terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Minas inaugura primeira penitenciária privada do País, segundo o R7


Digo segundo o R7, porque me parece que no Paraná já existia um presídio privado.
E em São Paulo teremos uma espécie de "CARANDIRU PRIVATIZADO", conforme você pode ver publicação do diário oficial do estado de São Paulo no link abaixo:
http://jenisandrade.blogspot.com.br/2012/05/estado-convoca-empresas-para.html



Minas inaugura primeira penitenciária privada do País

Presídio em Ribeirão das Neves, na Grande BH, vai abrigar cerca de 3.000 detentos



Carlos Alberto Secom/MG
Prisao






Minas Gerais vai ganhar, a partir desta semana, o primeiro complexo penitenciário totalmente construído e administrado por meio de Parceria Público-Privada (PPP) do Brasil. O presídio, instalado em Ribeirão das Neves, na Grande BH, oferecerá 3.040 vagas, sendo 608 para cada uma das suas cinco unidades. O consórcio Gestores Prisionais Associados (GPA) será o responsável por gerir o local, em um contrato com duração de 27 anos. Foram investidos R$ 280 milhões na nova penitenciária.

O complexo é destinado aos detentos condenados, do sexo masculino, que não sejam chefes de quadrilha e cumpram pena em regime fechado ou semiaberto por crimes que não sejam considerados violentos. A Secretaria de Estado de Defesa Social, no entanto, não revelou outros detalhes sobre o perfil estabelecido. Cada cela poderá abrigar quatro presos no regime fechado ou seis no semi-aberto.


Inicialmente, 608 detentos de outras unidades prisionais do Estado vão ser transferidos para o primeiro prédio inaugurado. A previsão é que eles comecem a chegar já na próxima sexta-feira (18) e, em três semanas, ocupem metade das vagas. O subsecretário de Administração Prisional, Murilo Andrade, ressalta que o consórcio responsável pela administração deverá cumprir 380 indicadores de desempenho para receber o repasse integral do Governo.

As metas incluem a obrigatoriedade de que 100% dos presos trabalhem e estudem. O gestor privado será responsável ainda por oferecer assistência médica, odontológica, social e jurídica aos detentos a cada dois meses. O complexo é o primeiro de Minas a oferecer terapeutas ocupacionais. O subsecretário acredita na novidade como uma forma de "desafogar os presídios de BH e região metropolitana".

— Vai melhorar com certeza o nosso trabalho e diminuir a superlotação, além de auxiliar na ressocialização dos detentos. É uma alternativa que estamos testando.

O consórcio responsável pela gestão é formado por cinco empresas: CCI – Construções S/A, Construtora Augusto Velloso S/A, Empresa Tejofran de Saneamento e Serviços, N.F Motta Construções e Comércio e o Instituto Nacional de Administração Prisional (INAP). Até o final de 2013, as outras quatro unidades do complexo penitenciário devem ser inauguradas.

10 comentários:

  1. Do jeito que a coisa anda é melhor privatizar tudo mesmo e redirecionar o Servidor para outro setor.
    Deixe que um funcionário de empresa de segurança conte Raio, tranque, conte, separe boia, puxe carrinho, empacote alimento em dia de visita, passe boia no raio x, aguentem encheção de saco de preso o tempo todo e outras cositas mais, não iremos perder nada só ganharemos.

    ResponderExcluir
  2. VCS.ESQUECERAM ESTAMOS NO BRASIL ACORDEM ISSO VAI DAR OQ FALAR AGUARDEM É SO UMA QUESTÃO DE TEMPO.

    ResponderExcluir
  3. Jenis, isso a hora que embalar em Sampa vai ser uma febre, escute o que estou falando, vai sobrar vaga para preso bonzinho, é uma tendencia, São pessoas interessadas fazendo vagas para eles mesmos, consorcios que são testas de ferro de políticos e empresários que bancam as falcatruas Brasil a fora. O José Dirceu, o Delubio e tantos outros já estaãoprovidenciando um consorcio para contruir uma dessas em São Paulo, conforme a expressão querem estar defato "em casa". Guarda pra trabalhar nessa Unidades tambem é o seguinte em, cabelo repartido,zoio verde e aparelho no dente, se for curinthiano já não pode .

    ResponderExcluir
  4. http://www.inapbrasil.com.br/index

    ResponderExcluir
  5. Reparem na foto colegas. Penita, mesmo sem presos tem que estar tudo fechado. Se vcs prestarem atenção vcs vão ver que desde a entrada até o fundo do patio ta tudo aberto. Não tem aparencia nenhuma de fortaleza. Nem escola é aberta desse jeito.Comédia demais essas minas gerais em...

    ResponderExcluir
  6. Ai pessoal,esses funca contratados vao virar lagartos de ladrao eles vao encher os ladrao de celular e outras coisitas mas e fora que vao fazer tudo que os presos querem ,ai depois que estiver tudo fora de controle eles devolvem a bucha para o estado e so questao de tempo e todos veram!!!

    ResponderExcluir
  7. O sub secretário de BH diz que é uma alternativa que estamos tentando, e faz um contrato com duração de 27 anos...o PSDB Gosta destas privatizações.

    ResponderExcluir
  8. acho isso muito bem deveria fazer no estado de sao paulo,pois assim o pessoal valorizaria mais o trabalho tem asp que falta a toa no trabalho, licença médica ai o outro tem que fazer o trabalho de 02 03 funcionario, sem contar a falta de funcionarios e o estado nao pode contratar, pois tm pessoas que viram diretor ou passa a ser direitor e fica lotado naquela penitenciaria , ma é dietor em outra, ficando o mesmo cadastrado naquela unidade e o estado não contrata mais funcionario, pois o quadro está completo e ai sobrecarrega o funcionario que esta trabalhando, se forassim é melhor privatizar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro colega, eu passei por uma privatização por isso que estou no Sistema, no que você diz trabalhar por dois ou três, numa firma privatizada você trabalha e ganhando a metade que ganha e se não tiver bom mandam embora e se você aguentar aí chega a idade avançada e te mandam embora do mesmo jeito. pense nisso! a idade chega para todo mundo. boa sorte!

      Excluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.