domingo, 25 de maio de 2014

Jornalista do Estadão cria BLOG para receber denúncias de detentos de presídios paulistas.

PI de Tremembé e PII de Venceslau são os primeiros "premiados".
Veja matéria na íntegra no link abaixo:
http://blogs.estadao.com.br/sp-no-diva/as-cartas-dos-presos-vao-ajudar-a-iluminar-a-caixa-preta-das-prisoes/

25 comentários:

  1. Achei interessante o comentário que foi moderado e NÃO postado abaixo dessa postagem, só não foi postado porque tem muito palavrão e ofensas pessoais, sugiro que seja postado novamente sem as ofensas pessoais e sem as palavras de baixo calão que será postado, mesmo sendo anônimo.

    ResponderExcluir
  2. não?Daqui uns dia vão criar o sindicato dos detentos,no BRASIL compensa ser detento,muitos benefícios e regalias.

    ResponderExcluir
  3. Ao ler o presente post fiquei com a sensação de que o autor fosse um estrangeiro que nunca havia lido nada sobre o Brasil e não mais que de repente aqui aportou . Se quiser tomar conhecimento de situações mais precárias que as citadas, visite um hospital de periferia, onde doentes são amontoados como mercadoria e internados até em banheiros, onde a falta de remédios básicos é regra, onde exames urgentes dos mais simples demoram meses, ou vá conhecer um cortiço ou uma comunidade onde não há saneamento básico e o esgoto corre a céu aberto e homens, mulheres e crianças vivem sem qualquer privacidade, ou ainda visite um lixão e verifique a quantidade de pessoas de todas as faixas etárias que sobrevivem daquilo que ali recolhem, será que essas pessoas por serem honestas tem menos direito de viver de forma digna que aqueles que por livre arbítrio optaram por viver transgredindo a lei?. Apesar de tudo sou um legalista e defendo que os encarcerados recebam tratamento digno e tenham seus direitos respeitados, desde que agregado ao pacote haja um rol de deveres, tal qual obrigatoriedade de trabalhar como forma de custear sua permanência no sistema, afinal cadeia não é hotel, que a pena seja cumprida na íntegra sem os subterfúgios vigentes hoje, que as penitenciárias sejam dotadas de aparelhos de raio x, scaners, de forma a evitar que os presídios continue a ser uma sucursal das teles e da cracolândia, que a visita não tenha contato físico com o detento como forma de evitar ser pombo correio etc. No dia em que um sistema similar a este entrar em vigor certamente haverá movimentos para que retorne ao sistema atual onde vige uma verdadeira balbúrdia, o fato das fotos e cartas chegar ao autor é a prova material do que acabei de afirmar.
    comentário do link

    ResponderExcluir
  4. Eu ñ queria mas tenho q me manifestar, primeiramente ele faz uma chamada aos presos e presas par lhe enviarem cartas, como ele faz essa chamada se eles estão presos e tecnicamente ñ tem acessos as redes sociais e internet? então ele admite q é fácil o ingresso desses aparelhos nas unidades? outra coisa ele diz q pertences de visitas somem, se ele ñ sabe essa ñ eh a nossa atribuição guardar quinquilharia dessas pessoas q por muitas vezes relatam esses fatos de sumir algum objeto com o intuito de prejudicar algum funcionário mais rigoroso no setor de visita, ele diz que é proibido presentearem seus filhos em datas comemorativas, muito legal, como uma pessoa presa q na maioria das vezes fuma maconha o dia todo tem dinheiro para comprar bicicletas, aparelhos eletroeletrônicos e distribuírem nessas supostas festas? se ele ñ sabe esses presos eles ate podem fazer ou dar presentes sim desde q seja apresentado notas fiscal, coisas difícil de ser presentado pq quase sempre esses produtos tem origem duvidosas, uma das maiores babaquices q ele escreveu nisso q ele chama de blog é q ñ tem parquinho para as crianças e funcionários com toucas ninjas e armados, será q ninguém falou para esse imbecil q estamos falando de pessoas presas q cometeram crimes, eles ñ estão ali como visitantes de um shopping. Aconselho ele já q ele se diz um jornalista, q marque uma audiência com o secretario de administração penitenciaria e q peça para fazer uma visita nos presídios e q faça um serviço decente como jornalista sendo imparcial, se é q ele sabe o q isso significa, e para finalizar já q ele quer ajudar a essa classe tão sofrida como ele diz, que monte uma ong e ofereça emprego para essas pobre almas depois q saírem do cárcere

    ResponderExcluir
  5. esse jornalista deve mostrar os dois lados da historia, ou seja o nosso. as condições de trabalhos que temos as super populações carcerarias,a falta de funcionarios,salario etc...

    ResponderExcluir
  6. Como o ditado já diz, papel aceita qualquer coisa, e esse jornalista usando seu direito de expressão pode ler qualquer carta de vagabundo, pois se fosse assim as cadeias estavariam vazias de 171 a jack os juízes ripam mesmo e olha que nos meus poucos anos de ASP já ouvi muitas historinhas na mesa do capa preta, então senhor jornalista se quizer se aparecer procure saber por que o criminoso entrou no crime, não queira tentar criar blog,ong,,,,etc pra mudar o sistema pois o sistema foi se criando ao longo do tempo e cada unidade tem suas peculiaridades, a não ser que este "boa fé" queira levar alguns egressos para sua casa para estuda-los,,,,,,,,,

    ResponderExcluir
  7. tinha duvidas para educar meus filhos, se ensinar ser honesto e trabalhador, ou entrar para a politica e ser mais um dos que estao ai,mas vou fazer o seguinte comprar-lhes uma arma, e começar a viver do crime, pois so assim terao valor e terao uma melhor assistencia do estado, e de pessoas preocupada em dar uma boa assistencia aos criminosos,pois so sendo criminoso, terão respeito e serao tratados com dignidade....e o fim, mas temos que dançar conforme a musica.

    ResponderExcluir
  8. Esse é o Brasil das diretas já, o Brasil do F.H.C, do Lula, do Sarney, do Collor, da Dilma !
    Que diferença MONUMENTAL, eu que nasci nos anos 70 e vivi parte do regime militar.
    Nosso saudoso Presidente Figueiredo que foi massacrado e injustiçado pela mídia e pelos nomes citados acima foi o ultimo presidente que honrou o País e lutou pelo interesse nacional.
    Estamos marchando a passos muito largos para o caos total.

    ResponderExcluir
  9. Não consegui ler todo o conteúdo do blog, deu vontade de vomitar, o dia que esse jornalista ficar na mão de um bandido com uma faca no pescoço ou uma arma na cabeça ou ter um familiar assassinado ou estuprado, acho que a mente dele será outra.

    LAMENTÁVEL!!!!

    ResponderExcluir
  10. Só me faltava essa,agora que vai rolar denuncias desses vagabundos a nosso respeito,antigamente o ladrao respeitava os agentes abaixavam a cabeça qdo a gente passava,agora eles olham no olho e fazem ameaças,e qdo se sentem oprimidos ou seja tiram suas mordomias,eles fazem denuncias infundadas e mentirosas para nos denegrir e conseguem porque os diretores adoram ouvir qdo o ladrao cagueta o guarda é 0 fim mesmo agora esse cidadao apareçe querendo ouvir ladrao,,,,,

    ResponderExcluir
  11. Em parte é de se concordar com o jornalista Bruno Manso. Quem ler a reportagem na íntegra vai entender suas razões e os motivos quais o levaram a criar esse blog. O que o Estado fez nos últimos anos foi, de fato, criar um complexo sistema penal intangível do ponto de vista da recuperação do indivíduo delinquente. O Estado foi realmente omisso no seu dever de proporcionar uma condição humanamente mínima para que o criminoso cumpra sua pena e possa deixar a cadeia pronta a reintegrar-se à sociedade. Nas palavras do jornalista “Foi essa omissão forçada que permitiu às prisões se transformarem em uma caixa-preta, onde vivem mais de 200 mil pessoas”, disse mais; “A facção (PCC) passou a ocupar o espaço abandonado pelo Estado, conquistando legitimidade entre a massa carcerária, ao mesmo tempo em que organizava o mercado de drogas em São Paulo e passava a fornecer para muitos (outros) estados do Brasil” e completou; “O PCC ganhou força dentro e fora do sistema porque muitos acreditam que é possível amontoar um monte de gente nos presídios e esquecê-los lá dentro. Só que os efeitos colaterais foram se revelando com o tempo: fortalecimento do crime e fragilidade do Estado”. Nós que trabalhamos no sistema prisional sabemos o quanto o Bruno Manso tem razão quando ele expõe as feridas que nós, agentes penitenciários, não temos coragem de expor até por medo de sofrermos perseguições por parte das diretorias fajutas e complacentes que temos. O que nos leva a discordar do jornalista é o fato dele dar voz a quem deveria estar calado simplesmente cumprindo pena. Essa ideia de abrir espaço na mídia para condenados a medidas restritivas de liberdade pode ferir algum principio da Lei de Execuções Penais e poderá vir a ser usada pelo crime organizado como pretexto para reivindicações e prática de atentado à segurança dos funcionários do sistema penitenciário. O Bruno Manso como jornalista bem informado, deveria saber também que um dos maiores problemas do sistema prisional paulista e que recai concomitantemente sobre a pessoa do preso é a desvalorização do seu servidor, em especial o agente penitenciário. Os salários defasados, o quadro reduzido de servidores, o excesso de trabalho que resulta da superlotação, essas e outras coisas o jornalista deveria também postar em seu blog já que ele está propondo a democratização do sistema penitenciário como um todo antes que o seu blog se transforme numa espécie de TV Aljazeera que só serviu pra fortalecer o Osama Bin Laden.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai colega, sou obrigada a concordar plenamente com você.

      Excluir
  12. parabens pela iniciativa infelismente quase tudo que foi relatado e verdade caros colegas se voçe e aquele asp que cobra os deveres e garante os direitos fique tranquilo isso nao ira afeta-lo infelismente nosso sistema esta falido o estado nao faz a sua parte o crime adota so achei exagero quando ele fala em milho salame detento tem que ter o basico cadeia tem que ser penalidade nao hotel de luxo .

    ResponderExcluir
  13. Gente deixem o menino trabalhar. Quando surgem pessoas do tipo dele, fazendo o que a grande maioria de nós nao gostaria que acontecesse, é justamente para fazer a gente ficar aborrecido, xingar, falar mal e ainda pedir para que veja nosso dia a dia. Besteira. Vamos continuar fazendo nosso trabalho e deixar de lado o que estes palhaços estão fazendo. A gente acaba morrendo de ulcera e eles ficam bem. Muitas vezes ignorar é o melhor protesto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensando bem é verdade companheiro, mas não é fácil.

      Excluir
    2. O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.
      Martin Luther King

      Excluir
  14. Faz o seguinte dona Manso entra no Roll como amasia de algum desses seus simpatisante ai vc vai conhecer o que e uma cadeia de verdade.

    ResponderExcluir
  15. É...infelismente, o mundo caminha para o caos mesmo. Principalmente nesse país! Inversão completa de valores. O mal passa a ser superior ao bem, o mais forte impera, mesmo que haja leis para salvaguardar os direitos dos mais fracos...
    Dentro do quesito "liberdade de expressão", ou "direito de minorias", embute-se toda espécie de falcatrua, valorização do bandido, corrupção do setor público etc. E a família, o verdadeiro amor de pai pra filho, aqueles valores grandiosos dos antigos vão ficando pra trás, infelizmente.
    Apenas tomando a Copa como exemplo, 1/3 das obras apenas, ficaram prontas de todas que se idealizaram para o Mundial. Que país é este, como bem dizia o Legião Urbana? Essa comédia de país faz iniciativas como a deste jornalista tomarem força de lei e gerar jurisprudência para o caos.
    Que Deus nos proteja de tipos assim.

    ResponderExcluir
  16. Mais um que vai se eleger deputado com votos dos presos.

    ResponderExcluir
  17. Porquanto crermos que nossos inimigos são os presos, sentenciados, detentos, reeducandos ou a P... que vc denominar; o colega de trabalho que falta, tira licença saúde, também cremos que é nosso inimigo, ou estou dizendo alguma inverdade? Sabem, isso é chamado de "COMPLEXO DE VIRA-LATAS", é o que a ELITE que comanda a SAP há décadas sempre usou para nos dominar e conduzirmo-nos iguais carneirinhos desunidos; nosso lema é: "Cada um por si e Ninguém por todos". Vamos acordar, nossos inimigos estão sentados em uma sala com ar quente ou frio, na Av Gal. Ataliba Leonel, 556 - Santana-Capital/SP(Vide Agenda do Secretário no site da SAP); Os presos são apenas massa de manobras e facilmente dominados por nós. Pense!

    ResponderExcluir
  18. Não sei se o senhor Bruno vai ler este que é para mim um ótimo canal de comunicação, o Blog do Jennis. Mas se ele como bom jornalista tiver a curiosidade de saber o que falam de seu Blog. Fica aqui um convite, porque o senhor não entra em contato com algum Diretor de Presidio e passa um dia inteiro dentro da carceragem, mas vestido de Agente Penitenciário, para ver o dia a dia lá dentro. Ai o senhor aproveita também para ir um final de semana e conversa com os visitantes para saber se eles ficam felizes em levar toda semana uma "jumbada" que na casas delas elas não comem, mas que tem trazer para o seu amado, filho, etc, pois tais mercadorias servem de moeda de troca la dentro. Se as penitenciárias são tão ruins assim, porque mais de 90% da população prisional é de reincidentes. Fica aqui meu convite senhor Bruno, vamos passar 12 horas na carceragem e ver quem realmente tem caixa preta.

    ResponderExcluir
  19. muita demagogia desses administrativos, o negocio é simples, o cara ta louco ou chegando perto, jornalista fajuto, querendo ganhar notoriedade nada mais, fazendo merda....devia é saber direito como funciona o sistema e depois sim chegar nessa parada, o resto é demagogia por parte de mal informados, que não conheçe o sistema e fica falando merda. é isso.

    ResponderExcluir
  20. Um jornalista mestrado e até com doutorado! Com a cabeça tão pequena, vai meu caro cobrar filas em hospitaise demora no atendimento para pessoas que geram empregos e pagam seus impostos. Ah cuide da educação e valorização dos professores! para que futura pessoas, não se tornem delinquentes e parasitas do estado, como [é a população carcerária de São Paulo!






























    hah

    ResponderExcluir
  21. Senhor repóter, vc deve ser mais do que se mostra. Pare com essa "politiquinha" barata. O seu jornal tem nome na história desse país. Vai lutar pela diminuição da maioridade, vai lutar contra a corrupção que os P.Tralhas instituiram nesse país. Enfim, vai ser gente por favor.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.