segunda-feira, 9 de junho de 2014

Agente penitenciário agredido com soco em Junqueirópolis-SP

Vejam relato do amigo Gilberto Antonio, sindicalista da região de Presidente Prudente.


Já viro rotina , novamente tenho a infelicidade de anunciar que mais um pai de família que sai de sua casa para trabalha vem a ser humilhado e agredido !!!
Ao ser informado do fato me desloquei a unidade Junqueirópolis para averiguar o fato em si, chegando lá fui recebido pelo diretor de plantão, informando que já tomou as medidas cabíveis , envio o funcionário ao hospital e posteriormente a delegacia pra confeccionar o boletim de ocorrência, e logo mais me dirigi acompanhado pelo mesmo ao interior da unidade para conversa com os asp e a vitima dessa crueldade e relataram o seguinte o seguinte fato ;
Nesta manha quando efetuava contagem escutou o zelador de raio escutou barulhos na cela foi olha pelo guichê para pode ver o que acontecia e fora surpreendido com um soco no rosto, simplesmente sem um motivo agrediu o funcionário sem motivo ou aviso prévio de nada , perguntei ao funcionário se havia richa ou reclamação com o preso e o mesmo falo que nada , simplesmente olho e levo um soco no rosto ou seja poderia ser qualquer um que estivesse de serviço naquele setor,
Neste ano afrente do SIFUSPESP regional de Presidente Venceslau tive que acompanhar a mesma historia em tupi paulista masculina e feminina , Pacaembu , Irapuru , so nessa micro região que tem 10 unidades prisional , chego a conclusão que viro rotina e a cada dia os presos perdem o respeito nos representantes do estado e da lei , e ainda somos vitimados de falsas denuncias .
Cadê o representante dos direitos humanos ! Será que esse trabalhador não são humanos, cidadão do povo , pais de família .
Estamos de mãos atadas perante essa lei, pois somos fies cumpridores dela, simplesmente me cabe o direito de relatar o fato na integra e reza pois estamos caminhando rumo ao abismo, nessa unidade se encontra um déficit de 31 asp masculino , tem capacidade pra 795 presos, excluindo as vaga dos seguintes setores inclusão , seguro , enfermaria e pavilhão disciplinar, se encontra com 1831 presos , passa do dobro e não tem nem o quadro completo , como pode haver segurança !!!
Informo que logo mais o asp agredido ira se manifestar e publicarei na integra o relato dele


Texto e foto postado em uma rede social pelo ASP e diretor de sindicato Gilberto Antonio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.