sábado, 1 de junho de 2013

Saída de preso de DP explica lotação de presídios, diz secretaria, segundo a Folha SP.






UFAAA! Até que enfim a SAP reconheceu que esse foi o grande problema, pois a SAP vive dizendo que a HIPERLOTAÇÃO existe por causa do aumento no número de prisões efetuadas pelas polícias e a falta de cidade que quer construção de presídios, lembro que o protesto que fiz contra o governador em 2011, foi justamente sobre essa questão do governo querer "esconder a sujeira para debaixo do tapete".
Se você não viu o protesto ainda veja:
http://jenisandrade.blogspot.com.br/2011/03/protesto-contra-o-governador-em-sao.html


Saída de preso de DP explica lotação de presídios, diz secretaria
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/06/1288247-saida-de-preso-de-dp-explica-lotacao-de-presidios-diz-secretaria.shtml

DE SÃO PAULO


A Secretaria da Administração Penitenciária afirmou que a lotação dos novos presídios se deve principalmente ao fato de o governo ter desativado cadeias públicas e retirado presos de delegacias.

Atualmente ainda há 4.903 presos em delegacias e cadeias. A meta do governo estadual é zerar esse número nos próximos anos.

Em nota, a secretaria afirmou que o aumento da superlotação é motivada também pela "firme política de combate ao crime" que resulta em um maior número de prisões.

Para exemplificar, afirma que a cada ano cresce a média mensal de detentos que ingressam no sistema.

Em 2011, era de 8.447 por mês. No ano passado, subiu para 9.949. Neste ano já chegou a 10.234.

Uma das medidas para tentar reduzir a superlotação, segundo a secretaria, é a construção de novas unidades.

Além das 12 já inauguradas desde 2010, estão previstas 37 para os próximos anos.

Dessas, 11 estão em construção e as demais em processo de licitação ou de estudos para a instalação.

De acordo com a nota enviada pela secretaria, um fato que trava o processo de construção de novas prisões é a "enorme resistência das comunidades, que não aceitam a construção de presídios em seus municípios".

Um comentário:

  1. a solução a curto prazo é a reativação das carceragens dos dp´s ,só em São Paulo tinha no minimo uns 50 dp´s que tinha presos ....se cada um deixar no maximo 40 presos em cada ja vai fazer um cdp ficar vazio ...deixando presos 155...129...147...16...que na teoria é mais facil quem sabe a p.c consegue manter sem que eles fujam ....cadeias publicas como botucatu....itapeva...itu....mairinque...a da delegacia da general carneiro em sorocaba...aqui em sorocaba elas tendo presos o cdp estaria no minimo uns 350 presos a menos ....é mais facil contratar carcereiros do que fazer presidios com alto custo fora os desvios.....

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.