terça-feira, 23 de julho de 2013

Sobre a postagem que denomina a PII de Balbinos com nome de ex ASP Venceslauense.


Hoje postei uma publicação do diário oficial que denomina a PII de Balbinos como Gilmar Monteiro de Souza.

Gilmar Monteiro de Souza foi AGENTE PENITENCIÁRIO na unidade de PII de Balbinos e faleceu em um trágico acidente automobilístico no mesmo dia que foi publicado sua LPT para a cidade de Dracena, onde trabalharia mais próximo de seus familiares.

Na ânsia de postar noticias em primeira mão referente ao sistema prisional, como sempre faz esse BLOG, acordei hoje às 4:30hs da manhã para atualizar esse blog antes de me dirigir a unidade prisional que trabalho dia sim dia não e postei essa postagem perguntando se alguém conhecia esse cidadão que estava tendo seu nome denominando a PII de Balbinos, como estava saindo para o trabalho não tive tempo necessário para verificar que esse AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIA foi o que sofreu o acidente citado, podendo conferir no link abaixo que foi postado nesse blog no dia do triste acidente.

Sinto muito por não ter percebido que essa é uma justíssima homenagem, é o mínimo que se pode fazer por esse companheiro, mil perdões aos familiares e amigos se me interpretaram mal, tal pergunta foi feita apenas porque muitos presídios foram denominados com nomes de professores, policiais militares e pessoas de outras categorias que não tem relação nenhuma com o sistema prisional paulista.
http://jenisandrade.blogspot.com.br/2011/11/tragica-coincidencia-asp-falece-no-dia.html

Veja publicação em HOMENAGEM ao AGENTE PENITENCIÁRIO VENCESLAUENSE.

LEI Nº 15.094, DE 22 DE JULHO DE 2013
(Projeto de lei nº 485/12,
da Deputada Heroilma Soares - PTB)
Dá denominação à Penitenciária que especifica
O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:
Faço saber que a Assembleia Legislativa decreta e eu promulgo
a seguinte lei:
Artigo 1º - Passa a denominar-se “Gilmar Monteiro de
Souza” a Penitenciária II de Balbinos.
Artigo 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
Palácio dos Bandeirantes, 22 de julho de 2013.
GERALDO ALCKMIN
Lourival Gomes
Secretário da Administração Penitenciária
Edson Aparecido dos Santos
Secretário-Chefe da Casa Civil
Publicada na Assessoria Técnico-Legislativa, aos 22 de
julho de 2013.

9 comentários:

  1. Parabéns Jenis, por isso que você é um verdadeiro líder, humilde sempre e reconhece quando deve homenagear alguém ou quando teve algum deslize... Você não errou, apenas perguntou... Abraço

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Jenis. Eu mandei mensagem te criticando sobre a postagem anterior que divulgava o fato. Diante da atual postagem, rendo-lhe minhas homenagens e meu respeito. Mostrou humildade. Não sei qual foi sua primeira intenção, mas do jeito que estava escrito, soava como se estivesse perguntando: "esse é o famoso quem?". Mas o que importa foi a retificação, que foi um ato nobre. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo, não houve intenção nenhuma, foi apenas a pressa e uma pergunta...

      Excluir
  3. é esse mesmo pois o filho dele é asp no cdp 3 pinheiros

    ResponderExcluir
  4. jenis, eu gostaria q o nosso colega washington assassinado ano passado num assalto em poa-sp recebesse uma homenagem dessa. ele foi assassinado em virtude da profissao.
    atuava no gir 6 na epoca da morte e temos 3 unidades q ele atuou pelo gir na nossa regiao q nao tem nome: p1 e p2 potim e cdp sjc. vc sabe me dizer com quem posso ver isso?
    entao aproveitarei p ver o caso do marcelo do cdp sjc (tbem atuou no gir 6)q faleceu esse ano por avc...
    obrigado
    eloy - cdp taubate - gir 6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Eloy, a partir de oito de março de 2012, essa é a lei que regulamenta sobre denominação de instituição pública no estado de São Paulo.
      Após estar pronto esses trâmites, basta encaminhar a um deputado estadual para o mesmo fazer o projeto de lei.


      LEI Nº 14.707,
      DE 8 DE MARÇO DE 2012
      (Projeto de lei nº 1059/11)Dispõe sobre a denominação de prédios,
      rodovias e repartições públicas estaduais
      O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:
      Faço saber que a Assembleia Legislativa decreta e
      eu promulgo a seguinte lei:
      Artigo 1º - Poderão ser atribuídos nomes de personalidades
      nacionais ou estrangeiras a prédios, rodovias
      e repartições públicas estaduais, desde que:
      I - a proposta seja acompanhada de:
      a) biografia e relação das obras e ações do homenageado;
      b) documento que comprove ser o homenageado
      pessoa falecida ou com mais de 65 (sessenta e cinco)
      anos de idade;
      c) documento referente ao próprio a ser denominado,
      expedido pelo órgão responsável, no qual conste
      que o prédio, rodovia ou repartição pública pertence ao
      Estado e está em condições de receber denominação,
      bem como sua exata localização;
      d) abaixo-assinado com, no mínimo, 400 (quatrocentas)
      assinaturas de moradores da região atendida
      pela escola ou manifestação de apoio do Conselho de
      Escola, no caso de denominação de estabelecimento
      de ensino;
      II - não haja outro prédio, rodovia ou repartição
      pública estadual com o nome da mesma pessoa que se
      pretende homenagear;
      III - o homenageado tenha prestado serviços relevantes
      à sociedade, à Pátria ou à humanidade e, preferencialmente,
      tenha vínculos com o próprio a ser
      denominado e sua população circunvizinha.
      § 1º - Quando a denominação se referir a estabelecimento
      oficial de ensino, a proposta deverá obedecer
      ao seguinte procedimento:
      1 - será dada preferência a nome de educadora ou
      educador cuja vida se vincule de maneira especial à
      comunidade em que se situe a escola;
      2 - no caso de nome de personalidade que não
      tenha sido educadora ou educador, sua biografia deverá
      conter informações que estimulem os educandos ao
      estudo;
      3 - os estabelecimentos oficiais de ensino promoverão,
      anualmente, a comemoração festiva da data de
      nascimento de seu patrono, divulgando sua vida e obra,
      a fim de que seu exemplo possa influir na conduta dos
      educandos.
      § 2º - Quando a denominação proposta se referir
      a Casa da Agricultura, da rede da Coordenadoria de
      Assistência Técnica Integral (CATI), da Secretaria de
      Agricultura e Abastecimento, dar-se-á preferência a
      nome de pessoa cuja atividade profissional seja ligada
      a esse setor e cuja vida se vincule de maneira especial
      à comunidade onde se situa o próprio estadual a ser
      denominado.
      Artigo 2º - Os prédios e repartições públicas manterão,
      em local nobre, o busto ou o retrato do patrono
      com indicação sucinta de sua vida e obra e, na fachada,
      o nome do homenageado.
      Parágrafo único - Os documentos e papéis oficiais
      das repartições a que se refere este artigo conterão,
      sempre, o nome do homenageado.
      Artigo 3º - Nos trechos iniciais das rodovias estaduais
      serão colocadas placas indicativas do nome da
      pessoa homenageada.
      Artigo 4º - Esta lei entra em vigor na data de sua
      publicação, revogadas as Leis nºs. 1.284, de 18 de abril
      de 1977, 2.796, de 15 de abril de 1981, 7.388, de 28 de
      junho de 1991, 8.118, de 30 de outubro de 1992, 8.596,
      de 23 de março de 1994, 9.248, de 14 de dezembro de
      1995, e 9.337, de 9 de janeiro de 1996.
      Palácio dos Bandeirantes, 8 de março de 2012
      GERALDO ALCKMIN
      Mônika Carneiro Meira Bergamaschi
      Secretária de Agricultura e Abastecimento
      Paulo Alexandre Pereira Barbosa
      Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência
      e Tecnologia
      Herman Jacobus Cornelis Voorwald
      Secretário da Educação
      Eloisa de Sousa Arruda
      Secretária da Justiça e da Defesa da Cidadania
      Saulo de Castro Abreu Filho
      Secretário de Logística e Transportes
      Sidney Estanislau Beraldo
      Secretário-Chefe da Casa Civil
      Publicada na Assessoria Técnico-Legislativa, aos 8
      de março de 2012.

      Excluir
    2. Ou também o CDP de Mogi das Cruzes na qual ele trabalhou antes do GIR e que também era querido por todos!

      Excluir
  5. E não consigo entender pra que uma unidade prisional tem que ter nome, não vejo homenagem nenhuma em colocar o nome de um ASP que morreu em uma UP, pelo contrário acho até um derespeito, eu jamais quero ter o meu nome vingulado em uma unidade prisional nenhuma. Nós não somos e nunca fomos valorizados, o governo sempre tratou a sugurança publica como descaso e depois que morremos de tanto trabalhar e sofrer, vem com esse papinho de homenagem, isso é uma palhaçada com a nossa categoria.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.