sábado, 17 de junho de 2017

Uma das formas que presos carregam celular na cela. (vídeo)

Apesar que no estado de São Paulo é mais criterioso para receber rádio, não lembro de ter visto rádio desse tamanho dentro de celas, carregar até conseguirá, mas esconder é mais difícil, apesar que o tamanho não importa muito, já que existe microcelulares.
Mas enquanto houver fiação de energia elétrica na cela, não será preciso essa artimanha para carregar rádio, assim como alguns presídios colocaram o encanamento na área externa da cela, será preciso colocar a parte elétrica também e blindar o "bico" de luz. Se não há energia, não há como celular funcionar. #simplesassim,.










7 comentários:

  1. Blindar o bico de luz. Caracas meu! Como ninguém pensou nisso antes!!!!

    ResponderExcluir
  2. Essa daí é mais velha do que andar pra frente...

    ResponderExcluir
  3. É verdade Jenis, aqui em São Paulo é mais criterioso o recebimento, as visitas não podem trazer mais como antigamente, as unidades é quem compram, através do Peculio, tanto radios como TV, mas concordo com vc não precisam desta artimanhas todas esta sempre cheio de fiação expostas nas celas na maioria das unidades. Estamos sempre um passo atrás das artimanhas dos detentos, tudo por causa da morosidade do estado, eles não ouvem as partes que convivem diaramente com os detentos, que somos nos agentes, e que conhecem os problemas eles preferem fazer do jeito deles, ai o resultado é esse, estamos sempre enxugando gelo.

    ResponderExcluir
  4. Alguém tem as regras p receber radios e tvs p expor aqui no blog e como é o procedimento em suas unidades? Obrigado!

    ResponderExcluir
  5. Carregar celular no rádio e TV, já é uma prática antiga usada pelo crime.

    ResponderExcluir
  6. Tenho plena certeza que o estado não quer acabar com celular nas cadeias, um simples bloqueador resolve, e há tecnologia para isso, mas se acabar com celular o PCC vai cobrar né

    ResponderExcluir
  7. Há uma prática normativa de segurança adotada com rádios e TVs nos estabelecimentos prisionais; além de serem vistoriados, esses aparelhos são lacrados, a fim de inibir práticas que burlem a segurança. A violação do lacre é passível de sanção disciplinar. No artigo 176, inciso III, do Regimento Interno Padrão temos: §1º - a área de segurança e disciplina deve vistoriar, a qualquer tempo, os aparelhos de televisão, mesmo os novos com lacre de garantia de fábrica, o qual deve ser substituído por lacre da unidade prisional.
    §2º - Após vistoria, a violação do lacre implica na apreensão
    do aparelho. Ainda no Artigo 178: o uso dos meios de comunicação permitidos por este Regimento pode ser suspenso ou restringido por ato devidamente motivado, ficando seu restabelecimento a critério da direção da unidade prisional.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.