terça-feira, 13 de novembro de 2018

Doria esquece promessa a policiais e coloca general na Segurança Pública de SP. Segundo a Folhapress.

Fonte:Folhapress




Doria esquece promessa a policiais e coloca general na Segurança Pública de SP
O tucano descumpre promessa, porque havia dito durante a campanha que colocaria um policial à frente da pasta

Por: Folhapress em 13/11/18 às 11H41, atualizado em 13/11/18 às 11H52
O general da reserva João Camilo Pires de Campos vai comandar a SSP de SP
Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Itapetininga (SP)

O governador eleito João Doria (PSDB) anunciou nesta terça-feira (13) o general da reserva João Camilo Pires de Campos para comandar a Secretaria da Segurança Pública do estado de São Paulo. Campos foi um dos responsáveis pela área de segurança do programa de governo de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República e passou para a reserva após 48 anos de serviços no Exército.

Ao anunciar o general, o tucano descumpre promessa de campanha de colocar um policial à frente da pasta. Marcos Penido, que deixou a pasta de Subprefeituras de São Paulo, assume a 'supersecretaria' Energia, Saneamento, Recursos Hídricos e Meio Ambiente. Julio Serson, ex-secretário das Relações Internacionais, assumirá uma secretaria especial na mesma área no estado e também será presidente da companhia Investe SP.

Wilson Pedroso, braço-direito de Doria e ex-chefe de gabinete na prefeitura, será chefe de gabinete de Doria no governo. Ele foi bastante aplaudido por militantes tucanos que estavam no evento. Doria já havia anunciado outros nomes. Nesta segunda-feira (12), por exemplo, anunciou que o desembargador Paulo Dimas Mascaretti, ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, será o secretário de Justiça de sua administração.



Anunciou ainda a deputada estadual Celia Leão (PSDB) como secretária da Pessoa com Deficiência. Ela é a primeira tucana anunciada por Doria como membro de seu secretariado. O distanciamento de Doria em relação ao partido vinha sendo criticado por membros do PSDB.

Antes, Doria já havia anunciado três atuais ministros do governo Michel Temer (MDB) para o seu secretariado: Gilberto Kassab (Casa Civil), Rossieli Soares (Educação) e Sérgio Sá Leitão (Cultura). Na campanha eleitoral, Doria usou a gestão Temer para atacar adversários. Em debates e programas de rádio e TV, buscou desgastar seu adversário na corrida estadual, Paulo Skaf (MDB), ao associá-lo ao presidente da República.

Kassab, ex-prefeito da capital paulista e atual ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, tornou-se réu em setembro deste ano devido a ação do Ministério Público de São Paulo que o acusa de ter recebido via caixa dois o valor de R$ 21 milhões durante campanha para prefeito em 2008. Doria e Kassab disseram que as acusações não influenciarão em nada no mandato. Doria também decidiu que a Secretaria de Governo será extinta e suas funções serão executadas pelo vice-governador eleito Rodrigo Garcia (DEM).

Veja no vídeo abaixo o momento que o Dória anunciou o futuro SSP de SP.:





5 comentários:

  1. Desde criança ouvi falar que saci existia...ATÉ HOJE NAO VI NENHUM!

    ResponderExcluir
  2. Ele vai esquecer mais promessas,,, é a cara dele,,,sem surpresas

    ResponderExcluir
  3. Vixi, marcos! Qdo criança eu ate tentei pegar algum saci jogando uma peneira no redemoinho! Num deve existir, nao! Ou será que sao do psdb e fingem que entram no redemoinho e acabam indo de uber mesmo!!! kkkkk! Abç companheiro! Bom dia! emanuel

    ResponderExcluir
  4. Diversas vezes tive a oportunidade de dizer que embora nao tenha votado no Doria ele se tornou nosso governador e, uma vez que irá gerir nosso dinheiro, seria uma burrice minha torcer pra que fizesse uma má gestão e depois ficasse naquela:"tá vendo? eu num disse?". O problema é ver o major Olimpio (um cara em quem votei) se aproximando do Doria pra indicar Janaina Paschoal como presidente da Alesp (não, não tenho absolutamente nada contra ela). Acreditei que estávamos diante de um politico sério (não, eu não acredito em contos da Carochinha). Apenas acreditei que o Major Olimpio tinha se distanciado da velha politica. Acreditei que pensaria mais na população! Que não estava interessado em ficar atrás de cargos pra aliados(as) e, por causa destes cargos apoiasse quem vai contra sua consciência (se é que a tem!). ATÉ BEM POUCO TEMPO ELE (OLIMPIO) NÃO APOIARIA O DORIA PORQUE O PSDB ERA RESPONSÁVEL PELA MORTE DE POLICIAIS E AGENTES (VEJA MATÉRIA DO UOL). SERÁ QUE AGORA, POR CAUSA DE UMA ALIADA, DE UM CARGO NA ALESP, O PSDB TEM A CHANCELA DO MAJOR OLIMPIO PRA CONTINUAR NOS MATANDO???? SEGUE PARTE DA MATÉRIA DO UOL: (...)"Eu não estou apoiando. Eu disse que vou votar no Márcio França, e no segundo turno você vota por exclusão. Os dois (França e Doria) são de esquerda, só que um é do PSDB, responsável direta ou indiretamente na ação ou omissão pela morte de policiais e agentes penitenciários por 24 anos no estado de São Paulo", disparou Major Olímpio, fazendo alusão ao período em que os tucanos governaram o Estado. "E eu só disse que não alimento meu carrasco."... ABRAÇO E BOA NOITE! EMANUEL

    https://noticias.uol.com.br/politica/eleicoes/2018/noticias/agencia-estado/2018/10/17/major-olimpio-liga-doria-a-esquerda-e-diz-que-vota-em-franca-por-exclusao.htm

    ResponderExcluir
  5. Espero que ele esqueça das privatizações também !

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.