quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Sobre o comentário do Ministro da Justiça sobre o SISTEMA PRISIONAL

 "Do fundo do meu coração, se fosse para cumprir muitos anos em alguma prisão nossa, eu preferia morrer"
Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.
Ele ainda classificou os presídios como MEDIEVAL.

Os presídios paulistas e de outros estados estão um CAOS TOTAL, mas o governo federal também tem sua culpa, porque?
O governo federal tem apenas 4 presídios MARQUETEIROS, digo marqueteiros porque esses presídios tem cerca de 150 presos apenas cada um, com essa população é fácil para o governo dizer que os presídios federais são uma maravilha. Só que no Brasil tem mais de 500.000 presos(as).
GOVERNO FEDERAL, vamos cuidar dos presídios também.
 
O comentário abaixo foi feito por um amigo anônimo do BLOG:
 
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta terça-feira que "Do fundo do meu coração, se fosse para cumprir muitos anos em alguma prisão nossa, eu preferia morrer" (sic), onde é classificado por ele como "medieval".
Com esta declaração, o nosso ilustríssimo ministro assume a incompetência na gestão do nosso sistema falido, ficando cada vez mais evidenciado, que a pessoa que deveria nos nortear, partindo do próprio ministro, não tem a mínima noção dessa estrutura. A realidade é bem pior do que a vossa excelência pode imaginar. Em seguida, o ministro acrescentou que o sistema penitenciário precisa melhorar muito para garantir a reinserção dos presos. Perfeito! Mas essa inserção nunca se efetivará enquanto não se observarem as condições para os funcionários, que no frigir dos ovos, é a parte mais prejudicada. A única observação pertinente do ministro é que as nossas prisões ainda são da era medieval, inclusive nós continuamos sendo vassalos, oferecendo aos senhores ou governador, digo suserano, fidelidade e trabalho em troca de proteção. Proteção???

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.