sábado, 13 de abril de 2013

Convênio entre DPME e IAMSPE confunde servidores após matéria de sindicato sem esclarecimento.

Veja que ocorreu um convênio entre o DPME e o IAMSPE possibilitando que as PERÍCIAS MÉDICAS sejam feitas em clínicas conveniadas com o IAMSPE. Possivelmente haverá dificuldades para os servidores durante a implantação desse convênio, em Campinas as perícias serão temporariamente agendadas na sede do DPME.

Acredito que  não tem nada haver com a INCORPORAÇÃO do ALE comentado por alguns companheiros nesse blog, isso é apenas a politica do governo de "privatização" do sistema de saúde no estado.

Sugiro aos sindicatos que façam matéria esclarecedoras sobre o assunto aos companheiros, independente se vai piorar ou melhorar, inclusive o sindicato que postou a matéria sobre as pericias em Campinas tem um diretor que cuida apenas do assunto SAÚDE do SERVIDOR,  os DRHUs de todas secretarias participaram de palestras sobre esse convênio em fevereiro desse ano, segundo o comunicado da Gestão Pública, procurem o DRHU #ficaadica.

Companheiros(as) comentem se mudou algo em relação as PERICIAS MÉDICAS na sua cidade.

Vejam o comunicado sobre o convênio entre o DPME e o IAMSPE:

GESTÃO PÚBLICA
COMUNICADO DPME Nº 005, DE 09/04/2013
O Diretor Técnico de Saúde III, do Departamento de Perícias Médicas do Estado – DPME, no uso das competências que lhe são atribuídas, comunica:

Orientação aos Servidores e Órgãos Setoriais de Recursos Humanos
Em abril de 2013, teve início o Convênio DPME/IAMSPE, para Descentralização das Perícias Médicas dos servidores estaduais. A implantação do Convênio nos municípios do Estado teve início no dia 01/04/2013, com a região de Bauru (COMUNICADO DPME Nº 002, de 28 de MARÇO de 2013), seguida de mais 29 pólos no dia 08/04/2013 (COMUNICADO DPME Nº 003, de 03 de abril de 2013), retificado para a região de Campinas no dia 08/04/2013 (COMUNICADO DPME Nº 004, de 08 de abril de 2013) e continuará gradativamente até o mês de Julho, quando abrangerá todos os municípios do Estado. Estejam atentos para futuros comunicados.

Os servidores lotados nos municípios onde o convênio já estiver implantado deverão proceder da seguinte forma:
1) Para solicitar o agendamento de perícia médica, o servidor deve comparecer ao setor de RH da sua unidade, em até 24 horas após a expedição do atestado médico;
2) Após a solicitação do servidor, o setor de RH deve fazer uma requisição de agendamento de perícia médica, pelo sistema online, disponível no endereço eletrônico http://periciasmedicas.gestaopublica.sp.gov.br/eSisla;
3) É importante que as informações de contato do servidor (telefones e e-mail) sejam confirmadas no ato da solicitação de agendamento da perícia e devidamente registradas no sistema;
4) A requisição de agendamento será encaminhada para a Central de Atendimento do IAMSPE, que entrará em contato com o servidor em até 72 horas, informando local, data e horário da perícia médica;
5) O servidor poderá acompanhar o agendamento de sua perícia médica, a qualquer momento, pelo mesmo endereço eletrônico, no campo Consulta – Servidor, informando seu CPF /RG e data de nascimento, e selecionando a opção Agenda;
6) Na data e horário indicado pela Central de Atendimento, o servidor deverá comparecer à clínica especificada, munido do Comprovante de Agendamento, de documento pessoal com foto e dos exames/atestado médico que fundamentam o pedido.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES
Conforme Resolução SGP 27, de 24 de maio de 2012, o número de dias de afastamento deve constar no atestado médico. Caso contrário, o setor de RH não poderá efetuar a requisição de agendamento;

Até a implantação completa do Convênio, o procedimento com relação aos demais servidores será mantido.

Os Órgãos Setoriais de Recursos Humanos podem entrar em contato com o DPME, para dúvidas em relação ao sistema online, por meio dos telefones (11) 3386-5099/5096 ou pelos emails cvictorio@sp.gov.br ou anacordeiro@sp.gov.br O atendimento para o público em geral será realizado de segunda a sexta, das 8h às 16h, nos telefones (11) 3386-5003/5008.


Segundo esse comunicado, na região de Bauru as pericias já são feitas em novas unidades.
Comunicado
GESTÃO PÚBLICA
COMUNICADO DPME Nº 002, DE 28/03/2013
O Diretor Técnico de Saúde III, do Departamento de Perícias Médicas do Estado –
DPME, no uso das competências que lhe são atribuídas, comunica que tendo em
vista o início das atividades do Convênio com o IAMSPE, a partir de 01/04/2013
os servidores lotados nos municípios abaixo relacionados serão direcionados às
novas unidades de atendimento, conforme instruções passadas nas palestras dos
dias 08/02/2013 e 22/02/2013 para os Órgãos Setoriais de Recursos Humanos
das Secretarias de Estado.
Seguem os municípios:
Agudos
Arealva
Avaí
Balbinos
Bauru
Borebi
Cabrália Paulista
Duartina
Iacanga
Lençóis Paulista
Lucianópolis
Paulistânia
Pederneiras
Macatuba
Pirajuí
Piratininga
Presidente Alves
Reginópolis
Ubirajara
Dúvidas com relação ao novo sistema online podem ser tiradas por meio dos
telefones: (11) 3386-5099 / 5096, ou pelos e-mails: cvictorio@sp.gov.br ou anacordeiro@
sp.gov.br. (somente Órgãos Setoriais de Recursos Humanos)
O procedimento com relação aos demais servidores será mantido.
Atendimento ao público em geral: 3386-5003 / 5008 – horário de atendimento
das 08h às 16h.
IMPORTANTE: Os Órgãos Setoriais de Recursos Humanos devem confirmar e
atualizar com o servidor, no ato da solicitação da perícia, os dados referentes à:
e-mail, telefone fixo e celular. Tais informações são imprescindíveis para o contato
da Central de Agendamento.







Servidores públicos de Campinas terão que fazer perícia na sede do DPME temporariamente.
Comunicado
GESTÃO PÚBLICA
COMUNICADO DPME Nº 004, DE 08/04/2013
O Diretor Técnico de Saúde III, do Departamento de Perícias Médicas do Estado
– DPME, no uso das competências que lhe são atribuídas, comunica que as
perícias médicas dos servidores da Região de Campinas, serão temporariamente
agendadas na sede do DPME.
Relação de municípios da Região:
Americana
Artur Nogueira
Campinas
Cosmópolis
Engenheiro Coelho
Estiva Gerbi
Holambra
Hortolândia
Indaiatuba
Itapira
Jaguariúna
Mogi Guaçu
Moji Mirim
Monte Mor
Nova Odessa
Paulínia
Pedreira
Santa Bárbara d’Oeste
Santo Antonio de Posse
Sumaré
Valinhos
Vinhedo


Veja endereço e telefone do DPME.
DPME - Departamento de Perícias Médicas do Estado
Av. Prefeito Passos s/nº - Várzea do Carmo - Glicério - São Paulo - SP - CEP 01517-020
FONE: (11)3386-5003 e 3386-5008

8 comentários:

  1. Será que poderá ser feita a pericia na cidade onde mora, não mais necessariamente na cidade onde esta lotado?

    ResponderExcluir
  2. TJ-SP aprova remissão de pena; 30 dias de leitura menos 4 dias

    O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) instituiu na quinta-feira a diminuição de pena pela leitura. A minuta foi aprovada pelo corregedor-geral do Estado, o desembargador José Renato Nalini.

    O documento prevê que para cada 30 dias de leitura, o detento terá uma redução de quatro dias na pena. A proposta apresentada por juízes assessores da Corregedoria Geral da Justiça (CGJ) afirma que uma mudança no artigo 126 da Lei 7.210/84 torna possível a remissão da pena pelo estudo, antes aplicada apenas ao trabalho.

    O texto da minuta considera a leitura como um trabalho intelectual, além de ser uma atividade que contribui para o processo de reinserção social dos presos "pela capacidade de agregar valores ético-morais à sua formação".

    "A proposta demonstra a crença do Poder Judiciário pela leitura, como método factível para o alcance da reinserção social dos presos, preconizando um sistema penitenciário orientado a promover, estimular e reconhecer os avanços e progressões dos sentenciados, contribuindo, destarte, para a restauração de sua autoestima, na perspectiva da harmônica reintegração à vida em sociedade, objetivo principal da execução de pena", reza o documento. A iniciativa é inédita no Estado. Goiás, Paraná, Piauí e Santa Catarina já adotaram práticas semelhantes.

    Apenas os presos que saibam ler e escrever poderão se beneficiar da medida. A participação será voluntária e a seleção dos detentos feita por uma comissão, nomeada e presidida pelo diretor da unidade carcerária.

    Os presos terão até 30 dias para a leitura de uma obra e deverão apresentar uma resenha a respeito do tema, que fica sujeita à correção para validação do período de estudo. Um mês de leitura reduzirá em quatro dias o tempo de reclusão da sentença. A cada ano, a decisão do TJ-SP permitirá que o preso desconte 48 dias da sua pena total.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, Jenis. Qual o procedimento para DESFILIAÇÃO do SINDICATO. AGUARDO RETORNO....

    ResponderExcluir
  4. MORO EM GARÇA SP,TRABALHO EM ALVARO DE CARVALHO SP,SÃO MAIS DE 400KM,ESTOU AFASTADO ,DESDE 07 DE MAIO,POR 45 DIAS, E AGENDARAM MINHA PERICIA PARA 02 DE OUTUBRO 2013 EM SP,RECORRI A OUVIDORIA DA GESTÃO QUE POR SUA VEZ RESPONDEU QUE NÃO PODIA FAZER NADA A RESPEITO,AGORA MEU MEDICO ME AFASTOU POR MAIS 45 DIAS E FOI AGENDADO A SEGUNDA PERICIA PARA O DIA 10 DE DEZEMBRO DE 2013,EM SP TAMBÉM,PEDI NOVAMENTE PARA QUE A OUVIDORIA TENTASSE OU REAGENDAR AS PERICIAS PARA ALGUMA CIDADE MAIS PROXIMO DA MINHA RESIDENCIA,OU QUE PELO MENOS FOSSE FEITAS AS DUAS NA MESMA DATA,TENDO EM VISTA SER O MESMO PROBLEMA DE SAUDE ,MESMO CID ,E MESMO MEDICO.
    NO SITE DO DPME ELES FALAM TANTO EM DESCENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS ,O QUE É BOM PARA ELES E PARA OS FUNCIONARIOS QUE PRECISAM DELES,MAS PARECE QUE NA PRATICA ISSO NÃO TEM ACONTECIDO.POIS VOU TER QUE IR A SP COM PASSAGENS CUSTEADAS PELO ESTADO 2 VEZES ,TUDO ISSO PODERIA SER ECONOMIZADO,ESTOU NO AGUARDO DA RESPOSTA DA OUVIDORIA DA GESTÃO.
    TORÇAM POR MIM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou com o mesmo problema, moro no ABC - SP e hoje a secretaria tentou marcar minha pericia, só tinha vaga p/ PRESIDENTE PRUDENTE!! São mais de 600km de onde moro!! Não existe isso de "descentralização" eles querem que os professores voltem a trabalhar de qualquer jeito!!!

      Excluir
  5. Um absurdo .....vc passar por um Pronto socorro,o médico te fazer uma pre avaliação e diagnosticar q o teu caso em especifico necessita de 15dias de repouso mediante radiografia e laudo. E ao realizar a pericia o perito contestou os dias alegando q cid da doença nao requer tantos dias de repouso e o meu trabalho de agente nao requer esforço fisico. Robison

    ResponderExcluir
  6. Boa Noite,Jennis, resido em São Paulo, Capital e minha perícia foi agendada para a Cidade de Caraguatatuba, cerca de 180 km de distância, gostaria de saber, se possível se minha passagem uda e volta pode ser custeada pelo Estado, obrigado, seu blog é excelente!

    ResponderExcluir
  7. Esse convenio, nada mais é que uma comilança de dinheiro, um roubo uma puca vergonha

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.