidade contra a SAP?


É óbvio que existe aquela antiga máxima:
Antes tarde do que nunca.

Só que durante todos esses anos (vejam que a LPT existe desde 2006 e os critérios são os mesmos) muitos colegas foram prejudicados e esse sindicato não deu atenção.

Continua abaixo da publicidade:




Lembro como que se fosse hoje, conversei com um advogado desse sindicato (aquele que uma hora fala uma coisa da ação do ALE do Sindcop e outra hora fala outra) e com o presidente, os mesmos me disseram que isso é critério da administração, disseram ainda que a administração pode definir critérios quanto a transferência ou qualquer outro assunto.

Seria porque romperam o laço de vez com o secretário ou porque estão apenas jogando areia por estarem desacreditados e sem credibilidade com a classe?

Se for comentar abaixo, não citem nomes nem de pessoas e nem de entidades, a classe já sabe de quais pessoas e entidade se trata.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.