quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Vigilância apura suspeita de surto de H1N1 em em Unidade Prisional de São Paulo.

Esperamos que os servidores não corram risco de contaminação...
Fonte: http://www.folhadaregiao.com.br/Materia.php?id=319909
A Vigilância Epidemiológica de Birigui deve coletar sangue de pelo menos 25 reeducandos do CR (Centro de Ressocialização) instalado no município para fazer o exame da gripe H1N1. A informação foi confirmada na tarde desta quinta-feira (10) pela assessoria de imprensa da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), que revelou que três reeducandos da unidade foram diagnosticados com pneumonia.

Segundo a instituição, nesta semana, pelo menos 25 internos apresentaram sintomas de febre, dor no corpo, dor nas articulações e nos olhos foram encaminhados ao pronto-socorro local para atendimento médico. Foram realizados nos pacientes exame de sangue, urina, raio X e escarro (usado no diagnóstico da tuberculose pulmonar), além de sorologia para a dengue.

Durante a avaliação, foi constatado que três deles estavam com pneumonia. "Todos foram medicados e passam bem, sendo devidamente acompanhados pela equipe de saúde da unidade", afirma a nota.

SOROLOGIA
De acordo com a SAP, apesar de os médicos suspeitarem de dengue, o que só poderá ser confirmado depois que o resultado do exame de sorologia realizado pela Secretaria Municipal de Saúde for divulgado, uma equipe da Vigilância Epidemiológica de Birigui iria até a unidade coletar material para o exame da gripe H1N1.

O órgão do governo do estado afirma que todos os 25 reeducandos que apresentaram os sintomas característicos da gripe estão sendo devidamente assistidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.