domingo, 6 de janeiro de 2013

Quase 35 mil celulares foram apreendidos em 2012 nas prisões brasileiras



Parabéns aos servidores penitenciários que fizeram essas 35 mil apreensões somente nesse ano, isso prova a competência e profissionalismo desses servidores.

O descaso fica por conta dos DESGOVERNOS que não investem em BLOQUEADORES, RASTREADORES de celular e SCANNER CORPORAL.



Fonte: http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/quase-35-mil-celulares-foram-apreendidos-em-2012-nas-prisoes-brasileiras

Quase 35 mil celulares foram apreendidos nas prisões em 2012

Esse número representa uma apreensão a cada quinze presos, levando em conta que a população carcerária do país é de cerca 550 mil pessoas






Giuseppe Cacace/AFP





O Estado investiu nos últimos quatro anos um total de R$ 17 milhões em equipes para detectar a entrada de telefones nas prisões



Brasília - As autoridades brasileiras apreenderam 34.945 celulares nas prisões brasileiras no ano de 2012, de acordo com um balanço publicado neste domingo pelo jornal 'O Globo', sobre base de dados oficiais.

Segundo a publicação, esse número representa uma apreensão a cada quinze presos, levando em conta que a população carcerária do país é de cerca 550 mil pessoas, de acordo com o Ministério da Justiça.

'É necessário um maior investimento em equipamentos e em uma melhor capacitação dos agentes penitenciários', declarou o coordenador de Inteligência Penitenciária do Ministério da Justiça, Washington Clark, que admitiu que o elevado número de telefones em mãos dos presos é um problema ainda não resolvido.

O Estado investiu nos últimos quatro anos um total de R$ 17 milhões em equipes para detectar a entrada de telefones nas prisões e bloquear os sinais nos presídios, mas foi insuficiente.

Os celulares chegam clandestinamente às prisões das formas mais inusitadas, como o demonstrou esta semana a 'captura' de um gato que entrava a um presídio com um telefone celular, um carregador, quatro baterias e até serras aderidas ao corpo.

O chamado 'gato-mula' foi detectado pelos agentes da prisão Desembargador Luiz de Oliveira Souza, na cidade de Arapiraca, no estado de Alagoas.

Segundo disseram fontes oficiais, o gato foi criado por um grupo de presos, que depois o entregaram para familiares que, por sua vez, o adestraram para entrar e sair do presídio por conta própria. EFE

8 comentários:

  1. Já fiz muitas apreeçoes de celular em dia de Blitz, no começo achava e entregava inteiro para diciplina, depois que me liguei que os gatunos embolsava os bonitões para eles, agora so entrego depois de ESTOURA no clique o celular, ta tirando pó, o trouxa aqui achando que o aparelho vai para inteligência da SAP...cdp guarulhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O sistema está completamente falido, pois para se conseguir disciplina dentro do Raio a diretoria tem que recorrer ao comando PCC. Precisa falar mais alguma coisa!

      Excluir
    2. ué, se a disciplina pega os celulares para eles, pq vc ainda não comunicou o caso à corregedoria ou pelo menos ao DG. Até onde eu sei, celular vai para a delegacia e nao para a inteligencia da SAP. Outra coisa, celular quebrado não serve para nada... vc se acha esperto quebrando o telefone, mas tb não passa de um babaca, assim como seu disciplina que embolsa o celular...

      Excluir
    3. Corregedoria SAP???....kkkkkkkkkk...kkkkkkkkkk

      Excluir
  2. Porque essa porra de secretaria não investe em bloqueador de celular (medo do PCC??????). Qualquer trouxa sabe que isso é uma tecnologia barata e até os ladrões de carga tem (bloqueia até rastreador via satélite). Quem vê reportagens do da Band e Record sabe o que falo. Assim nós ASPs não ficariamos perdendo tempo com apreensões de celular, coisa que nos faz perder tempo.

    ResponderExcluir
  3. Se o Brasil tem 550.000 prisioneiros,acredito o que se precisa rever 'sao as leis ultrapassadas, pois a demora nas liminares e Harbeas Corpus contribiu para que cada vez mais esse número aumente. Tem prisioneiros que ficam morgando pois os advogados da OAB nao fazem questao de pegar a causa pois recebem menos de um salário mínimo. E os juízes parecem sempre de mal humor, de mal com a vida deles próprios e indefere quase todos os processos. Nao somente os presídios devem se atualizarem , as leis, os foruns (recesso forenze-de natal? que é isso minha gente). Vocês tiverem recesso? eu nao.

    ResponderExcluir
  4. O colega ai em cima se achando espertão que vc acha que vai acontecer se vc chegar pro seu DG e falar que o disciplina ta pegando os celulares que vc encontra no raio pra ele? qual palavra tem mais peso a de um ASP ou a do disciplina? quantos guardas vão ficar do seu lado? uque vc vai arrumar é um bonde ou só cara feia na unidade. E o bloqueador de celular se colocar nas cadeias onde ta os chefões no primeiro fim de semana as cadeias do estado todas quebram a cadeia é do ladrão CDP com 2.300 presos se eles quiserem eles colocam até as paredes a baixo ja vi isso no penita de irapuru derrubaram parede que separa radial do raio o unico jeito é construindo novas penitas pra desafogar as cadeias que estão superlotadas.

    ResponderExcluir
  5. MUITO SIMPLES: corte a energia das celas!!! Sem energia não tem como carregar os celulares. Medida simples e muito economica! E tem mais, todos nos sabemos o desperdicio que há nas penitas do estado de SP. Um simples ex.(agua, luzes e tvs) ligadas dia e noite sem parar, quanto desperdiço!!! Nao são eles que pagam né!!! RESULTADO $$$! SEM ENERGIA = SEM CELULAR, SEM DESPERDICIO, SEM INFORMAÇAO, SEM TROTES, ... SEM TODAS AS PATIFARIAS QUE TEM NAS PENITAS.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.