sábado, 29 de julho de 2017

Garota de 8 anos vai visitar pai em presídio e é estuprada.

Fonte: G1
Garota de 8 anos vai visitar pai em presídio no AM e é estuprada por conhecido da família
Crime ocorreu durante horário de visita de familiares a presos do Centro de Detenção Provisória Masculino.
Por Andrezza Lifsitch e Suelen Gonçalves, G1 AM
29/07/2017 15h00 Atualizado há 3 horas





Uma criança de 8 anos foi estuprada dentro do Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM II), localizado na BR-174 (Manaus/Boa Vista). O crime foi na sexta-feira (28) e confirmado pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) neste sábado (29). O caso ocorreu durante horário de visita de familiares a presos da unidade. Um detento deve ser indiciado pelo abuso sexual.
De acordo com a secretaria, a criança entrou no CDPM II acompanhada pela mãe para visitar o pai.
O detento suspeito do abuso, de 22 anos, seria conhecido da família da menina. Ele teria ficado sozinho com a vítima e iniciado o crime em uma cela perto da área onde ocorrem as visitas. Após o abuso, a criança relatou a situação aos pais, e a polícia foi acionada.
A Polícia Civil informou que a vítima foi beijada e teve as partes íntimas tocadas pelo homem. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou ter registrado a ocorrência de abuso sexual na tarde de sexta.

O interno foi encaminhado ao 19º Distrito Integrado de Polícia (19º DIP), e posteriormente à Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA), em Manaus, para os procedimentos de flagrante, conforme informado pela Seap. Ele passará por audiência de custódia na tarde deste sábado.

A Seap afirmou, por meio de nota, que serão tomadas todas as providências administrativas cabíveis, com o interno no isolamento por 30 dias e a inclusão da ocorrência na certidão carcerária dele.
Além disso, a Seap comunicou que vai instaurar um procedimento administrativo para apurar a responsabilidade dos funcionários.
MANAU

26 comentários:

  1. Precisa acontecer mais oq para impedirem o acesso a menor de idade nas cadeias? Dane-se que é filho do preso, o preso está sob tutela do estado e é o estado que responde por ele e seus familiares!

    ResponderExcluir
  2. Tem que responsabilizar o juiz que autoriza esse descalabro.

    ResponderExcluir
  3. Instaurar procedimento para apurar responsabilidade dos funcionarios... e a mãe não tem responsabilidade sobre sua filha... é pra acabar mesmo.

    ResponderExcluir
  4. ¨Além disso, a Seap comunicou que vai instaurar um procedimento administrativo para apurar a responsabilidade dos funcionários." É sério isso? ainda querem culpar os guardas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Posto onde tiver livro ata no caminho das visitantes o guarda TEM que registrar por escrito a entrada das visitantes e fazer essa ressalva, que estão entrando menores, recém nascidos e grávidas e que cadeia não é lugar para eles pois tem diversos riscos e que vc é contra isso! O chefe de plantão e o disciplina, ao menos em teoria, teriam q ler oq está escrito e vistar os livros ata... caso dê problema está documentado que vc informou eles e eles é que foram omissos! Pronto, simples assim! Ganhar pro labore nego gosta mas na hora de segurar o rojão correm desesperados e jogam o BO no colo do trouxa que garante o pró labore deles!

      Excluir
  5. o governo deveria proibir entrada de crianças em presidios, recem nascido,cadeia nao é lugar para crianças, onde estao as ongs , que nao veem isso, a grande maioria que esta preso nem olha para seus filhos quando esta na rua , quando vem preso vira esse tormento, triste realidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você.se os pais se preocupassem com os filhos não estariam presos.isso deve acontecer nos presídios paulistas,mas é com certeza abafado

      Excluir
  6. PENA DE MORTE... É A SOLUÇÃO, CHEGA DE SUSTENTAR BANDIDOS...

    ResponderExcluir
  7. O funcionário não está na ceia com o o preso e a visita quem tem de ser responsabilizado é a mãe e o pai ....site da globo sempre quer punição a funcionário público mesmo não tendo responsabilidade...como pode? A decadência da globo é eminente

    ResponderExcluir
  8. A mae leva filho pra dentro da cadeia. La dentro do pavilhao onde ficam, pelo menos aqui em sp, cerca de 200 ( compacta) a 500 presos, larga a filha sozinha na mae de um desses presos e, ainda dizem que vao apurar a responsabilidade dos funcionarios no caso? Tao de brincadeira so pode! Que vao apurar a responsabilidade da mae, governador ou de quem autoriaza a entrada das mesmas nas cadeias. Estes sim sao os iresponsaveis.

    ResponderExcluir
  9. esse caso foi o que a gente ficou sabendo, imagina a quantidade de menores que são molestados dentro das instituiçoes penais, e a culpa é do estado que permite a entrada de criança dentro de um presidio sem monitoramento nenhum, e ficam a merce de qualquer um enquanto a mae, ou outro parente mantem relaçoes sexuais com os internos.

    ResponderExcluir
  10. A SAP autoriza menores a visitar estes tipos de individuos e agora quer apurar responsabilidade de funcionarios, vai la ver na pratica como funciona

    ResponderExcluir
  11. a vagabundagem quer dinheiro se penalizar o vagabundo não tem dinheiro se penalizar o trabalhador ai fica responsabilidade do estado pagar indenização

    ResponderExcluir
  12. E aí, direitos humanos, o que vocês me dizem?Dá pra ressocializar alguém que faz isso com uma criança de 8 anos???

    ResponderExcluir
  13. Já vi caso em caraguá onde mãe visitava o filho,arrumou um peguete com a idade do mesmo,depois começou a levar a filha de 15 anos que também se arranjou e engravidou......chupem essa manga!

    ResponderExcluir
  14. Fato lamentável,sou totalmente contra a entrada de crianças nas unidades, mas enfim, faz parte da ressocialização. Agora vão querer culpar também um funcionário, o funcionário que não pode nem entrar no raio durante a visita, onde estava a mãe e o pai, nos polpe né.

    ResponderExcluir
  15. crianças são proibidas de visitar parentes internados em hospitais, e em presídios são liberados. Vai entender!!!

    ResponderExcluir
  16. O certo é proibir a entrada de menores em presídios e levar eles comerem o hot dog do Marquinhos, o melhor da região.

    ResponderExcluir
  17. VAI VENDO! emanuel
    Jornal Cotidiano 29/07/2017
    JUSTIÇA
    Preso com fuzil 556 é liberado em audiência de custódia no dia 27/07/2017 (...) juiz da 17ª Vara Criminal, a Vara de Audiências de Custódia, José Ronald Cavalcante Soares Júnior. Ele afirma que, “como forma de evitar encarceramento prévio e na tentativa de trazer os indiciados para o convívio social salutar”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela informação amigo Emanuel, postei no blog para debate, abraços.

      Excluir
  18. PRIMEIRO, SE PROVADO O ESTRUPO, O F.D.P DEVERIA MORRER. A MÃE E O PAI DEVERIAM SER PENALIZADOS POR ABANDONO E SABE O FINAL DA HISTORIA? VAI APARECER ALGUM BURGUESINHO METIDO A DIREITO DOS MANOS E PROCESSAR O ESTADO. ALGUEM APOSTA?

    ResponderExcluir
  19. divida do vagabundo na cadeia, ou depois disso o ladrão está dando risada no raio?

    ResponderExcluir
  20. Meu de boa tenho uma filha de 08 anos, independente da culpa de quem for, o filho da puta tem que morrer meu e sinceramente o mais filho da puta dessa história é o pai e a mãe e o vagabundo que estuprou, mas meu de boa eu como agente se eu presenciasse juro, perderia o emprego, responderia o que for mas mataria o desgraçado ninguém merece isso, puta meu quero que tudo se foda só penso nessa menina que merda meu, que mundo do cão !!!

    ResponderExcluir
  21. deve ser cadeia de coisa, porque se fosse de bandidos os proprios teriam dado cabo do vagabundo estuprador, então deve ser cadeia de estupradores....

    ResponderExcluir
  22. Mas que absurdo, meu Deus, um triste e inesquecível sofrimento à criança, mas me pergunto, que pai é esse da criança que não matou o outro ladrão na mesma hora????????????????????????????? Meu Deus, é o fim da picada, mesmo!!

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.