sexta-feira, 11 de julho de 2014

Problemas da PIII de Franco da Rocha continuam, segundo o Sifuspesp


Fonte: Sifuspesp

Problemas da PIII de Franco da Rocha continuam








Na semana passada um agente foi agredido por preso



Mais uma vez o Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional recebe a informação de que um servidor foi agredido. Dessa vez, a vítima foi um agente penitenciário da Penitenciária III de Franco da Rocha. O caso teria acontecido na semana passada.

Segundo informações obtidas pela Diretora do SIFUSPESP Carol Cardoso, o ASP foi agredido durante a tranca por um dos presos que fazem parte do HCTP (Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico). O agressor desferiu uma sequência de socos no agente, que foi socorrido por outros funcionários.

No mês de abril o SIFUSPESP recebeu denúncias graves a respeito da PIII de Franco da Rocha, levou à SAP e recebeu resposta de que tomaria providências para melhorar a situação da unidade.

Vários presos são mantidos na área de medida de segurança, no entanto, de acordo com informações obtidas pela sindicalista do SIFUSPESP, muitos destes detentos não apresentam nenhum tipo de doença mental.

Relembre o caso DA PIII

A ala especial criada pela SAP na PIII de Franco da Rocha para abrigar custodiados que aguardam vaga no HCTP (lotado) foi tema de uma reunião entre representantes do SIFUSPESP e a Coordenadoria de Saúde no final de abril passado.

Diretores do SIFUSPESP estiveram na PIII de Franco da Rocha para constatar as denúncias dos servidores. Encontraram superlotação, falta de pessoal e um agravante muito forte, que é a inclusão dessa ala especial. “Os servidores não têm treinamento nem condições de cuidar ao mesmo tempo de presos comuns e presos especiais em tratamento psiquiátrico. Falta médicos, equipe especializada, falta tudo”, constatou o Diretor de Saúde Luiz Danone. O Diretor de Formação Sindical do SIFUSPESP, Fábio Jabá, também compareceu à unidade.

Luiz Danone disse que o caso é grave, e que medidas urgentes precisam ser adotadas para que novas “alas especiais” não sejam criadas em penitenciárias. “O governo vem adotando essa postura de fazer puxadinhos nas unidades sem aumentar o número de profissionais. Agora quer criar também alas especiais psiquiátricas porque não consegue dar conta da demanda dos HCTP. E o trabalhador é quem está pagando diretamente pela incompetência do governo. Não podemos aceitar mais essa carga extra de trabalho”, alertou o Diretor de Saúde do SIFUSPESP.

13 comentários:

  1. Vou explicar o q esta acontecendo.Primeiramente sifuspesp esteve la, ficou por 5 minutos na galeria, conversou c 3 asp e foi embora, disse q ia ver o q fazer e ate hj estamos esperando. Esta divulgando agora devido a cobrança dos filiados, mais ou menos como aconteceu na greve, estão sendo obrigados a denunciar e morrem de medo uma vez q tem medo das represalias q a Sap possa fazer c eles uma vez que são "pelegos" e nao podem denegrir a imagem do governo.Segundo lugar:A p3 era uma unidade da febem q foi reorganizada p a Sap e conta c 8 raios c 9 celas p 12 presos cada, totalizando 108 vagas.Estamos c 3 pavilhoes de medidas de segurança que vieram do estado inteiro por falta de vagas nos Hosp. de Custodias e 5 raios c presos provisorios comuns.Nos 3 raios nao tem tanta superlotaçao chegando em media a ter 14 presos por cela o q totaliza aproximadamente 400 pacientes e mais de 1000 presos comuns.Porém é sabido por todos q esses medidas de segurança em gde proporçao tem crimes de violencia sexual o q tem deixado o restante da populaçao enfurecida e estamos correndo um serio risco de rebelião.Terceiro: O secretario de estado esteve na unidade e levou o juiz corregedor de sp e maquiou a visita, pois nao o deixou conversar c os presos, alegam q tem profissionais de saúde p atender os presos\pacientes contudo a p3 conta com atualmente 2 aux de enfermagem e 1 dentista no quadro funcional.è verdade tbem q esta tendo aux. de enf. dando plantao extra devido aos presos que começaram a chegar em janeiro porém medicos psiquiatras ou outra especialidade não há e esta maquiado p o judiciario e p a imprensa.Quarto:A diretoria atual alem de ser inexperiente esta totalmente perdida e tem demonstrado fraqueza perante os funcionarios como foi demonstrado em uma revista recente que foi efetuada na unidade, alem do que em determinados momentos são arrogantes, pois foram conversar c o dg acerca dos acontecimentos e ele deu ordem p o dcsd q não é p ninguem falar c ele sem antes falar c o disciplina, q vera se o asp pode conversar c o dg mas c hora e data marcada somente...srsrsrrs, voltou os diretores da época da Coespe(Lourival Gomes).Quinto:Chegou ordem recentemente p receber 120 presos medida de segurança seguro de Pinheiros e os presos comuns avisaram q se fosse inclusos a cadeia viraria e o coordenador teve bom senso e cancelou a remoçao, porem nao sabemos se foi cancelada ou suspensa temporariamente e p variar os diretores nao sabem de nada e estao mais perdidos q os funcionarios.Essa situaçao esta deixando a todos(presos e asp) numa situaçao desconfortavel e totalmente num clima de insegurança.Sexto:Os medicamentos sao entregues na mao do preso medida de segurança p q se mediquem nos horarios estabelecidos,sendo aqueles q foram inclusos c receita em seu prontuario, pois nao temos profissionais e se eles sao inimputaveis como podem tomar o remedio?e os q nao tem receita no prontuario vcs devem imaginar o problema q vem causando p a ordem do estabelecimento.Ja foi informado que a gratificação GESS q temos direito de receber não sera paga igual aos Hosp. de Custodia.Alguns presos sao encaminhados p atendimento no manicomio porem nao chega a 10 por semana.Setimo:Todos sabemos que a maioria dos presos condenados em medida de segurança são normais e estao sentenciados a isso ora por ser drogados, ora por ter bons advogados ou por serem influentes, entao eles falam (continua)

    ResponderExcluir
  2. ...entao eles falam abertamente"precisamos de um laudo p ir de liberdade, essa cadeia nao tem medico e nao podemos estar aqui, devemos estar no hospital de custodia, nao podemos ir p o castigo, temos q ser tratados diferentes, podemos fazer o q quisermos aqui..." e assim por diante, desrespeitam, ameaçam e estao fazendo o q querem, esta uma gandaia total e inclusive de fato ja houve uma agressao no plantao diurno e o funcionario esta bem e trabalhando.Tambem ha aqueles que estao atormentados e precisam de cuidados especiais e de fato sao totalmente loucos e estao todos misturados e como nao tem mecanizaçao o guarda esta correndo serio perigo a meses e nao temos apoio, fora a falta de efetivo e os presos comuns q estao agitados c toda essa situação e nos 5 raios q eles habitam estao c uma media de 30 por cela.Finalizando, e com autorizaçao sua jenis deixo aq aberto p uma manifestaçao do sindicop, sifuspesp e sindasp pois estamos cansados de denunciar a eles e nada é feito, o governo "comprou" o silencio do judiciario e da imprensa. So nos resta acreditar no M.P. e em algum orgao de defesa dos direitos humanos pois esta sendo ferido o direito deles mas principalmente dos funcionarios que estamos a beira de cometer loucuras e nao temos respaldo e orientaçao....pensamos em fazer uma paralizaçao mas a caneta ira comer solta e ai os sindicatos apareçem c as fichas de filiaçao p arrumar advogados inoperantes,inexperientes e em começo de carreirA.aGuardamos sua ajuda jenis pois sao 6 meses de tormenta obrigado funcs. da p3

    ResponderExcluir
  3. Com certeza isso tem que acabar.
    Espero que esee pessoal realmente tomem as providencias ,deem resultados quanto este problema.

    ResponderExcluir
  4. Meus amigos sou funcionário dessa unidade e te digo que sinceramente não sei
    o que a Unidade faz com o caminhão de dinheiro que é destinado a ela todo mês pois trabalhamos aqui em precariedade total, não se tem absolutamente nada aqui. Acredite se quiser até diclofenaco que é uma medicação comum aqui faz meses que não tem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não trabalho nessa unidade mas, por trabalhar na adm de uma outra penitenciária, AFIRMO que, ou vc sabe de algo e se cala convenientemente na covardia ou é leviano ao afirmar que a unidade tem dinheiro, pois nesses anos que tenha trabalhado NUNCA vi uma situação financeira/orçamentária tão ruim como a de agora, e isto me é confirmado por colegas que estão em outras unidades que também estão lidando com muitas restrições de recursos.
      Sim, me aborreci, pois quem tem que lidar com recursos que estão em menos de 1/3 dos anos anteriores, somos nós que estamos nas adm.
      Sou Of.Adm e estou em uma dir.núcleo de finanças - sei o que estou dizendo. Quanto a voce....
      Ah sim, estou prestando alguns outros concursos sim, inclusive tem dois que já estou na última fase. Quanto a voce, talvez não tenha condições nem de tentar sair, daí fica acusando outros sem saber de nada.

      Excluir
    2. Por que não se coloca nos quadros das Unidades o valor das verbas recebidas do Estado bem como as notas de despesas para que todos os servidores tenham acesso a essas informações e possa fiscalizar os gastos de sua unidade para que tudo fique transparente ?

      Excluir
  5. Nos do HCTP não vemos o pq de tanta reclamação passamos por isso diariamente e no entanto recebemos iguais a vcs. Ta ruim pede exoneração, pois eles são presos iguais aos outros... Eu acho é pouco ai sim vcs passam a valorizar o ASP de HCTP que sempre foi dito como encostado e vagabundo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está distorcendo o tema e sua opinião não tem coerência nenhuma, faz o favor se não tem o que falar fique quieto.

      Excluir
    2. no HCTP colega é a maior gandaia do sistema , a maior parte dos funcionários trabalha em desvio de função, seguro brabo, e os plantões tanto na feminina como no masculino trabalham com plantões reduzidos, ressaltanndo tbem que muitos se trabalhassem em um CDP ou uma Penita pediriam exoneração após o primeiro plantão , tem medo de trabalhar na segurança do HCTP, então já viu, danger total!!!

      Excluir
    3. não colega vc que não pode por trabalhar num lugar como o HCTP I ou II de Franco dar palpite e tirar sarro dos colegas da P-III , pois para o sistema vs estão chegando amanhã não conhecem nem de longe como é trabalhar em um CDP!!!

      Excluir
  6. vcs do hctp alem de medrosos trabalham c presos em celas indiviudais e na p3 tem 14 por celas, sendo assim nos nao reclamamos so queremos condiçoes de trabalho como por exemplo medico 24 hs igual a vcs..nao pedimos exoneraçao e trabalhamos em qualquer lugar agora vcs morrem de medo de ser transferidos. fica a dica

    ResponderExcluir
  7. JA TRABALHEI NA CUSTODIA E HOJE TO NO REGIME FECHADO E O MANICOMIO É UM CEU COMPARADO AS UNIDADES NORMAIS. MEU PRIMO TRABALHA NA P3 E LA TA OSSO, OS DIRETORES NAO SABEM DE NADA INOCENTE, SAO FRACOS E A SECRETARIA TA TIRANDO OS FUNÇAS E OS SINDICATOS NAO SERVEM PARA NADA

    ResponderExcluir
  8. Vamos manter o foco nessa discussão de extrema relevância. Sou da unidade e como os demais sei das mazelas que vivemos lá. Precisamos usar esse espaço com uma discussão de nível e manter sempre a clareza para que de alguma forma o Jenis possa nos auxiliar.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.