terça-feira, 9 de abril de 2013

Governo de SP veta PL que desobriga exclusividade com Banco do Brasil em empréstimos consignados.

Em muitos estados, os servidores podem fazer empréstimos consignados com o banco que tem o menor juro, aqui no estado de São Paulo, podemos fazer empréstimos consignados apenas com o Banco do Brasil, uma deputada criou um projeto de lei sobre o assunto, foi vetado pelo governador e agora voltou para a ALESP.
Se pudéssemos fazer empréstimos consignados em qualquer banco, poderíamos escolher o banco que tem a menor taxa de juro.


Veja o projeto:
http://www.al.sp.gov.br/propositura?id=964656

19 comentários:

  1. Acho que tbem nao é do interesse do sindicato pois são ate correspondente bancário do mesmo, vamos mandar email denunciando para o CADE.

    ResponderExcluir
  2. Cade atesta cumprimento de acordo por parte do BB em consignado
    O Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica - Cade aprovou, nesta quarta-feira (3/4), despacho do conselheiro Marcos Paulo Veríssimo que atesta a renúncia, pelo Banco do Brasil - BB, da exigência de exclusividade para operar crédito consignado em contratos mantidos com órgãos públicos. Em outubro do ano passado, o Cade exigiu do BB o fim da exclusividade por meio da assinatura de Termo de Compromisso de Cessação de Prática - TCC (Processo Administrativo nº 08700.003070/2010-14).

    Com o TCC, o Cade garantiu as condições de concorrência necessárias para que órgãos públicos possam firmar contratos com outros bancos na oferta de credito consignado a seus servidores. Para efetiva operação de crédito a partir das folhas de pagamento, no entanto, é necessário que os órgãos públicos credenciem novas instituições financeiras, procedimento que depende da negociação entre cada instituição financeira com os órgãos públicos.

    A partir do fim da exigência da exclusividade por parte do Banco do Brasil, os servidores podem pleitear junto aos órgãos públicos a que estão vinculados o credenciamento de novas instituições financeiras, de modo a terem acesso a crédito consignado ofertado por outros bancos.

    Assessoria de Comunicação do Cade
    (61) 3221-8518 / 3221-8444 / 9132-2193

    ResponderExcluir
  3. ainda bem pois esse banco do brasil so esta deixando a desejar pois o caixa pagou -me uma nota falsa de 50 reais quando fui pagar minhas contas no dia seguinte em uma loja foi indentificado , retornei ao banco e o gerente me disse que não podia fazer nada pois eu ja saira do banco podia pegar em qualquer lugar eu disse a ele que minha fonte de renda sempre foi o estado e não possuo outra renda, ele disse pra eu procurar meus direitos fosse a delegacia fizewsse o que quizesse pois não tinha mais nada a fazer eu falei mais que banco e´esse que o funcionario do caixa não conhece a nota falsa e paga aos cliente ele disse que não são obrigado a reconhece-las pois só o banco central e eu que sou cliente sou obrigado quer dizer que o caixa pode fazer o que quizer que o cliente fica com o prejuizo e o banco não tem responsabilidade sobre o caso banco caiu no meu conceito!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vá a justiça , pois eu fui e venci esta banco na 1 e 2 instancia e tiveram que me indenizar !!!

      Excluir
  4. Não precisamos ir muito longe, a própria Caixa Federal dispõe de juros mais acessíveis que o BB, sendo que ambos são controlados pelo Governo Federal. A quem e para que interessa essa "reserva de mercado" do BB? O Governos Estadual deveria se empenhar em criar as melhores condições para o funcionalismo estadual e não ficar criando impecilhos. Logo essa "reserva de mercado" seja para consignado, seja para folha de pagamentos, chegará ao fim e esses bancos estatais que ainda restam deverão efetivamente trabalhar para conquistar seus clientes.

    ResponderExcluir
  5. Banco do Brasil perdeu a exclusividade desde 10/2012, CADE tirou o monopólio da exclusividade, mais como sempre São Paulo esta com a folha de pgto vendida até 2014, porque depende de cantar no diário oficial para ter valor essa lei, e quem faz isso e o nosso Governo rapaziada...entao...

    ResponderExcluir
  6. Concordo plenamente, temos que denunciar esse abuso por parte do Governo e agora com cumplicidade do Sindicato, até quando gente, vamos acordar, o companheiro aí em cima tem razão, o sindicato tem divulgado essa parceria com o Banco do Brasil, com certeza eles não vão nos defender junto ao governo. Acordem companheiros, assim como acontece em prefeituras municipais, com o estado não tem sido diferente, o governo quando estuda alguma migalha aos func. publicos, eles avisam antes o sindicato que por sua vez inicia uma "campanha" (mas já sabendo o que vai ganhar e o que não vai), gente chega, basta... não sou filiado mais, agora cabe aos nossos companheiros desfiliar-se disso aí, e deixar sem representante, quem sabe assim o governo talvez nos de atenção depois de uma greve total e sem controle. Acordem só quem ganha aqui é o Governo e o Sindicato!!!

    ResponderExcluir
  7. O LOOOOCO, tem mais de mês que esse projeto foi vetado pelo nosso amado, adorável Governador, um projeto de extrema importância não só para nós agentes, mas pra todos servidores do estado, e algo me chama muita atencão, o SINDICATO... e a associação, não divulgaram isso aí, será pq eles correm com o Governo, e tmbem não tem interesse em tirar a exclusividade do banco do brasil, pq ganham alguma coisa. É colegas, meu irmão é funcionário mun. e fez emprestimo na caixa federal consignado à 1,12 %, sabemos de outros bancos que tem melhores taxas tambem, já vi colegas sendo humilhados por gerentes do bb, e não podem se quer procurar outros bancos.... que vergonha, não de ser agente, mas de lidar com um gorverno e sindicato tão podres.

    ResponderExcluir
  8. Num sei pra que a xiadera.
    Cum esse "mega salário" quem que pricisa de impréstimo?
    Nóis é caipira mais num é besta...ou será que somos?

    ResponderExcluir
  9. Os funcionários do Senado Federal, dispõem de taxas de financiamento a partir de 0,60% ao mês, e são funcionários públicos igualmente a nós.....

    ResponderExcluir
  10. Pessoal, dêem uma consultada no site do BACEN em Taxas de juros para crédito consignado público. A Financeira BRB é a instituição que há muito tempo oferece as menores taxas de juros para consignado público. O BB, que tem a exclusividade, aparece em 12º lugar. Consultei hoje. Lembrando que a Financeira BRB também é uma instituição pública.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoal, entrei no sitio do BACEN (http://www.bcb.gov.br/pt-br/paginas/default.aspx) onde pesquisei sobre as instituições que tem melhor taxa de juros para crédito consignado e o periodo informado é este no link abaixo:
      http://www.bcb.gov.br/pt-br/sfn/infopban/txcred/txjuros/Paginas/RelTxJuros.aspx?tipoPessoa=1&modalidade=220&encargo=101

      Excluir
  11. É PESSOAL ESSE MALDITO GOVERNADOR SO SABE CONVERSAR QUANDO FALAMOS EM GREVE,MAS,INFELIZMENTE A MAIORIA DOS ASPS ESTAO ACOMODADOS,FALAM AS COISAS EM RODINHAS ENA HORA QUE DEVEM FALAR SE NEGAM COM MEDO DE REPRESALIAS DOS DIRETORES,FALANDO EM DIRETORES,SE ELES FOSSEM DIRETORES E NAO ESTIVEM DIRETORES,AI PODIA SER QUE ALGUM DELES TIRASSE A MASCARA QUE COBRE A CARA DE PAU E SE VOLTASSE PRO LADO DOS GUARDAS.NOSSO SISTEMA TA UM CAOS,E,QUANDO HA ALGUMA DENUNCIA NA IMPRENSA O MALDITO GOVERNO E SAP,VEM A PUBLICO E FALA QUE TA SENDO VISTO,QUE TA SENDO ESTUDADO,QUE AFINAL O FUNCIONARIO DO SISTEMA QUE SE FODA!!!!

    ResponderExcluir
  12. Segue informações da Secretaria da Fazenda sobre a situação que esta tramitando processo para liberação de novoas instiíções financeiras para contratação conevenios para empréstimos de consignados para o servidor publico estadual
    Cabe também ao SINDICATO cobrar do Senhor Governador a agilização desse processo
    O Governo vai abrir a consignação de empréstimo para outras instituições financeiras. Há algumas etapas burocráticas, como por exemplo, fechamento de redação da minuta de decreto, avaliação do jurídico, decisões das autoridades competentes, bem como a contratação de sistema que possibilite ao servidor publico saber qual banco oferece menor taxa de juros e fazer sua escolha, bem como reserva de margem consignável.

    O processo com a minuta do decreto encontra-se no jurídico para avaliação e emissão de parecer. Ao mesmo tempo o estado está avaliando sistemas que possam atender aos interesses dos servidores.

    ResponderExcluir
  13. Ha um Processo na Secretaria da Fazenda o qual encontra-se no Juridico tratando sobre a contrataçao e liberação de Outras Instituições financeiras para o Emprestimo consignado, cabe ao nosso sindicato procurar ver o andamento com Diretor do departamento de Despesa do estado da Secretaria da Fazenda, e começar a solicitar agilização do andamento desse processo.

    ResponderExcluir
  14. Mas a final até quando nos funcionarios publicos temos que nos submeter a este abuso eu quero, fazer um emprestimo consignado com a caixa economica federal que a taixa de juros é menor e não consigo, por favor Sr. Excelentissimo Governador Geraldo, olhe por nos.

    ResponderExcluir
  15. Aviso a todos servidores publicos interessados no fim da exclusividae em operações de creditos com o Banco do Brasil.
    Vamos enviar esta solicitação no fale conosco no Portal do Governo do Estado de São Paulo, por meio sitio www.sp@sp.gov.br.
    Vamos reindicar para que o Governo se sensibilize com nós servidores públicos, a situação esta muito caótica para todos nós.
    E não vi até o momento sindicato nenhum colocar esse benefício na pauta de negociações, porque para eles só interessa o Porte de Arma. Pergunto Porte de Arma vai pagar as nossas contas, para mim não.
    E já temos até o SINDASP, que se tornou correspondente do Banco do Brasil.
    Só Deus na causa.

    Então gente vamos entrar no Portal do Governo, e vamos enviar solicitação pleiteando fim da exclusividade em creditos consignados com Banco do Brasil.

    Pois já existe Processo com Minuta de Decreto Governamental, em análise no Jurídico, vamos cobrar essa agilização.

    ResponderExcluir
  16. Aviso a todos os servidores interessados no fim da exclusividade em transações de creditos com o Banco do Brasil.
    Vamos apelar e solicitar ao Governador, por meio do fale conosco no sitio WWW.SP@SP.GOV.BR, Portal do Governo do Estado de São Paulo.
    Vamos solicitar que a minuta do Decreto que encontra-se em análise no Juridico, seja agilizada.

    ResponderExcluir
  17. Acabei de ligar para o CAD ... A determinação do CAD é geral: "Não pode ter exclusividade"... Cabe agora aos Governos (prefeitos, Gov e cias), acatarem e firmarem os convênios com os outros Bancos... O lance é pressionar através de redes sociais, fale conosco, telefonemas e e-mails a deputados ... vamos fazer valer os votos, já que este ano tem.. Marshall, SP, 11/02/2014, 12:33

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.