quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Agentes penitenciários ficam de reféns e são agredidos em CDP do litoral paulista.


Segundo informações de companheiros, motim ocorreu ontem, quarta 12, no CDP de São Vicente.


Vejam e-mails que recebi, se tiver mais informações comentem aqui:




1º Email.
Jenis nesta quarta feira três agentes foram agredidos por presos do castigo aqui no CDP de são Vicente.

FORAM CINCO AGENTES REFÉNS, DOIS ALGEMADOS NA INCLUSÃO  E TRÊS AGENTES AGREDIDOS
 



2º Email.
Segundo informações de companheiros do CDP de São Vicente,  o motim começou no castigo,  presos renderam Asps. daquele setor, desceram e tomaram a gaiola 1, o raio 2 está em reforma e tem uns presos do seguro que estão trabalhando junto com os Asps. que estão fazendo a automatização.

Quando estes chegaram nesta gaiola foram pra cima do "seguro", onde começaran as agressões, porque tanto os presos do seguro quanto os Asps.foram pra cima desses presos (onde um Asp., segundo comentam, tomou uma canada no braço e um outro uma estocada porém não furou o Asp.) após o ocorrido correram para o raio 1, onde presos daquele raio disseram pra eles parassem com o motim, pois não tinham ordem para tal ação.

Segundo informações o DG não se encontrava, e sim seu substituto, disse que se entregassem de boa o GIR não entraria e não teria esculacho,e assim foi.

6 comentários:

  1. O VAGABUNDO AGRIDE O FUNCIONÁRIO,AI O DIRETOR ACERTA COM OS PRESOS QUE OS MESMOS NÃO SERÃO ESCULACHADOS.
    PARABÉNS SEU DIRETOR, QUERIA VER SE FOSSE VC O ESCULACHADO?

    ResponderExcluir
  2. atuei nesse cdp varias e varias vezes quando era do GIR.
    prefiro nao comentar...

    ResponderExcluir
  3. É VERDADE QUE OS AEVPS. NÃO IRÃO FAZER MAIS ESCOLTAS?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Negativo,aqui na COREMETRO(capital e grande sp) AEVP fazendo escolta e em alguns casos custódia também.A policia militar está atuando apenas na baixada e no interior.Há rumores de que um polo será criado na baixada em breve

      Excluir
  4. A coisa é muito simples de se entender, vamos lá:

    A dinâmica das agressões segue na seguinte conformidade:

    1) cadeia lotada;

    2) Preso querendo ser transferido para alguma penitenciária, já que, provavelmente, está condenado e, portanto, não deveria estar em um CDP;

    3) Os presos, sabem que, quando algum ASP for agredido, haverá a transferência de 40 presos para Laus e, posteriormente, serão remanejados para alguma penitenciária;

    4) Com isso, mesmo sabendo que apanharão (às vezes, não) na cadeia em que estão, preferem sucumbir aos riscos, a ter que ficar mofando em algum CDP;

    5) Chegando em Laus, o corretivo físico é certo, sem qualquer chance de ser dispensado (viva Laus);

    6) Depois de 10 dias (ou 30, dependendo da sindicância) serão transferidos para uma penitenciária (que era o que eles queriam);

    7) A cadeia perde um funça (na maioria das vezes), pois quem apanha, nao quer ficar, e com razão, nos raios, correndo o risco de apanhar mais vezes;

    8) Os presos que ficaram no CDP escolherão mais um ASP como vítima e, assim, o círculo vicioso retoma à origem.

    ResponderExcluir
  5. Não precisa ser inteligente pra saber, em caso de motim, rebelião ou qualquer princípio movimento subversivo a ordem, o preso "RECEBE A CHAVE DA MÃO DO GUARDA E ENTREGA NA MÃO DO GIR", muito simples negociar a não intervenção tática quando não foi vc o refém.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.