quarta-feira, 7 de agosto de 2013

'Barrado' desde 2002, crack volta a prisões de São Paulo, segundo a Folha SP. Porque e como estava "barrado"?


Para os que discordam da grande influência do crime organizado no sistema prisional e quando dizem essa realidade vive dizendo que querem apenas dar visibilidade a essa facção, me responda:

Os presídios paulistas ficaram todo esse tempo sem crack, sem cachaça e sem facas porque?

Se você acha que é devido a política eficiente do governo PSDB nesses 18 anos, esqueceu que foram apreendidos 8.000 celulares só no ano passado(muitos já dentro dos presídios), além da grande quantidade de cocaína e maconha que são encontrados nos presídios paulistas, podendo ser comprovado nos B.Os. das apreensões feitas pelos HONRADOS servidores penitenciários. 

Sabemos muito bem disso, mas alguns teimam em não querer ver a verdade, de querer tampar o sol com a peneira, sabemos também que o grande culpado disso tudo, são os governantes, pois sempre reclamamos a falta de SCANNER CORPORAL, BLOQUEADORES DE CELULAR, CÃES FAREJADORES, FALTA DE SERVIDORES PENITENCIÁRIOS, HIPERLOTAÇÃO DE PRESOS nos presídios paulistas, temos unidades que trabalham com mais do triplo da população carcerária e menos de um terço dos agentes penitenciários necessários no fundão da cadeia.

Ah... já participei de "blitz" que foram encontrados mais de 50 facas e muitas garrafas de "maria louca"(bebidas alcóolicas feitas de forma artesanal), faz uns dez anos que dificilmente se encontram facas e essas bebidas nas unidades prisionais paulistas. Porque será???

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/08/1322217-barrado-desde-2002-crack-volta-a-prisoes-de-sao-paulo.shtml

14 comentários:

  1. Penitenciária na zona sul de São Paulo até seis meses atrás achava "maria-louca" de balde fora as dezenas de garrafas pet's.
    Um certo dia um preso tomou demais e em um dos seus tombos foi eletrocutado na fiação artesanal (perereca) e morreu.
    Lideranças de uma conhecida facção criminosa desde então proibiu a dita cuja na unidade.
    De lá para cá não se encontra nem para amostra.

    Mudando o assunto, será que os sindicatos daqui tem coragem para organizar algo parecido aqui???

    http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/2013/08/agentes-penitenciarios-nao-aceitam-presos-e-delegacias-lotam-em-ms.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MENOS JULIÃO,MENOS...ISSO É O QUE O POVO FALA É O QUE POVO CONTA!

      Excluir
    2. Mas e dai quando se achava essa quantidade "baldes" de maria louca, o asp fazia comunicado de evento, os presos iam para o pote, três celas inteiras não foram pra Venceslau por maria louca, isso não ocasionou o fim da pinga nessa cadeia da zona sul. Com tantos presos caindo aos tombos de bebados o ASP não deve nem entar nessa cadeia para não ser agredido, ou será que na verdade o asp está presente diuturnamente exercendo a disciplina nessa dita cadeia, pois quem manda na cadeia é o agente.

      Excluir
  2. o maior CANCER no sistema prisional se chama : GERALDO ALCKMIN.
    o segundo maior CANCER se chama : SECRETARIA de ADMINISTRAÇAO PENITENCIARIA.
    o terceiro maior câncer se chama: FALTA DE INVESTIMENTOS.
    e por fim e não menos pior .......: GENTE INCOMPETENTE E PUXA SACO EM CARGOS DE CONFIANÇA.

    ResponderExcluir
  3. Olá Sr. Jenis e colegas.
    Vou ter que discordar da parte em que você diz a respeito da "maria louca" pois aqui na Oeste nunca deixou de ter. O que acontece é que quando ocorre alguma indisciplina em algum pavilhão em virtude de detento alcoolizado o raio fica de "gancho" sem poder fabricar por algum tempo. Agora o crack é novidade mesmo !!!!

    ResponderExcluir
  4. a "maria loucaka" está no sistema prisional desde os primórdios até hoje,sem novidade, agora crack, como o q é vendido nas ruas, e ver uma cadeia inteira de viciados nela, igual aquele monte de gente no centro de SP, Asp nenhum vai permanecer no interior das cadeias, é o fim, e burrice dos vagabundos q não vão mais ter como tirar cadeia!!!

    ResponderExcluir
  5. que nada , aos montes tem as Marias loucas, e drogas, oque acontece que levar no DP o funça leva maior canseira na apresentação, e depois tem ser chamado no Fórum, outra humilhação diante dos juiz, até parece que o servidor era dono da droga, sepre teve sempre terá, que jogar na privada , por pior que seja errado, é melhor fazer isso, ESTOU FALANDO ALGUMA MENTIRA QUEM É FUNÇA DO FUNDÃO DA CADEIA SABE QUE ESTOU FALANDO

    ResponderExcluir
  6. O fato relatado referente a tal cadeia da zona sul de São Paulo é verídico pois haviam celas com até 30 KG de açúcar para fazer a marvada pinga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas se havia tanto açúcar e vc sabia que era pra fazer pinga na cela, por que vc não comunicou os presos indisciplinados e levou pro castigo, pois alcolizados poderiam até mesmo agredir algum colega.

      Excluir
  7. "faz uns dez anos que dificilmente se encontram facas e essas bebidas nas unidades prisionais paulistas" ta de brincadeira né, ja ouviu falar de Pinheiros I????????????

    ResponderExcluir
  8. tá falando sobre a droga de nome crack nas cadeias e os jão ficam falando de maria louca, por isso q não vai pra frente!!!

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.