quarta-feira, 26 de março de 2014

Propostas do governo apresentadas 40 minutos antes das assembléias. Vejam...

Agora tem ATA, da forma que pedimos aqui no blog em postagem de ontem...
Vou analisar com calma para tecer comentários...


Fonte: site do Sifuspesp.

26/03/14 – Governo finalmente apresenta proposta para a categoria PDF Imprimir E-mail

Qua, 26 de Março de 2014 18:16



logo gestao

Conheça aqui o teor da proposta e saiba como ficam os salários com o reajuste proposto





Depois de uma extensa reunião entre o governo e a Coordenação Unificada de Greve, finalmente foi apresentada uma proposta para ser apreciada, discutida e votada ainda hoje pelos servidores do sistema prisional paulista. A ata aqui apresentada está sem assinatura dos participantes porque solicitamos que nos adiantassem, mesmo sem as assinaturas, para podermos divulgar mais rapidamente, já que as assembleias estão prestes a começar.

Lembramos que os servidores irão apreciar esta proposta ainda nesta noite, nas 20 assembleias agendadas, e decidir se a aprova ou não.

Lembrando, ainda, que ficou definido que já na próxima semana começarão as discussões sobre as questões apresentadas na pauta de condições de trabalho e saúde do trabalhador do sistema junto ao secretário da SAP Lourival Gomes.

Os salários dos ASPs, não especificados pela ata, serão os seguintes de acordo com a proposta:

ASP 1 – 2.543,28

ASP 2 – 2.746,74

ASP 3 – 2.895,50

ASP 4 – 3.089,49

ASP 5 – 3.296,49

ASP 6 – 3.517, 36

ASP 7 - 3.753,02.



Veja a ata da reunião na íntegra:

ATA DE REUNIÃO DE NEGOCIAÇÃO



Aos 25 de março de 2014, as 11h00, reunidos na sede do Governo do Estado de São Paulo – Palácio dos Bandeirantes: a Coordenação de Greve representada por: 1) Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária – SINDASP, pelo seu presidente Daniel Aguiar Grandolfo, portador do RG nº 35.040.782-4, secretário geral, Cícero Felix de Souza, portador do RG nº 13.039.538-9, e seus diretores Ismael Manoel dos Santos, portador do RG nº 14.674.117, Luciano de Oliveira Rodrigues, portador do RG nº 25.940.208-4, e Donizete de Paula Rodrigues, portador do RG nº 17.518.215-2, acompanhados pela advogada Dra. Eliane Leal da Silva, OAB/SP nº 317.510; 2) Sindicato dos Servidores Públicos do Sistema Penitenciário Paulista – SINDCOP, representado por seu presidente Gilson Pimentel Barreto, portador do RG nº 18.037.018, acompanhado pelo advogado Dr. José Marques, OAB/SP nº 39.204; e 3) Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo – SIFUSPESP, representado pelo seu presidente, João Rinaldo Machado, portador do RG nº 14.841.315-8, e seus diretores Gilberto Luiz Machado, portador do RG nº 13.954.754 e João Alfredo de Oliveira, portador do RG nº 17.141.49-01, acompanhados pelo advogado Dr. Marcelo Eduardo Vanalli, OAB/SP nº 141.909; presente o presidente da Comissão Especial de Direito Sindical da Ordem dos Advogados do Brasil do Estado de São Paulo, Dr. Cesar Augusto de Mello, OAB/SP nº 92.187; presente o presidente estadual da Força Sindical – São Paulo Danilo Pereira da Silva, portador do RG nº 8.538.244-9; presente também o Procurador do Ministério Público do Trabalho Dr. Roberto Rangel Marcondes, presentes os representantes do Governo Estadual, Edson Aparecido (Secretário de Estado Chefe da Casa Civil), Júlio Semeghini (Secretário de Estado do Planejamento), Lourival Gomes (Secretário de Estado da Administração Penitenciária), Tadeu Moraes (Secretario de Estado do Trabalho), Cibele Franzese (Secretária de Estado Adjunta da Secretaria de Planejamento).

Conforme acordado em ata de mediação realizada perante o Ministério Público do Trabalho, em 24 de Março de 2014, e aprovada em 21 assembleias realizadas em todo o Estado de São Paulo, por maioria absoluta de 18 assembleias foi aprovada a suspensão da greve, para realização de negociação.

No dia 25 de Março de 2014, foi iniciada as negociações, e não foi possível a finalização da mesma, por não ter se chegado ao consenso entre as partes, sendo deliberado que as negociações continuassem no dia 26 de Março de 2014 as 11h00.

No dia 26 de Março de 2014, as 11h00, também na Sede do Governo, as partes acima qualificadas voltaram a se reunir para continuarem nas negociações. Aberta a reunião, o Governo informou que as reivindicações de 2014 serão analisadas posteriormente, dentro do prazo de 30 (trinta) dias. Com relação à pauta de reivindicações de 2013, foi proposto o quanto segue:

A extinção de um nível sendo que todos os funcionários sobem imediatamente um nível, com exceção daqueles que estiverem no último nível.

Além disso, o interstício passa a ser linear de três anos. Com os percentuais de reajuste, o intervalo entre classes passa a ter uma diferença percentual de salário também linear de 6,5%.

Os representantes dos Sindicatos ponderaram que, por exemplo, o ganho para o ASP classe II seria de menos de R$ 200,00 (duzentos reais).

Os representantes dos três sindicatos, o membro do Ministério Público do Trabalho, que presidiu as negociações e o Presidente da Comissão Especial de Direito Sindical da ordem dos advogados do Brasil, se reuniram em apartado para analisar a viabilidade da proposta pensando na aceitação ou não da categoria.

Pelos membros dos Sindicatos ficou decidido que a proposta aceitável, é a redução de duas classes ou a redução de uma classe acrescida do valor correspondente de duas, em forma de vencimentos.

Após várias outras propostas e contrapropostas, as 16h45 o Procurador do Ministério Público do Trabalho, que acompanhou todas as negociações e mediou todos os conflitos, apresentou a seguinte proposta:

+ não descontos dos dias em greve;

+ não punição dos grevistas que exerceram o direito de greve dentro da lei. Eventuais excessos serão apurados dentro da legislação em vigor;

+ com relação ao reajuste, ficou acordado, conforme proposta do Ministério Público do Trabalho em anexo, ou seja:

1ª Classe: 7,7% sobre o salário atual;

2ª Classe: 8% sobre o salário atual;

3ª Classe: 9,2% sobre o salário atual;

4ª Classe: 11,9% sobre o salário atual;

5ª Classe: 10,8% sobre o salário atual;

6ª Classe: 9,8% sobre o salário atual;

7ª Classe: 9,7% sobre o salário atual;

8ª Classe: 2,6% sobre o salário atual;



Apresentada a proposta ao Governo, após várias ponderações, houve a concordância com a proposta do Procurador do Trabalho.

Com relação à Medida Cautelar, o Secretário Júlio informou que manteve contato com o Procurador Geral a fim de marcar uma reunião com os advogados dos Sindicatos para tratar do assunto.

Além da proposta do Procurador do Trabalho, as partes já tinham negociado as seguintes questões:

+ a pauta de reivindicações de 2014 será discutida em até trinta dias.

+ interstício será de três anos agora para todas as classes;

+ as promoções que antes era de 20% de cada classe passará a ser de 30% para cada classe;

Mantidos os demais benefícios da proposta original.

Os Sindicatos ficaram de consultar as bases através de Assembleias a serem realizadas ainda nesta data e comunicarão o Governo assim que tiverem a resposta da Categoria.

Encerrada a Reunião as 17h00.

São Paulo, 26 de Março de 2014.



Por estarem de acordo, assinam a presente:



___________________ ___________________ _____________________

Edson Aparecido Júlio Semeghini Lourival Gomes

75 comentários:

  1. Sou esposa de um agente e achei q os sindicatos fizeram muito fogo pra nada . Essa é a opiniao de quem vai ao mercado tenta dar boa educação aosfilhos e pagar um convenio medico p q o IAMSPE nao tem nada.

    ResponderExcluir
  2. Não entendi a proposta "Não desconto dos dias em greve". Na minha unidade quem estava na Portaria era o pessoal de outros turnos; o pessoal no turno daquele dia estava dentro da unidade, e trabalhando (exceto movimentações de presos). Que "generosidade" é essa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me parece a copia da primeira ATA. E as condições de trabalho, e a superlotação, e o vale refeição, e o uniforme decente, a aposentadoria especial e tudo mais, por acaso essas reivindicações são apenas do ano de 2014. Acho que aqui não estamos vendendo ou comprando veiculo por ano e modelo mas sim reivindicando nossa valorização profissional como um todo, não discernidas por pautas e anos.

      Excluir
    2. Aevps?????hora extra ou atividade delegada???? Bonificação???

      Excluir
    3. aevp somente atrapalhou a greve, não fizeram greve, 2000 deve ta bom

      Excluir
    4. Pra mim esse biquinho de 2000 tá ótimo!

      Excluir
    5. Pra mim esse biquinho de 2000 tá ótimo!

      Excluir
  3. Então pelo que entendi, o reajuste é a porcentagem representada na tabela de acordo com a classe em que se encontra o ASP, e também a promoção de 1 nível na carreira é isso?

    Jenis se puder esclarecer, e fazer um simulado por exemplo de um ASP 1 com o aumento real + a classificação de classe facilitaria para todos entenderem melhor.

    ResponderExcluir
  4. E os aficiais administrativos técnicos e motorista chega nda nem o adicional de periculosidade. Na unidade q eu tranpo vai fica ruim en guarda vai ter q abraça a administração tbm

    ResponderExcluir
  5. Parece ser sempre a mesma coisa.Nada vai mudar o pensamento desse governo,sempre falando em melhorar as coisas, mas sempre fazendo mais do mesmo.Uma greve não pode durar para sempre, nada pode, nem mesmo um governo retrógrado...

    ResponderExcluir
  6. sei q estou errado, mas vim embora, e nao participei da assembleia q esta ocorrendo agoraSou AEVP de Araraquara, e participei nos meus dias de folga na greve.Agora neste momento esta o sindicato, q nao apareceu nenhum dos dias anteriores, quando veio +20 viaturas da policia as 21:00 da noite do dia 18,para entrar com os presos para inclusao,enfim, e para desanimar mesmo, os AEVP nem foram citados na ata,enfim,sei q isso e resultado da grande maioria dos AEVPs, nem nos dias de folga participarem de tal movimento, claro isso é uma coisa muito pessoal, nao tenho e nem devo criticar nenhum deles.Mas o descaso do Governo e dos Sindicatos e absurdo, esse tal de SINDAEVP, sei la o nome, nao nos representa e saiu da mesa de negociacao para sair como bonzinho, , e pra acabar, ta ai o resultado!!!!pra acabar irei usar uma citacao q traduz muito bem ¨ QUEM NAO LUTA POR SEUS DIREITOS, NAO TEM DIREITO A TE-LOS¨

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou aevp e concordo. ..Não temos que ter nada...Não fizemos por onde...

      Excluir
    2. os AEVPs tem meu maior respeito, a situação dos presídios melhorou muito com a chegada de vcs e a retirada dos PMs treteiros, daqui 40 dias vcs terão uma classe a mais, é ano de eleição e PSDbosta vai dar alguma coisa

      Excluir
  7. proposta comedia, Greve geral, sem sol, sem nada

    ResponderExcluir
  8. brincadeira , o governo está esculachando nossa classe, eu sou total mente a favor de continuar a greve e ainda agora ainda mais radical, oque isso se o sindicato abraçar essa idéia do governo, pra que ter sindicato, patifaria pura.........

    ResponderExcluir
  9. Respostas
    1. Você deve ser político amigo, sai do blog e vá discursar no estadão...

      Excluir
  10. AO MEU ENTENDER O GOVERNO SÓ OFERECEU O QUE JA HAVIA SIDO OFERECIDO E NÓS NÃO HAVÍAMOS ACEITADO. ESSE GOVERNO JUNTAMENTE COM OS SINDICATOS ESTÃO DE BRINCADEIRA COM NOSSA CLASSE!
    SÓ ESPERO QUE TODAS AS ASSEMBLEIAS VOTEM PELA CONTINUIDADE DA GREVE, E MAIS, SEM SOL E SEM VISITAS

    ResponderExcluir
  11. Realmente uma desconsideração e uma falta de respeito total pela função de muitos ASP e AEVPs que apoiaram e puderam de certa forma contribuir com esta iniciativa. Da qual todos os funcionários do bem homens e mulheres de família lutam com o proposito de melhores condições de trabalho e qualidade de vida junto a suas famílias, sendo que todos deveriam ser recompensando pelo trabalhos executado e desenvolvido durante todos esses anos. E este reajuste oferecido que nem mesmo podemos considerar pela imensa proposta e iniciativa de Greve que houve para um bem maior. E os diversos AEVP que são sindicalizado pelo SIFUSPESP qual foi a virgula mencionada? Em minha opinião a Greve deveria continuar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa! E o pior minha colega é que temos o SINDESPE antigo SINDAEVP que diz que luta pela classe,mas pelo visto não conseguiu ser nem se quer uma mosca pra bisbilhotar a assembléia.

      Excluir
  12. Bem se este reajuste se refere a pauta de 2013 então creio que o reajuste é retroativo à 2013, melhor ainda, retroativo a março de 2013, nossa data base, não tem nada a este respeito na tal "ATA"

    ResponderExcluir
  13. Sou oficial operacional e como sempre nem se fala da nossa classe, que trabalha lado a lado com os ASP'S E AEVP'S, e não temos direito ao RETP e GAEV.

    ResponderExcluir
  14. E os 3 anos para promoção começam a contar a partir de quando?

    ResponderExcluir
  15. O PIOR FOI ESSE HORARIO DE ASSEMBLEIA..PRA NÃO DAR TEMPO PRA EU PARTICIPAR..VALEU SINDICATOS

    ResponderExcluir
  16. Agora fiquei com dúvida: se tds vão subir um nível, isto quer dizer que não teremos promoção nos próximos 3 anos? Ou quem tem tempo para "concorrer" a promoção sobe um nível e ainda continua com o tempo para a próxima classe?

    ResponderExcluir
  17. So a..reia,agora e a hora,ou vamos aceitar e sair cabisbaicho como fizeram os sindicatos e nossos irmaos q apanharam da pm.SEM SOL E SEM VISITAS.Vamos parar de conversa fiada vamos agir e JA.Nao vamos nos intimidar diante de certos comentarios,pois os pelegos tambem comentam aqi.Agreve continua SEM SOL E SEM VISITAS.

    ResponderExcluir
  18. o sindicato fez a funçao histirca dele,ele existe desde sempre para defender os proprios interesses da chapa que comanda e num segundo momento os interesses da classe desde que esses nao interfiram nos deles,achar que eles defenderiam as nossas reividicaçoes apenas e abrir mao das deles chega a ser inocencia,quem achou isso esta na hora de estudar um pouco geopolitica,leia Karl Marx,Maquiavel ao inves de ficar vendo big brotrher e facebook,historicamente os unicos promovidos em grandes paralisaçoes sao os sindicalistas,chega de ser inocente,esta na hora de mostrar quem manda,greve geral e mais dura pq se esconder atras do sindicato vendido e covardia,Hasta la Victoria Siempre!!!!!!!

    ResponderExcluir
  19. COMO SEMPRE O GOVERNO DO PSDB E UM LIXO, ESPERO QUE NAS ELEIÇÕES ISSO FIQUE EVIDENTE.

    ResponderExcluir
  20. O maior prejudicado foi o Asp II q terá um aumento de R$170 já com os devidos descontos mas em contra partida perderá o ticket, resumindo terá um aumento real de R$10.
    Sem contar que nessa ñ se fala em redução de classe, na anterior tinha pelo mesmo uma e nem a retirada do teto para o ticket.
    Que raios de proposta foi essa q tem bem menos benefícios q a anterior?

    ResponderExcluir
  21. Sindicatos... não sei se é proposital, mas as propostas estão meio confusas, precisamos que expliquem se é só a redução de classes ou se terá aumento também além da redução, será que fizeram essa confusão de propósito para acabar com a greve???

    ResponderExcluir
  22. Sindicatos e delegados de greve vendidos!!!
    Pelo menos é o que eu vejo!!!
    Não ganhamos nada!!! Só enganação!!!

    ResponderExcluir
  23. pelo que entendi não vai ter redução, vaI dar o aumento e tirar o vr de um monte de funcionarios que praTicamente não vai ter aumento.

    ResponderExcluir
  24. Jenis pelo q vi na tabela dos sites o valor de 2543,28 é referente a diminuiçao de 1 classe agora sera q vai mesmo ter o aumento de 7,7%...... bom vamos aguardar nas proximas hras pra saber oq a maioria decidiu nas assembleias....

    ResponderExcluir
  25. SÓ AREIA!! E PARA OS OFICIAIS ADMINISTRATIVOS?? NADA DE AUMENTO DE INSALUBRIDADE, NADA DE AUMENTO DE TICKET ALIMENTAÇÃO, SÓ AUMENTO DE SERVIÇO!!! ATÉ COLETOR DE LIXO DE PRES. PRUDENTE DA PRUDENCO TÁ GANHANDO MAIS QUE OS OFICIAIS ADMINISTRATIVOS!!!
    O ESTADO QUE MAIS ARRECADA NO BRASIL DIZER QUE TÁ SEM ORÇAMENTO PRA NÓS? AH VÁ!!
    SE NÃO TIVESSE TANTO ROUBO-CORRUPÇÃO E PAGAÇÃO DE PROPINA TALVEZ TIVESSE $$ PRA CLASSE QUE RALA E DÁ DURO TODO DIA NAS CADEIAS!
    TRISTEZA! DECEPÇÃO DE TODOS OS LADOS...UNS COM TANTO, OUTROS COM TÃO POUCO...

    ResponderExcluir
  26. humm não sei não, mas acho que a greve deve ser retomada, é o que indica as primeiras decisões conforme segue:

    http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/538668/agentes-penitenciarios-de-sorocaba-rejeitam-proposta-do-governo

    ResponderExcluir
  27. sou aevp e filiado no sifuspesp deste de 2002. cade a proposta do aumento da nossa classe. Sifuspesp não nos representa , SÓ PARA OS ASP o aumento ?????

    ResponderExcluir
  28. bem pessoal,acabei de chegar da assembléia em presidente prudente,sede do sindasp e digo uma coisa para vcs:estou envergonhado,de ter diretores de sindicatos que nossa classe tem,porque?foi simplesmente ridículo o que eles falaram para a categoria,tendando justificar que seria viável aceitar as migalhas do governo,devido as possíveis punições,e leis de responsabilidade fiscal,e isso e aquilo,estão é se borrando de medo,deixo claro que o que o governo ofereceu,foi tão somente a diferença entre as classes e nada mais,ou seja esse percentual exibido,é tão somente a diferença entre as classes,mas nós de prudente votamos quase que por unanimidade a continuação da greve,sendo que tinham varias pessoas na assemblpeia e somente 6 votaram contra a greve,meu papel fiz,votei a favor da greve,e farei mais ainda,vou me disfiliar do sindicato,no decorrer dos dias,pois deles tive a plena convicção que são vendidos!!!!!

    ResponderExcluir
  29. Vc e outro vendido tb hein,faz uma falsa oposiçao ao sindicato e so publica aquilo que nao fere o sindicato nem governo,ta feliz ne,uma proposta de m...da dessa aceita por uma cambada de cabeça quadrada,a proposta e pior que a primeira,aff!!!!que vergonha,publica ai se tiver coragem.

    ResponderExcluir
  30. O desgoverno venceu vejam: http://www.sifuspesp.org.br/index.php/materia-3/2452-260314fim.html

    ResponderExcluir
  31. ENTENDA A PROPOSTA DO GOVERNO
    O Governo informou que as reivindicações de 2014 serão analisadas, dentro do prazo de 30 (trinta) dias.
    As reivindicações de 2013, foi PROPOSTO o quanto segue:
    A extinção de um nível sendo que todos os funcionários sobem imediatamente um nível, com exceção daqueles que estiverem no último nível. O interstício (INTERVALO) passa a ser linear de três anos. Com os percentuais de reajuste, o intervalo entre classes passa a ter uma diferença percentual de salário também linear de 6,5%.

    O pelos Sindicatos estava ficou decidido que a proposta aceitável, é a redução de duas classes ou a redução de uma classe acrescida do valor correspondente de duas, em forma de vencimentos.
    Porém, após várias outras propostas e contrapropostas, as 16h45 o Procurador do Ministério Público do Trabalho, que acompanhou todas as negociações e mediou todos os conflitos, apresentou a seguinte proposta:

    - não descontos dos dias em greve;
    - não punição dos grevistas que exerceram o direito de greve dentro da lei.
    Eventuais excessos serão apurados dentro da legislação em vigor;
    - com relação ao reajuste, ficou acordado, conforme proposta do Ministério Público do
    Trabalho em anexo, ou seja:
    1ª Classe: 7,7% sobre o salário atual;
    2ª Classe: 8% sobre o salário atual;
    3ª Classe: 9,2% sobre o salário atual;
    4ª Classe: 11,9% sobre o salário atual;
    5ª Classe: 10,8% sobre o salário atual;
    6ª Classe: 9,8% sobre o salário atual;
    7ª Classe: 9,7% sobre o salário atual;
    8ª Classe: 2,6% sobre o salário atual;

    No meu entendimento essa diferença de percentual é para que se chegue a diferença linear de 6,5% citado na extinção de um nível.

    Após várias ponderações, houve a concordância com a proposta do Procurador do Trabalho.

    - as promoções que antes era de 20% de cada classe, passará a ser de 30% para cada classe;
    * Nesse ponto, me parece que seja necessário/obrigatório o percentual mínimo de 30% da classe, isto é, para que a classe I seja promovida para classe II, isto acontece com no mínimo 30% dos agentes classe I, e assim sucessivamente.

    Mantidos os demais benefícios da proposta original. *Quais os benefícios da proposta original?

    Se alguém entendeu de outra forma por gentileza, faz nos entender.
    Grato.

    ResponderExcluir
  32. Precisamos de um Sindicato. Já que nos unimos, podemos nos desfiliar em massa dos sindicatos a que estamos filiados. Você, Jenis, pode consultar um advogado competente para estudar a viabilidade dessa proposta.

    ResponderExcluir
  33. Precisamos de um Sindicato. Já que nos unimos, podemos nos desfiliar em massa dos sindicatos a que estamos filiados. Você, Jenis, pode consultar um advogado competente para estudar a viabilidade dessa proposta.

    ResponderExcluir
  34. pessoal já estou com sono, cade nossa proposta, olha a postagem de vcs agora quero ver o resultado.

    A reunião se dará em exclusividade com o SINDESPE por dois pontos, o principal é que hoje o SINDESPE é a única entidade reconhecida pelo ministério do trabalho legalmente autorizada a negociar acordos salariais dos Agentes de Escolta e Vigilância no Estado de São Paulo, discutir o tema com outra entidade poderia não ter efeito legal.

    O segundo ponto é que desde o dia 11/mar as negociações pertinentes aos AEVPs entre governo e SINDESPE vem evoluindo, o que de início era apenas uma proposta de aumento de nível, com reajustes mínimos e reenquadramento dos níveis, passou a ser um aumento significativo aos dois primeiros níveis, reenquadramento dos demais níveis e participação no projeto de bonificação máxima de R$ 8.000,00 por assiduidade, o que seria difícil em reuniões conjuntas já que as outras entidades se pronunciaram não serem favoráveis a uma equiparação.

    Porém há alguns pontos não muito claros que esperamos acertar na reunião de amanhã como:

    - A aproximação salarial do nível I, II e III se dará frente a tabela atual do ASP ou da tabela proposta?

    - Haverá um reenquadramento automático dos níveis para garantir que todos cheguem ao nível VII ou não?

    - O nível IV obterá um reajuste que faz jus ao empenho da assiduidade ao longo dos anos?

    Temas esses que já foram apontados pelo SINDESPE como importantes para que haja uma igualdade entre as classes co-irmãs, além de se manter um incentivo aos servidores de carreira mais antiga.

    Ressaltamos que tomamos uma medida cautelosa em divulgar somente o que for liquido e certo, evitando ao máximo as especulações, mas agindo com foco e realismo, conduta esta inspirada no próprio AEVP em seu dia-a-dia.

    Continuamos contando com o apoio de todos, após a reunião estaremos convocando uma assembléia caso a proposta se concretize.

    É importante apoiar os que lutam por nós, tanto a nossa entidade quando as co-irmãs. Nada é conquistado sozinho, a conquista é de todos, vamos a luta, mais uma batalha.

    Não vencemos todas as batalhas que lutamos, mas perdemos todas as guerras que deixamos de lutar!

    SINDESPE – SINDICATO DOS AGENTE DE ESCOLTA E VIGILÂNCIA PENITENCIÁRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO

    ResponderExcluir
  35. Os fdp dos sindicatos ,se vcs tem um pouco de vergonha na cara pecam desculpas aos homens de verdade ,porq ainda tem gente q luta pelo q sonham e nao ficam bajulando chefe e nem política sem vergonha .Os meus pesames a uma categoría q nem nasceu e jaz,pois assinaram o obto,assasinaram a "classe" para salvar un sindicato q nao representa nada.DESFILIACAO EM MASSA.

    ResponderExcluir
  36. Muitos nadaram e nadaram pra morrer na praia? Pouca vergonha isto, o sindicato paralelo como governador isto é uma vergonha.
    Ok. apresentou a proposta sobre o suposto aumento e a SUPER EXTRA MEGA lotação das unidades o que o Sr. Alckmin vai fazer?
    Isto que ele esta fazendo com estes agentes é desumano, tem varias unidades que tem mais de 300 ou 400 por pavilhão e UM agente para tomar conta de cada pavilhão. Nos a família também estamos sendo desrespeitado pelo Sr governador vivemos todos os dias o medo de perde a pessoa que amamos (pai, mãe, esposo, esposa, namorado(a), noivo(a), irmãos) e ele não esta nem ai com o que possa acontece com estes funcionários que se dedica ao serviço do Estado.
    Eu sou a favor de nos famílias se manisfesta no lugar de nossos queridos heróis agentes, já que eles não podem que logo são ameaçados pelo próprio governo.

    ResponderExcluir
  37. Esses valores correspondem ao salário base + retp com aumento de uma classe + reajustes. Pouca coisa... Tanto esforço de todos pra termos só isso de aumento... FORA PSDB JÁ...

    ResponderExcluir
  38. A greve acabou os problemas nao , agora vira um monte de inclusao, forum, ps, visita todos os problemas continuam deveria ser puxa pra virar diretorzinho d prisao ...categoria d bostA i eu ? To juntoi misturado,,, diga vc tbm sou ..................
    C O M E D I A

    ResponderExcluir
  39. Ainda não estou convencido do resultado final da votação, mas gostaria de deixar aqui minha sugestão para a continuidade da luta:

    1-As unidades precisam seguir o exemplo de Sorocaba, buscando o judiciário para fazer cumprir a LEP qto ao problema da superlotação e das condições de trabalho, e isso não depende de sindicato, e sim de nós.
    2-Demonstrado já está que a classe unida tem muita força, sugiro aqui que antes da desfiliação, possamos exigir um projeto sério de unificação dos sindicatos, essas diretorias que aí estão sentaram à mesa juntos para negociar com o governo, então que continuem agora juntos e elaborem um projeto de unificação em um só sindicato.
    3-No projeto de unificação precisa constar prazo para realização de uma eleição para que possamos formar chapas e constituir uma diretoria que represente a maioria.
    4-Caso os diretores que aí estão não escutem a classe, aí sim poderíamos fazer uma campanha de desfiliação em massa.

    Todos os filiados, do SINDASP, SIFUSPESP E SINDICOP contribuíram para a estrutura que eles tem, não acho justo sairmos e criar uma nova associação para começar tudo de novo, estrutura, documentação, etc... O que precisamos é tomar as rédeas e transformar isso tudo no sindicato que queremos. Pensem nisso !

    ResponderExcluir
  40. Essa proposta do governo é a maior areia que poderiam jogar nos olhos dos guardas, mantiveram a primeira proposta que reduziria apenas uma classe e prometeram discutir a pauta 2014 daqui a trinta dias. Deveríamos retomar essa GREVE urgente.

    ResponderExcluir
  41. Palhaçada viu... Então vms perder o vale alimentação. Os outros benefícios q pediam os não foi citado em nenhum momento. O correto são todos nos sairmos desta droga de sindicato que não ouve os agentes... Sacanagem.... Ridiculo

    ResponderExcluir
  42. tem um numero expressivo de filiados aevps no sifuspesp,sindicop e sindaevp;mas pelo visto os dois primeiros nem lembram de nós ,o sindaevp é fraco até nas postagens só colocam alguma coisa no segundo tempo e no finalzinho dos acrescimos.conclusão para que pagar sindicato?sou do sindicop desde o começo do cargo ;to fora ,desfiliação em massa sindicato é tudo pelego do PSDB ;já desconfiava agora tenho certeza!

    ResponderExcluir
  43. tem um numero expressivo de filiados aevps no sifuspesp,sindicop e sindaevp;mas pelo visto os dois primeiros nem lembram de nós ,o sindaevp é fraco até nas postagens só colocam alguma coisa no segundo tempo e no finalzinho dos acrescimos.conclusão para que pagar sindicato?sou do sindicop desde o começo do cargo ;to fora ,desfiliação em massa sindicato é tudo pelego do PSDB ;já desconfiava agora tenho certeza!

    ResponderExcluir
  44. os otimistas acham que vamos comer bosta os pessimistas acham que a bosta não vai dar para todos

    ResponderExcluir
  45. O sindicato dos aevps até retiraram o seu site do ar por falta de noticias e de vergonha na cara,esse sindicato tem que trocar o nome de sindesp para vergonha kkkkk

    ResponderExcluir
  46. Sugiro a todos nós de Unidades que estão acima da lotação entrar com pedido no Judiciário para que legalmente impeçam a inclusão de mais presos onde ja não ha condições por estarem com o dobro da capacidade. dificultando a segurança de visitantes, e de funcionários inclusive e colocando em risco moradores próximos as Unidades.Tbm junto ao meio ambiente que as ETEs não estão dando conta da rede de esgoto nas Unidades. ai vamos ver onde o Governo irá colocar os presos.

    ResponderExcluir
  47. E a data base para esse aumento? Fala em algum lugar?

    ResponderExcluir
  48. Respostas
    1. Aumento com "L" é para acabar com a greve mesmo. Governo covarde.

      Excluir
  49. e pros aevps nenhuma proposta? rsrsrsrs.......somos massa de manobra,kkkk

    ResponderExcluir
  50. e propostas salariais pros aevps nada,kkkkkk somos massa de manobra,custo baixo e alta produção,kkkk

    ResponderExcluir
  51. qual foi a proposta pros aevps? kkkkkkk nenhuma,somos massa de manobra,baixo custo e alta produtividade!!!!!!!!!kkkkkkk

    ResponderExcluir
  52. em outra greve passada eu ja fiquei fdp da vida por isso que desfiliei do sindicato e nao abraço mais greve pq so o sindicato que ganha, os funcionarios acho que embolsa alguma coisa pq nao é possivel aceitar esta proposta

    ResponderExcluir
  53. isso só vai mudar o dia que os funcionarios desta classe se der conta da força que tem se organizar,se unir e lutar com inteligencia,acho que estamos começando acordar,é muito facil querer melhorias e ficar assistindo sentado "em cima do muro",meia duzia de colegas" queimando a cara",lutando por você,se querem melhoras" mostra sua cara"

    ResponderExcluir
  54. Apresentei de manhã a palhaçada que este nosso sindicato que ajudei a estruturar. eis que foi exatamente o que postei. Tomamos na cabeça. Agora sabem o motivo que abandonei o cargo de Secretário Geral depois de ter ajudado a conseguir mais de quatrocentos associados. Incompetência.

    ResponderExcluir
  55. Nosso salário está tão defasado que pasmem vcs um fotógrafo da PC/SP começa com R$3.200,00 enquanto ASP-I agora vai começar com R$3.150,00, investigador nem se fala, os caras estão tirando de início mais de R$3.700,00 e 2015 vão para R$5.500,00 devido a escolaridade ser maior e eles só tem 4 classes, PM tem bico legalizado e bem pago pelo Governo + bonus 1 vez por ano, UFESP aumentada para receber tickets, os caras tão dando risada. Enquanto a fábrica de loko do sistema cada vez mandando mais guarda pra licença. Aposto que tem muito funça que ainda acha o salário bom...

    ResponderExcluir
  56. PORQUE asp QUER PRESTAR P AEVP, e AEVP não quer ser asp?????

    ResponderExcluir
  57. Ele houve, analisa,não tinha, mas agora tem experiencia ,Resumindo, no final quem decide é ELE...E puxa saco do 2º grau..igual o Jô, Willian e Fred.da seleção....?????.

    ResponderExcluir
  58. porque os asp aposentado nao recebeu o aumento conseguido co a greve e o sindicato vai fazer oque

    ResponderExcluir
  59. pessoal, notei que tdos estão votando mas não estão votando na enquete,do lado direito tem a enquete, votem e pesam para as pessoas votarem. abraço a tdos.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.