sábado, 24 de junho de 2017

Presídios paulistas terão leitores e suplentes de leitores de relógios medidores de consumo de água.

Já não basta o déficit gigantesco de funcionários no sistema prisional paulista, como se os poucos  trabalhadores que tem não tivessem o que fazer, já sugeri para a SAP uma forma de reuso de água criado pela Unicamp, onde haveria reuso da água dos chuveiros nos vasos sanitários, mas nem resposta tive.

Nesse projeto é colocado que até em uma casa com cinco pessoas é possível ter economia, imagine em um presídio com 2.000 presos.

O que a SAP faz é parabenizar unidade que jorrava água e com apenas alguns reparos diminuiu a conta de água em mais de 1.000%, ou seja, quem tinha um descaso total com a água e consertou o vazamento depois de anos é parabenizado, mas quem economiza realmente passa despercebido.

Veja a publicação do diário oficial de hoje abaixo da publicidade.







Administração
Penitenciária
GABINETE DO SECRETÁRIO
Resolução SAP - 76, de 23-6-2017
Estabelece a obrigatoriedade da leitura constante
do consumo de água no âmbito da Secretaria da
Administração Penitenciária
O Secretário da Administração Penitenciária, considerando:
- a necessidade de bem aplicar o recurso público;
- a necessidade de se evitar desperdício;
- a informação de que em algumas unidades somente foi
possível descobrir eventuais danos na rede hidráulica após
constatar a existência de vazamentos;
- a necessidade de implantar um efetivo controle do consumo
de água;
Resolve:
Artigo 1º - Todos os órgãos vinculados à Secretaria da Administração
Penitenciária deverão efetuar a leitura dos seus respectivos
relógios medidores de consumo de água (hidrômetros),
para adequado e efetivo controle, a fim de evitar desperdício.
§ 1º - No caso dos estabelecimentos penais, que operam
diuturnamente, a leitura deverá ocorrer todos os dias, inclusive
aos finais de semana, feriados e dias santos, no período compreendido
entre 17 e 18 horas;
§ 2º - No caso das repartições que estão sujeitas ao horário
comercial, a leitura deverá ocorrer em todos os dias úteis, no
período compreendido entre 8 e 10 horas.
§ 3º - Cada dirigente designará um servidor responsável
pela leitura, bem como um suplente, para que o processo de
verificação não venha a sofrer interrupção.
Artigo 2º - A leitura deverá ser registrada na planilha
Controle de Leitura do Consumo de Água (Anexo I), que é parte
integrante desta Resolução.
Artigo 3º - Os dirigentes dos estabelecimentos prisionais, ou
quem por eles for designado, serão responsáveis pela avaliação
diária das leituras, a fim de verificar possível irregularidade ou
alguma situação que possa estar causando aumento indevido no
consumo de água.
Artigo 4º - Os dirigentes das repartições sujeitas ao horário
comercial ou quem por eles for designado, serão responsáveis
pela avaliação diária das leituras, a fim de verificar possível
irregularidade ou alguma situação que possa estar causando
aumento indevido no consumo de água.
Artigo 5º - Caso seja constatado consumo desproporcional em
relação à média diária registrada no estabelecimento penal e/ou
repartição pública, o respectivo gestor deverá adotar prontamente
medidas para identificar e sanar a causa da elevação de consumo.
Artigo 6º - Até o segundo dia útil de cada mês, os dirigentes
dos estabelecimentos prisionais e das repartições sujeitas ao
horário comercial de funcionamento, deverão enviar para as
respectivas Coordenadorias e/ou para os Diretores de Departamento,
as leituras correspondentes ao mês anterior (Anexo II).
Parágrafo Único - As medidas adotadas em face do disposto
no artigo 5º, deverão ser detalhadas em relatório e encaminhadas
aos órgãos competentes, juntamente com o Anexo II.
Artigo 7º - Coordenadorias e/ou para os Diretores de Departamento
deverão avaliar as informações relativas ao consumo de
água registrado em cada unidade penal e/ou repartição pública,
bem como, preencher o Relatório de Consumo de Água que integra
a presente Resolução (Anexo III) e, na sequência, encaminhá-lo ao
endereço eletrônico da servidora Paula Maria Goretti Pudles (pmoliveira@sp.gov.br),
responsável pela compilação das informações
no âmbito da Pasta e pela apresentação dos resultados ao Titular.
Artigo 8º - Esta resolução entra em vigor na data de sua
publicação.

E tem mais!!!! 
No diário oficial de hoje, caderno executivo páginas 15 e 16, você verá como devem ser as planilhas. 
Não é bagunçado não!

10 comentários:

  1. Quero ver quem vão "lagartear" para essa função de leitor de relógio, nem me olhem.

    ResponderExcluir
  2. o que mais existe em cadeias é gasto exagerado de água e luz, vazamentos que ninguém da a mínima e refletores acesos dia e noite!

    ResponderExcluir
  3. eu trabalho a anos em unidades prisionais, ja passei por algumas, e tambem ja fiz diversas sugestoes para economia de agua, mas o agente que quer ajudar fica parecendo o bicho do coco do cavalo do ladrao. ninguem da a minima, na hora que vem a cobrança la de cima, começam a dar "idéias" para economia e ai sim querem que economizamos ao maximo, e aparecem as mesmas ideias que foi dado tempos atras e ninguem estava nem ai , essa é a nossa sap,

    ResponderExcluir
  4. Impossivel acabar com vazamento de água ,tem que trocar o encanamento da penitenciária inteira ,aí coloca uma pessoa pra enxugar gelo.

    ResponderExcluir
  5. Eu estou preocupado com o consumo de água da minha casa. Não vou ligar pra quanto o ladrão tá gastando. Fala sério.

    ResponderExcluir
  6. No Cdp II de Guarulhos, os presos estão lavando os muros internos, acreditem se quiserem, lavando a muralha da unidade com Wap. um gasto imenso de água, sem fundamento nenhum..tanta coisa mais importante pra se fazer...

    ResponderExcluir
  7. Tem se uma solução melhor e so fazer o preso pagar pelo o ele usa ou seja paga pelo uso da agua energia e alimentação. AI sim eles saberão economizar so mexendo no bolso deles porque senão isso nao vai resultar em nada. So mais um serviço pro asp fazer sendo empurrado de goela abaixo.

    ResponderExcluir
  8. essa é pra acabar... vou morrer e não vou ver tudo... ASP Pedestal porta microfone, agora ASP Sanasa, DAE, SABESP puta que pariu esse secretario de merda não presta pra nada mesmo

    ResponderExcluir
  9. Será que vão mandar os ladrões parar de fazer os 5 rapas diários nos raios e celas?

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Sr. Secretário é justamente o que precisamos.
    Nada de Detectores de metal, coletes, viaturas, aumento de efetivo. Só o controle da agua já resolve.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.